Image Map
Mostrando postagens com marcador GRÊMIO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador GRÊMIO. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Valentim não tem baixas na equipe titular e ajusta o CSA para encarar o Grêmio; veja a escalação provável



O técnico Alberto Valentim começou a montar o time do CSA para enfrentar o Grêmio, quinta, no Rei Pelé. Ele gostou da atuação contra o Guarani, domingo, e deve manter a formação.

O novo treinador fez uma mudança tática importante em relação a Mozart. Ele colocou dois volantes de ofício no meio-campo, Geovane e Giva, e deu liberdade para Gabriel armar as jogadas. Lourenço também chegou mais perto do ataque.

Em contra-partida, Valentim tirou um dos atacantes e montou a dupla ofensiva com Osvaldo e Rodrigo Rodrigues. A próvável formação para quinta, às 21h30, tem: Marcelo Carné; Lucas Marques, Wellington, Lucão e Diego Renan; Geovane, Giva, Lourenço e Gabriel; Osvaldo e Rodrigo Rodrigues.

O zagueiro Werley vem sofrendo neste mês com fortes dores de cabeça e se submeteu a exames para saber qual o motivo do problema. Por isso, deve continuar fora do time. Suspenso, o meia Didira não enfrenta o Grêmio.

Analisa, Wellington!

O zagueiro Wellington falou sobre a estreia do técnico Alberto Valentim e o desafio de enfrentar o Grêmio, um dos favoritos ao acesso.

- O empate fora contra o Guarani não foi ruim, o que pesa são os resultados anteriores. Tivemos um bom volume no primeiro tempo e, até a metade do segundo, tivemos chances de gol, mas não conseguimos concretizar. Depois, soubemos sofrer e defendemos bem como equipe. Vai ser um jogo difícil contra o Grêmio. Estão lá em cima na tabela e têm muita qualidade, isso não é segredo para ninguém. Dentro de casa, vamos nos impor e jogar o nosso futebol.

O defensor disse que o time precisa corrigir alguns problemas atrás e também na frente.

- O futebol é decidido nos mínimos detalhes, sendo que tivemos dois jogos bobos tomando empate no último minuto e, se não escapam esses quatro pontos, a nossa situação era outra. Para sair disso, é acertar, defender melhor a bola parada e, lá na frente, ter mais frieza para decidir.

Com 14 pontos, o CSA está na 16ª colocação e precisa vencer para não correr o risco de voltar à zona do rebaixamento.

NM com GE

Foto: Ascom CSA

Leia Mais ►

sábado, 30 de abril de 2022

CRB é completamente dominado pelo Grêmio e segue na última posição da Série B: 2 a 0



As rodadas vão passando e o CRB segue se afundando na zona do rebaixamento da Série B. Na tarde deste sábado (30), o Galo foi visitar o Grêmio, em Porto Alegre-RS, na Arena do Grêmio, pela 5ª rodada da Segundona. Porém, volta para Maceió com zero pontos na mala e mais uma derrota, dessa vez, por 2 a 0.

Os gols da partida foram marcados no primeiro tempo e por promessas da base gremista. Elias abriu o placar no início e Bitello fechou o placar com um golaço.

O resultado deixou os clubes em situações completamente opostas na tabela de classificação. O Grêmio pulou de quarto direto para a liderança da Série B, agora com 10 pontos e ultrapassando o Bahia nos critérios de desempate. Por outro lado, o time regatiano fica sufocado na última posição, com um ponto.

Não vai ter tempo de descanso para o Galo. Após a derrota, a equipe já entra em campo nesta quarta-feira (4), às 19 horas. Em jogo atrasado da 1ª rodada, o CRB visita o Novorizontino, no Estádio Jorge Ismael de Biasi. Poucos dias depois, no domingo (8), às 16 horas, o Grêmio encara um rival nacional: o Cruzeiro, no Mineirão.



Ficha técnica

Grêmio - Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nícolas; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva) e Bitello (Diogo Barbosa); Elias (Campaz), Biel (Janderson) e Diego Souza (Elkeson). Técnico: Roger Machado

CRB - Diogo Silva; Raul Prata (Vico), Gum, Iago Mendonça e Guilherme Romão; Marthã (Walace), Yago e Gustavo Apis (Fabinho); Reginaldo, Richard (Emerson Negueba) e Anselmo Ramon. Técnico: Marcelo Cabo

Gols - Elias (GRÊ - 14'/1T); Bitello (GRÊ - 43'/1T)

Cartões amarelos - Yago (CRB); Emerson Negueba (CRB)

Cartões vermelhos - Nícolas (Grêmio)

Árbitro - Felipe Fernandes de Lima (CBF/MG)

Assistentes - Guilherme Dias Camilo (FIFA) e Felipe Alan Costa de Oliveira (CBF/MG)

4º árbitro - Lucas Guimarães Rechatiko Horn (CBF/RS)

VAR - Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (CBF/MG)

Assistente do VAR - Frederico Soares Vilarinho (CBF/MG)

NM com Guilherme Magalhães  e Raphael Alves 

Fotos: Ascom Grêmio 




Leia Mais ►

Provável escalação: sem três titulares e Cabo deve mexer no time



O CRB está em Porto Alegre para tentar a reabilitação no Brasileiro. Na tarde desta sexta-feira, o elenco regatiano treina no CT do Internacional e depois entra em regime de concentração para a partida de sábado, às 16h30, contra o Grêmio.

Para o duelo diante do Tricolor, na Arena do Grêmio, o técnico Marcelo Cabo continua com desfalques. O zagueiro Gilvan (joelho), o volante Claudinei (joelho), o meia Maicon (panturrilha) estão no departamento médico e não viajaram. Já o atacante Wesley Moreira pertence ao clube gaúcho e não joga por questão contratual.

Precisando vencer para o time se reabilitar na competição, o técnico Marcelo Cabo pode mexer no meio-campo. No setor de criação, Rafael Longuine e Vico disputam a função do camisa 10. No ataque, a dúvida fica entre Fabinho e Gustavo Apis, formando o trio com Richard e Anselmo Ramon. O lateral Raul Prata foi poupado na última quarta e deve voltar ao time no lugar de Reginaldo.

Provável escalação: Diogo Silva; Raul Prata, Gum, Iago Mendonça e Guilherme Romão; Yago, Marthã e Longuine (Vico); Fabinho (Apis), Richard e Anselmo Ramon.

Uma possibilidade também é Cabo apostar num sistema com três zagueiros. Ele já fez isso na Copa do Nordeste, contra o Fortaleza. Nesse cenário, poderia tirar o atacante Fabino e escalar o zagueiro Diego Ivo.

NM com GE

Foto: Ascom CRB 


Leia Mais ►

sexta-feira, 29 de abril de 2022

CRB jamais venceu o Grêmio, adversário deste fim de semana, em partidas oficiais



O motivo para a Série B de 2022 ser tão badalada é a participação de campeões da Série A e da Libertadores. O Grêmio, adversário do CRB neste sábado (30), é um deles. Porém, engana-se quem pensa que as equipes jamais se enfrentaram. Pelo contrário, na história, são quatro duelos oficiais registrados, contudo, com amplo domínio do Tricolor.

Foram dois confrontos em cada século (XX e XXI) e os resultados bem parecidos. No total, são três vitórias gremistas e apenas um empate. A primeira vez que se encontraram foi em 1972, pelo Brasileirão. No Estádio Rei Pelé, em Maceió, o Grêmio venceu por 2 a 0, com dois gols de Laírton. Naquela temporada, o Tricolor acabou entre os oito primeiros da competição.

Quatro anos depois, no Brasileirão de 1976, novamente um encontro na primeira fase. Todavia, desta vez, foi em Porto Alegre. Jogando no antigo Estádio Olímpico, o Imortal venceu mais uma vez, agora por 2 a 1. Enquanto Tarciso e Vilson fizeram para o Grêmio, Joãozinho Paulista diminuiu para o CRB.

Daí, um hiato de 29 anos formou-se entre um jogo e outro. Os clubes se reencontraram em 2005, no mês de setembro. Naquela ocasião, também pena Série B, o Galo conseguiu seu melhor resultado. Novamente em Maceió, as equipes empataram por 1 a 1. Já em 2015, na 3ª fase da Copa do Brasil, o Tricolor não se intimidou fora de casa, e venceu por 3 a 1. Eliminando o CRB do torneio.

Calendário

Nessa quarta-feira (27), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as datas e os horários da 7ª até a 11ª rodada da Série B do Brasileiro. Sendo sua única competição pelo restante do ano, o Galo conheceu o dia que enfrentará seus adversários. Vale ressaltar que o clube tem um jogo atrasado, pela 1ª rodada, contra o Novorizontino.

A notícia ruim é que de seus oito próximos jogos, cinco acontecem fora de casa. Ou seja, o Galo já sabe que visitará: Porto Alegre, Novo Horizonte, Criciúma, Recife e Belo Horizonte. Os outros três duelos acontecem em Maceió. Inclusive, o Clássico das Multidões, no dia 1º de junho, às 21h30, com mando regatiano.

Como todos os duelos serão pela Série B, o clube terá um tempo de descanso generoso. Entre o duelo com o Sampaio e com o Criciúma, o CRB terá uma semana inteira de intervalo. A única grande "maratona" será entre este sábado (30) e o dia 7, quando terá três embates nesse intervalo de tempo.

Confira o calendário do CRB:

  • Grêmio x CRB - 30/04, 16h30 (Arena do Grêmio)
  • Novorizontino x CRB - 04/05, 19h (Jorge Ismael de Biasi)
  • CRB x Sampaio Corrêa - 07/05, 19h (Rei Pelé)
  • Criciúma x CRB - 14/05, 11h (Heriberto Hülse)
  • CRB x Londrina - 17/05, 21h30 (Rei Pelé)
  • Sport x CRB - 23/05, 20h (Ilha do Retiro)
  • CRB x CSA - 01/06, 21h30 (Rei Pelé)
  • Cruzeiro x CRB - 07/06, 21h30 (Mineirão)
NM com Guilherme Magalhães 
Foto: Ailton Cruz 




Leia Mais ►

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

CSA sofre gol no fim e acaba derrotado pelo Grêmio por 2x1, em Porto Alegre-RS

FOTO: LUCAS UEBEL / GRÊMIO
O CSA ficou pertinho de pontuar em Porto Alegre-RS, mas um gol contra do zagueiro Ronaldo Alves, no último lance do jogo, não deixou que a equipe azulina arrancasse um empate precioso com o Grêmio. Nesta quinta-feira (7), o Tricolor gaúcho sofreu, porém, venceu o Azulão por 2x1, que amargou mais uma derrota no Brasileirão.
Os gaúchos abriram o placar no início do jogo, com Diego Tardelli, e mantiveram a partida em banho maria, sem muitas emoções. Diante do acomodado time gremista, o Azulão, mesmo desfalcado de cinco titulares, começou a gostar do jogo.
Aos 44' do segundo tempo, chegou ao empate após cobrança de falta de Rafinha. Só que três minutos depois, o substituto de Luciano Castán tentou cortar um cruzamento de Cebolinha pela esquerda e mandou contra o próprio patrimônio.
Com esta derrota, o CSA estacionou na 18º colocação da Série A, com os mesmos 29 pontos, mas vê a distância para o Cruzeiro, primeiro time fora da zona de rebaixamento, abrir para cinco pontos. O Grêmio, por sua vez, ocupou o 4º lugar, com 53 pontos na competição.
Na rodada seguinte, o Azulão retorna a Maceió para encarar o Vasco, no Estádio Rei Pelé, às 19h do domingo (9). No mesmo dia e horário, o Tricolorido terá pela frente a Chapecoense, na Arena Condá, em Santa Catarina.
Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Matheus Henrique e Maicon (Rômulo); Alisson (Pepê), Diego Tardelli (Patrick) e Everton; Luciano. Técnico: Renato Gaúcho
CSA: João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Ronaldo Alves e Euller (Ricardo Bueno); João Vítor, Jean Cléber, Didira (Bruno Alves) e Warley; Bustamante (Rafinha) e Bueno. Técnico: Argel Fucks
NM com Maurício Manoel
Leia Mais ►

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Grêmio x CSA: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem


Em lados opostos da tabela, Grêmio e CSA se enfrentam às 21h desta quinta-feira, na Arena, em Porto Alegre, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é o quinto colocado, com 50 pontos, e briga para chegar ao G-4. Já o Azulão é o 18º, com 29, e luta para não cair.

Desde a eliminação na Libertadores, o time de Renato Gaúcho soma três vitórias consecutivas no Nacional. A última delas diante do rival Inter, no Gre-Nal de domingo. O objetivo é chegar na zona de classificação para a fase de grupos da Libertadores. O que pode ocorrer já a partir desta quinta-feira, em caso de vitória na Arena e tropeço do São Paulo.

Já o CSA tem uma missão até o fim do Brasileiro. De acordo com o técnico Argel Fucks, o time precisa conquistar cinco vitórias em oito jogos para garantir a permanência. Com 29 pontos, o time alagoano está na 18ª colocação no campeonato e tem que somar pontos. Domingo, deu trabalho ao Athletico na Arena Baixada, mas perdeu por 1 a 0. Promete lutar muito no jogo desta quinta.

Grêmio - técnico: Renato Gaúcho


Sem desfalques, Renato deve praticamente repetir a escalação do Gre-Nal. A única mudança é na lateral direita. Léo Moura, que entrou no segundo tempo do clássico, volta no lugar de Galhardo. O time voltou a encaixar a partir das entradas de Diego Tardelli e Luciano e aposta na força do ataque para conquistar mais uma vitória. São oito gols nos últimos três jogos.

Provável escalação do Grêmio contra o CSA — Foto: GloboEsporte.com
Quem está fora: Jean Pyerre, Leonardo, Luan e Marcelo Oliveira (lesionados); Felipe Vizeu (transição física).

Pendurados: Bruno Cortez, Maicon e Paulo Miranda.

CSA - técnico: Argel Fucks


O técnico Argel Fucks perdeu dois titulares que jogaram contra o Athletico. Suspensos, o volante Dawhan e o zagueiro Luciano Castán devem ser substituídos por Nilton e Ronaldo Alves, respectivamente. O atacante Apodi está sentindo o desgaste pela sequência de jogos e pode ser poupado. Assim, Bustamante pode voltar à equipe.

Provável escalação do CSA para enfrentar o Grêmio — Foto: GloboEsporte.com
Quem está fora: Luciano Castán (suspenso), Dawhan (suspenso), Safira (tornozelo esquerdo), Naldo (pé esquerdo), Jordi (recondicionamento físico), Carlinhos (transição), Amaral (joelho) e Cajuru (joelho).

Pendurados: Bruno Alves, Naldo, Jonatan Goméz, Ricardo Bueno, Jean Cléber e Carlinhos.

José Mendonça da Silva Junior apita a partida, auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa) e Rafael Trombeta. O responsável pelo arbitragem de vídeo (VAR) é Paulo Roberto Alves Júnior. Todos do PR.

NM com Globoesporte.com/al



Leia Mais ►

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Histórico dos confrontos mostra invencibilidade do CSA contra o Grêmio

Foto: Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas
O histórico dos confrontos entre Grêmio e CSA mostra apenas dois jogos. O Azulão está invicto no duelo. O primeiro foi disputado pelo Brasileirão de 1975. O time azulino venceu por 1 a 0, no Rei Pelé: gol de Ênio. Em 2019, as equipes se encontraram pela 12ª rodada da Série A: empate por 0 a 0.

Em 1975, CSA e Grêmio se enfrentaram pela primeira fase do Brasileirão. Sob o comando de Laerte Dória, o time azulino jogou com Rafael; Rogério, Zé Preta, Geraldo e Natal; Ney Conceição, Roberto Menezes, Torino e Soareste; Ênio (Jorge Siri) e Ferreti (Hélio Sururu).

O Grêmio, treinado por Enio Andrade, atuou com Picasso; Vilson, Beto Bacamarte, Anchieta e Sérgio Vieira; Osmar (Claudinho), Cacau e Neca; Tarciso, Zequinha e Nenê (Loivo).

O segundo confronto entre CSA e Grêmio foi realizado somente em 2019. A partida foi no dia 29 de julho. O Azulão jogou com: Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; João Vitor (Jean Cléber), Nilton (Naldo), Didira e Jonatan Goméz; Maranhão (Gamarra) e Ricardo Bueno.

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, mandou a campo: Júlio César; Léo Moura, Pedro Geromel, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Darlan, Rômulo, Rafael Galhardo (Everton) e Luan (Da Silva); Pepê e Diego Tardelli (Patrick).

Nesta quinta-feira, Grêmio e CSA se enfrentam pela 31ª rodada do Brasileirão. O jogo começa às 21h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

NM com Globoesporte.com/al
Leia Mais ►

terça-feira, 30 de julho de 2019

CSA cria pouco, mas segura o Grêmio e empata sem gols no Estádio Rei Pelé

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
O CSA ficou no empate sem gols com o Grêmio, na noite desta segunda-feira (29), no Estádio Rei Pelé. Com uma formação mais equilibrada, o Azulão até se expôs menos dentro de campo, mas teve muita dificuldade na criação e acabou conquistando um pontinho no complemento da 12ª rodada da Série A do Brasileirão.
O resultado faz o CSA permanecer na vice-lanterna do Brasileiro com sete pontos conquistados, mas diminuiu a diferença em relação ao Cruzeiro - primeiro clube fora da zona de rebaixamento - para três pontos. O Grêmio que poderia assumir a nona colocação em caso de vitória em Maceió, chegou aos 16 pontos e estacionou na 11ª posição.
Na próxima rodada, o CSA irá até a cidade de Cariacica, no Espírito Santo, encarar o Vasco, às 19h, no Estádio Kléber Andrade. O Grêmio terá a Chapecoense pela frente, na Arena, em Porto Alegre-RS, às 20h.

CSA 0x0 Grêmio
Confira os melhores momentos da partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão


Poucas chances

Diferente do último jogo, o CSA começou modificado, com quatro jogadores no meio-campo, buscando ter mais posse de bola. Mas, o que se viu em campo foi um volume maior de jogo por parte do Tricolor gaúcho, que atuou com um time alternativo em virtude da Libertadores. Desde o início da partida, o Grêmio dominava e ao seu melhor estilo buscava encontrar espaços, trocando passes.

Com Luan pouco inspirado, a alternativa gaúcha vinha pelo lado direito com o experiente Léo Moura, que chegava à linha de fundo e cruzava bolas para Diego Tardelli, muito bem marcado pela defesa do CSA. Do lado azulino, Didira com muita movimentação e Jonatán Gómez apareciam como as melhores alternativas dos marujos.

Experiente lateral-direito Léo Moura era a vávula de escape da equipe gaúcha
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
























Aos 17 minutos, Didira recebeu de Ricardo Bueno na meia-direita, arriscou rasteiro de canhota, mas Júlio César segurou com tranquilidade. 

O grande susto do goleiro tricolor saiu aos 34 minutos e justamente com Jonatán Gómez. Ele se projetou do lado esquerdo, e arriscou um lindo chute de perna direita, buscando o ângulo direito do goleiro gremista, que se esticou todo e viu a redonda ir para fora. 
Carlinhos se apresentou bem pelo lado esquerdo do CSA e levou perigo em cruzamentos
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS























Sem muitas finalizações, a melhor chance do Grêmio na partida saiu de bola parada, em cobrança de falta de Luan, na meia-lua da grande área, mas o camisa 7 acertou a barreira.

Tudo igual

No segundo tempo, o jogo melhorou e as oportunidades começaram a aparecer. Logo aos dois minutos, Nilton soltou um canudo em cobrança de falta e a bola passou perto do gol do Grêmio. 

Júlio César voa e vê a bola passar perto no chute forte de Nilton 
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
























Três minutos depois, o Tricolor respondeu com Luan. Ele recebeu na entrada da área, ajeitou o corpo e finalizou à esquerda de Jordi.

Os gaúchos seguiam com mais volume de jogo e voltaram a incomodar aos nove minutos, quando Darlan avançou pelo corredor central e arriscou de direita, mas a bola foi por cima. 

Jonantán Gómez teve boa atuação no meio-campo e quase deixou sua marca
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS























O CSA começou a sentir a intensidade da partida e Argel Fucks precisou mexer na equipe. Ele colocou Jean Kléber no lugar de João Vitor aos 19 minutos e quando conversava com o paraguaio Gamarra, viu o Grêmio perder a melhor chance do jogo. Pepê se projetou nas costas da defesa, invadiu a área, mas quando foi tentar a cavadinha, jogou por cima de Jordi, aos 21 minutos.

Com Gamarra em campo na vaga de Maranhão, o CSA pouco agrediu. Por outro lado, percebendo os espaços deixados, Renato Gaúcho abdicou da estratégia de poupar e colocou Éverton Cebolinha em campo. A resposta foi rápida e o Grêmio cresceu. Aos 33, Diego Tardelli recebeu dentro da área e bateu cruzado, obrigando Jordi a espalmar para escanteio.

Cebolinha incendiou o jogo e quase garantiu a vitória gaúcha em Maceió
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS























Cebolinha em jogada de velocidade passou por Dawhan e cruzou com veneno aos 41, mas ninguém completou para o gol. Um minuto depois, Rodolfo Gamarra poderia ter feito a estrela do técnico Argel Fucks brilhar, porém, ao receber um passe açucarado de Ricardo Bueno quase na pequena área, finalizou mal e jogou para fora. Fim de papo no Rei Pelé: CSA 0x0 Grêmio.

CSA: Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Nilton (Naldo), João Vitor (Jean Kléber), Jonatán Gómez, Didira; Maranhão (Rodolfo Gamarra) e Ricardo Bueno.

Técnico: Argel Fucks.

Grêmio: Júlio César; Léo Moura, Pedro Geromel, Paulo Miranda e Juninho Capixaba; Rômulo, Darlan e Luan (Da Silva); Rafael Galhardo (Éverton Cebolinha), Pepê e Diego Tardelli (Patrick).

Técnico: Renato Gaúcho.

NM com Isaac Simões
Leia Mais ►

quinta-feira, 28 de março de 2019

Vergonha! Como se fosse treino, CSA é goleado por 7 a 0 pelo Grêmio no Sub-20

FOTO: MORGANA OLIVEIRA/ASCOM CSA

Na primeira partida válida pelas oitavas da Copa do Brasil Sub-20, o Grêmio-RS venceu o CSA na noite desta quinta-feira (28), no Estádio Rei Pelé, pelo placar elástico de 7 a 0, em Maceió.  

Com muita chuva (também de gols), o time marujo praticamente deu adeus as chances de classificação na competição nacional. O representante de Alagoas começou jogando bem, chegando com perigo ao gol do time de Porto Alegre, mas pecava nas finalizações.

E foi assim até os 33 minutos de jogo, quando Elias abriu o placar para o Grêmio e deu início ao vexame azulino. Aos 41 minutos, o camisa 11 tricolor marcou novamente. Dois minutos depois, Rildo abriu 3 a 0 para o time visitante. Na segunda etapa, o camisa 10 balançou as redes mais uma vez, aos três minutos. Renan, Luan (contra) e Dudu deram números finais a partida.

As equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (3), no Estádio Airton Ferreira da Silva, em El Dorado do Sul, às 15h. Os gaúchos podem perder por até sete gols de diferença que ainda assim garantem classificação, já que o time tem a vantagem do empate na soma dos resultados do confronto.

NM com Jean Nascimento
Leia Mais ►

quinta-feira, 14 de maio de 2015

CRB PERDE PARA O GRÊMIO POR DOIS GOLS DE DIFERENÇA E ESTA FORA DA COPA DO BRASIL

Foto: Ailton Cruz
Com boa atuação no primeiro tempo e dois gols do jovem atacante Pedro Rocha, o Grêmio venceu o CRB, por 3 a 1, nesta quarta-feira à noite, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e avançou direto para a terceira fase da Copa do Brasil. Com a vantagem de dois gols, o time gaúcho eliminou o jogo de volta.
Na próxima fase, o Grêmio vai enfrentar o Criciúma, que há três semanas ganhou do Bragantino por 3 a 0, fora de casa, e também assegurou a classificação em uma só partida.
FICHA TÉCNICA:
CRB 1 x 3 GRÊMIO
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 13 de maio de 2015, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Elicarlos de Oliveira (BA) e Marcos Amorim (BA)
Cartões amarelos: Zé Carlos e Maxwell (CRB); Pedro Rocha, Matías Rodríguez e Marcelo Grohe (Grêmio)
GOLS: 
CRB: Maxwell, aos 25 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Luan, aos 12, e Pedro Rocha, aos 36 e aos 43 minutos do primeiro tempo
CRB: Júlio César; Paulo Sérgio, Daniel Marques, Audálio e Gleidson Souza; Glaydson Almeida, Olívio, Leandro Brasília (Gérson Magrão) e Fernando; Maxwell (Bruno Nascimento) e Zé Carlos (Daniel Cruz)Técnico: Alexandre Barroso
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Geromel, Rhodolfo e Júnior; Marcelo Oliveira, Walace, Maicon (Douglas) e Giuliano; Pedro Rocha (Fellipe Bastos) e Luan (Everton)Técnico: Luiz Felipe Scolari
Fotos de mais um trabalho.
Zagueiro Rodholfo do Grêmio
Entrevista de Felipe Scolari

APOIO:
Leia Mais ►

domingo, 30 de novembro de 2014

UM TEMPLO CHAMADO DE "ARENA FONTE NOVA". UM TIME CHAMADO BAHÊA

O Bahia estava desesperado precisava da vitória a qualquer custo para não ser rebaixado com uma rodada de antecedência . Já o Grêmio lutava ainda por vaga na Libertadores. Uma partida importante para as duas equipes e também para o Brasileirão da Série "A".

No final o Baêa(como canta sua torcida) venceu por 1 a 0 com gol de Rafael Galhardo (falta) aos 30' 1T, deixando a decisão do seu descenso, ou não, para última rodada jogando fora de casa contra o Coritiba que já não corre mais o risco de ir parar na série "B" de 2015. 
Com a derrota o time gaúcho não tem mais chances de pegar vaga na Libertadores.

Um experiência que jamais esquecerei, graças a minha profissão tive o privilégio de assisti-la dentro de campo, no gramado da Arena Fonte Nova.

Uma noite especial também para os meus amigos árbitros que comandaram a partida. O Paraense Dawson Freitas, Árbitro que será promovido ao quadro internacional no ano que vem e em grande fase, foi o árbitro central do jogo, auxiliado por Broney Machado e Márcio Gleidson e como árbitros auxiliares, o carioca Wagner Rosa e o paraibano Renan Roberto.
Parabéns a arbitragem que desenvolveu com maestria sua obrigação no jogo que é legitimar o resultado.

Esta sem dúvida será uma noite difícil de esquecer.
Acompanhe agora algumas fotos que tirei na noite deste domingo na Arena Fonte Nova.







APOIO:
Leia Mais ►

terça-feira, 29 de novembro de 2011

RIVALIDADE ALÉM DOS GRAMADOS

A rivalidade em Pernambuco vai além dos estádios de futebol e também das praças de guerra onde as torcidas organizadas fazem suas batalhas sangrentas.
Agora os adversários estão invadindo os portais dos clubes e fazendo verdadeiros estragos.
Isso aconteceu com o do Sport, assim que acabou o jogo contra o Vila Nova, fui tentar acessar a página oficial do clube e automaticamente caia no site oficial do Clube Náutico Capibaribe. Menos mal, pois não existiam depravações nem pornografia.
Diferente do que fizeram com o site do próprio CNC nesta segunda.
Como falei, se não há uma desmoralização ainda é admissível, não que eu esteja dizendo que é certo, entenda.
Como fizeram quando você colocava no Google a palavra: NAUTICO PE. Aparece a data e a menção ao Grêmio de Foot-bool Porto Alegrense, fazendo lembrar a “Batalha dos Aflitos” que por coincidência foi no mesmo dia e mês deste jogo histórico do Sport no Serra Dourada em Goiás neste final de semana na série “B” onde o rubro-negro pernambucano conseguiu seu acesso para a primeira divisão de 2012.
"Batalha dos Aflitos" 26/11/2005

A vitória sobre os pernambucanos na partida que garantiu a volta do Grêmio à Série A do Campeonato Brasileiro de 2006 teve contornos de dramaticidade poucas vezes vistos na história do futebol. Os gaúchos tiveram dois pênaltis contra e quatro jogadores expulsos, mas no final venceram e se sagraram campeões da Série B.
Leia Mais ►

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

VAMOS SEPARAR AS COISAS.

                                               (Paulo Pelaipe - diretor executivo do Grêmio)

Fluminense e Grêmio ontem lembraram a minha infância de peladeiro no bairro do Cordeiro no meu Recife querido.

Tinha uns bestões que quando ficavam chateados com o placar, com o árbitro ou com qualquer outra coisa ameaçavam deixar o campo de jogo.
Usando o mesmo termo usado na matéria do Globoesporte.com se o técnico Celso Roth não tivesse interferido seria um episódio emblemático, uma coisa nunca vista no futebol.

Tudo por causa da arbitragem de Francisco Carlos do Nascimento, o nosso Chicão, que segundo o Diretor executivo do Grêmio, o Sr. Paulo Pelaipe, o árbitro alagoano só trabalhava no campeonato brasileiro pois em Alagoas não tinha futebol. Ele pode até falar do Chicão, que participou pouco da 1ª divisão, pois foi punido e nem participou da 2ª, por motivos desconhecidos.Agora falar de Alagoas, ai é um absurdo.

O Dirigente esqueceu de onde saíram jogadores como Adriano Gabiru, um dos responsáveis pelo título mundial do seu maior rival , o Internacional de Porto Alegre, o lateral Souza, hoje no Fluminense, que muito fez pelo futebol gremista dentre outros.
Não sei por que todas as vezes que acontece alguma coisa errada com um alagoano, o culpado é Alagoas.
Tenha calma seu Paulo, Alagoas é celeiro de grandes craques e personalidades do nosso país, e se fossemos colocar aqui neste post, iríamos ocupar uma boa parte da página.

Quanto a arbitragem do Chicão, desta sim o Sr. pode falar. Prejudicou sua equipe? Vá ao tribunal.
Agora não venha falar de Alagoas, lugar que com certeza o senhor não conhece.

Você quer analisar o que aconteceu ontem na partida entre Fluminense e Grêmio, é só acessar aqui, e tirar suas próprias conclusões.

http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2011/11/diretor-do-gremio-condena-arbitro-em-alagoas-nao-tem-futebol.html
Leia Mais ►

terça-feira, 14 de junho de 2011

PERIGOR

Muitos torcedores do Sport estão torcendo que a negociação do zagueiro Igor seja concretizada com o Grêmio de Futebol Portoalegrense.
O jogador vem negociando sua transferência desde quando terminou o jogo de sábado lá em Arapiraca-AL contra o ASA, Negociação esta que já esta tão adiantada que Igor ficará fora da partida de hoje contra o Duque de Caxias na Ilha do Retiro pela 5ª rodada da série"B".
É bem verdade que o defensor campeão da Copa do Brasil de 2008 pelo Sport a muito tempo não apresenta um bom futebol. Igor não conseguiu ainda re-editar aquela dupla que fez com o zagueiro Durval em algumas temporadas vitoriosas do Leão da Praça da Bandeira.
Acho que Igor já deu o que tinha para dar ao rubro-negro pernambucano, só nos resta agradecer e desejar boa sorte ao jogador neste novo desafio da sua carreira. Valeu Igor.
Leia Mais ►