Image Map

quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Meia Rafael Sayão é o novo reforço do ASA para a temporada



O ASA está firme e forte no mercado de transferências. Nesta quinta-feira (29), o meio-campista Rafael Sayão, de 32 anos, foi anunciado para compor o elenco no restante da temporada. Ele é o sexto reforço contratado desde a chegada de Rodrigo Fonseca.

Entre suas características, está o jogo ofensivo. Canhoto, Sayã atua mais na parte ofensiva do campo, como um camisa 10, atrás do centroavante de ofício.

Seu último clube foi o Jataiense-GO, onde atuou em 10 partidas nesta temporada. Contudo, o desempenho foi abaixo do esperado, tanto que a equipe ficou apenas na 9ª posição do certame, sem conquistar a classificação.

Além disso, em sua vasta carreira, Rafael Sayão jogou por ABECAT, Carlos Renaux, Sertãozinho, Votuporanguense, Gurupi, CRAC, São Caetano, entre outros. Será apenas a segunda vez na carreira que ele atuará no Nordeste. A primeira foi pela Juazeirense.

Rafael Sayão ainda pode defender a equipe alvinegra no Campeonato Alagoano, já que o regulamento permite inscrições de novos atletas até a véspera da última rodada da primeira fase. Ou seja, até esta sexta-feira (1º).

NM com Gazetaweb.com

Foto: Reprodução

Leia Mais ►

Campeonato Alagoano: jogo entre CSA e CSE terá arbitragem da Fifa



O jogo decisivo entre CSA e CSE, que será disputado neste sábado (2), no Estádio Juca Sampaio, terá quarteto de arbitragem da Fifa, atendendo a um pedido do clube tricolor. A solicitação da equipe de Palmeira dos Índios foi feita nessa quarta-feira (28) e, assim que a Federação Alagoana de Futebol (FAF) recebeu o pedido, prontamente o encaminhou à CBF.

Desta forma, o dono do apito no Juca Sampaio será Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa-PE). Ele terá como assistentes Anne Kesy Gomes de Sá (Fifa-AM) e Fernanda Kruger (Fifa-MT). Já o 4º árbitro será Charly Wendy Sraub (Fifa-SC). O analista será o alagoano George Alves Feitoza, do quadro da CBF.

A partida de extrema importância para as duas equipes é válida pela última (7ª) rodada da primeira fase (de grupos) do Campeonato Alagoano é Massa.

Demais jogos

A última rodada terá ainda mais outros três jogos no mesmo dia e horário: CRB x ASA, no Estádio Rei Pelé; Coruripe x Cruzeiro, no Gerson Amaral; e Murici x Penedense, no Estádio José Gomes da Costa. Porém, todos esses terão arbitragem local.

O duelo entre CRB e ASA será comandado por Rafael Carlos Salgueiro (CBF-AL). Os assistentes são: Esdras Mariano (CBF) e Áldrin Freire Matias (CBF) e o 4º árbitro será João Paulo Nascimento (FAF). Já Coruripe x Cruzeiro terá Carlos Vitor Oliveira (FAF) no apito, sendo auxiliado por Ruan Luiz de Barros (CBF) e Jéssica Alves Bomfim (FAF). E o 4º árbitro será Massau Claudino do Nascimento (FAF).

E o quarteto para Murici x Penedense será formado por José Ricardo Laranjeira (CBF), com Pedro Jorge Santos (CBF) e Lennon McCartney Farias (FAF) como assistentes. E Carlos Alberto Matias Eloi (FAF) será o quarto árbitro.

NM com Fernanda Medeiros

Foto: Ailton Cruz

Leia Mais ►

Cabo reflete sobre o momento do CSA: 'Ninguém está satisfeito'



Em clima decisivo na temporada para o CSA, o técnico Marcelo Cabo concedeu uma entrevista coletiva, na tarde desta quinta-feira (29), no CT Gustavo Paiva.

E durante a entrevista que antecede a partida contra o CSE, válida pela ultima rodada da 1ª fase do Campeonato Alagoano, Cabo foi perguntado sobre as declarações que o presidente Rafael Tenório soltou durante a semana, em que se mostrava muito insatisfeito. E se isso afetaria o grupo de jogadores de certa forma. Como de praxe, o comandante marujo foi transparente na sua resposta.

"Eu entendo que ninguém está satisfeito com o momento do CSA. Nem eu, nem o presidente estamos satisfeitos com a campanha. O presidente falou o que está acontecendo no momento. A insatisfação é de todos, inclusive minha. O presidente é o soberano dentro do clube. Temos que saber entender a mensagem", afirmou o treinador.

Ele continuou a coletiva fazendo um balanço sobre esse primeiro mês de trabalho no Azulão, ressaltando também aspectos positivos.

"Primeiro, eu tenho que ressaltar a dedicação dos atletas no dia a dia de trabalho. As coisas talvez não estejam encaixando dentro do campo, mas não é por falta de trabalho, dedicação e empenho, nem da diretoria, nem do presidente, nem da comissão técnica, e muito menos dos jogadores. Vocês estão presenciando muito trabalho, mas infelizmente a gente não está conseguindo levar para o jogo aquilo que tem feito na semana de treinamentos", ressaltou Cabo.

Ele finalizou sua fala apontando dois problemas essenciais a serem resolvidos para o confronto deste fim de semana.

"O fator que a gente precisa melhorar muito é a confiança e a atitude em colocar em prática aquilo que a gente trabalha. É uma coisa que não pode faltar em uma equipe de futebol que enverga a camisa do CSA. Eu detectei duas coisas muito importantes: a primeira é aumentar a nossa autoestima e a outra é aumentar a confiança do grupo. Quando nós não conseguirmos igualar taticamente, a gente tem que igualar guerreando, confrontando e competindo", finalizou o treinador.

O Azulão tem compromisso marcado pela última rodada do Campeonato Alagoano, onde vai enfrentar neste sábado (2), a equipe do CSE, no Estádio Juca Sampaio, às 16h, em Palmeira dos Índios.

NM com Guilherme Nobre

Foto: Morgana Oliveira

Leia Mais ►

Daniel elogia CRB apesar da derrota: 'Uma performance satisfatória'



Na noite dessa quarta-feira (28), o CRB acabou sendo derrotado em confronto contra o Bahia pelo placar de 1 a 0, em pleno Estádio Rei Pelé. A partida era válida pela quarta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. O tropeço também significou a quebra da invencibilidade do clube dentro da competição, mas, apesar das estatísticas negativas, o treinador da equipe regatiana, Daniel Paulista, avaliou positivamente a partida contra a equipe de Salvador.

"Sabemos que enfrentamos um grande adversário, fomos superiores, mas hoje essa superioridade não foi traduzida em vitória, e eu vejo que, quando você enfrenta um adversário tão poderoso quanto o Bahia, os detalhes fazem muita diferença dentro do jogo. Acho que a leitura que a gente faz hoje é que, no primeiro tempo, onde o CRB foi melhor, teve grandes oportunidades, não fez. O Bahia, em um belo contra-ataque, um lance de muita qualidade individual dos seus atletas, conseguiu encontrar espaço, abriu o placar e esse placar não conseguiu ser revertido", disse o comandante do CRB.

O treinador foi questionado sobre o desempenho do time e, quanto à primeira derrota, poderia influenciar o desempenho visando às próximas partidas, mas, pregou otimismo no trabalho que seu elenco está fazendo.

"Acho que a gente continua no caminho certo, estamos chateados, lógico, com o resultado, mas a performance em si não foi ruim. Então, temos que olhar para frente agora, concentrar nossas forças para a sequência que vai ser dura, vai ser difícil, mas temos demonstrado, principalmente nos grandes jogos que tivemos na temporada, que nós temos condições de alcançar nossos objetivos", comentou Daniel.

O comandante do elenco regatiano ainda ressaltou a diferença de realidades entre CRB e Bahia, ressaltando que seu time conseguiu superar as diferenças financeiras aplicando um futebol competitivo dentro de campo.

"Nós enfrentamos uma equipe de muita qualidade, de muito potencial, de investimento altíssimo, não tem nem como comparar um investimento com o outro e nós fizemos um jogo de igual para igual, nós equilibramos essa questão do investimento dentro de campo e não foi um desequilíbrio porque em rendimento o CRB foi melhor", concluiu o treinador do CRB.

O Galo se encontra na segunda posição do grupo A da Copa do Nordeste com 7 pontos, mesma pontuação do líder Sport. A próxima partida do CRB será válida pela última rodada do Campeonato Alagoano, sábado às 16h, no Trapichão, contra a equipe do ASA.

NM com Guilherme Nobre

Foto: Reprodução 

Leia Mais ►

Escalação do CSE: Parreira tem uma baixa e três dúvidas para jogo decisivo contra o CSA



O técnico Carlos Pereira vai mexer na escalação do CSE para o confronto direto contra o CSA por uma vaga na semifinal do Campeonato Alagoano. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o volante Felipe Recife está fora da partida no próximo sábado, às 16h, no Juca Sampaio.

Também podem desfalcar a equipe o lateral-esquerdo Jefferson Recife e os atacantes Stuart e Tito, os três em tratamento no departamento médico.

O último treinamento antes da partida decisiva está previsto para a manhã desta sexta-feira, quando o treinador vai definir a equipe.

Mas a tendência é que o CSE comece o jogo com: Pedro Campanelli; Geovânio, Diego, Murilo e Mel; Claudevan, Trindade e Edinho; Ibson Melo, Talisca e Érico Júnior.

Com nove pontos, o Tricolor ocupa o terceiro lugar no estadual e garante vaga na próxima fase até mesmo com um empate. O CSA é o quinto, com oito, e precisa vencer para não ser eliminado precocemente do Alagoano.

Ingressos

Os ingressos para CSE x CSA já estão sendo vendidos com preços de R$ 20 (antecipado, até sexta-feira) e R$ 30 (no dia do jogo).

NM com GE 

Foto: Ascom CSE


Leia Mais ►