terça-feira, 26 de julho de 2016

Inspiradas em Marta, jogadoras da Seleção não querem ser só coadjuvantes

Zagueira Érika enaltece a importância de Marta na Seleção feminina, mas espera ver outras jogadoras também sendo decisivas
FOTO: SITE DA CBF


















Por Marcelo Laguna
Primeira equipe brasileira a entrar em ação nos Jogos Olímpicos Rio-2016, a Seleção feminina de futebol - que jogará no dia 3 de agosto contra a China, no Engenhão - novamente deverá ter na atacante Marta sua principal protagonista. Nenhuma novidade, pois a jogadora que já foi eleita cinco vezes como melhor do mundo pela Fifa vem exercendo esse papel desde o vice-campeonato mundial em 2007, além de ter sido destaque na campanha da medalha de prata em Atenas 2004 e Pequim 2008. A diferença é que agora ela deverá contar com uma força extra.
- É normal que ela tenha mais destaque, afinal ela já foi cinco vezes eleita melhor do mundo, mas a Marta não jogará sozinha. Futebol é coletivo e a Seleção vai depender que todas as meninas estejam prontas para atingir o seu nível mais alto nesta Olimpíada - afirmou a zagueira Érika, de 28 anos, que integrou o time brasileiro na conquista da medalha de prata em Pequim 2008.
É claro que a zagueira não nega a importância de uma jogadora do nível de Marta, com 102 partidas internacionais disputadas pela Seleção e 100 gols assinalados. Mas para ela, é importante que a responsabilidade seja bem dividida, até para permitir que o talento da atacante de 30 anos possa brilhar durante a Olimpíada do Rio.
- A Marta é fenomenal, é natural que exista uma luz maior sobre ela, assim como para a Cristiane e a Formiga. Cabe às demais jogadoras estarem prontas para ajudar e também buscar o seu espaço - disse Érika, de 28 anos, que defende o Paris Saint-Germain (FRA) desde o ano passado.
Uma das mais novas da equipe dirigida pelo técnico Vadão,  a atacante Bia, de apenas 22 anos, não disfarça a tietagem pela companheira mais famosa.
- A Marta sempre fala que trocaria todas as suas conquistas individuais por uma medalha de ouro olímpica. Isso nos inspira e tenha certeza de que ela irá nos ajudar muito na busca desta medalha de ouro inédita. Essa troca de experiência com as mais novas tem sido fundamental - afirmou a atacante, que defende o Hyundai Red Angeles, da Coreia do Sul, desde 2013.
Leia Mais ►

Torcida do CRB já pode comprar ingresso para a partida contra o Brasil-RS

De bem com o time, torcida quer voltar a fazer coreografia na sexta-feira
FOTO: AÍLTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS



























A torcida do CRB já pode comprar ingresso para a partida contra o Brasil de Pelotas, que acontece sexta-feira que vem, às 19h15, no Estádio Rei Pelé, pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Os locais onde os bilhetes podem ser encontrados são as lojas Poly Sport (Centro, Shopping Maceió e Shopping Pátio), Arena das Torcidas (Jatiúca e Farol), Loja Grande Torcedor - SAMS Clube (Jatiúca) e estande do Galo no Shopping Maceió.

Os preços cobrados são os seguintes: R$ 100 (preço único) para o setor de cadeiras, R$ 60 para as arquibancadas altas (meia-entrada a R$ 30) e R$ 40 para as baixas (meia-entrada a R$ 20).

E assim como aconteceu no jogo contra o Tupi, o público feminino contará com uma bilheteria exclusiva para comprar, no dia do jogo, a partir das 16h, ingressos para os setores de arquibancada, ao preço de R$ 15 cada.

Segundo a vice-presidente de honra do CRB, a conselheira Silvânia Barbosa, a força da mulher regatiana está sendo um combustível extra para o Galo ser um dos destaques da Série B. "Esta promoção foi um grande sucesso no jogo contra o Tupi, e em time que está ganhando não se mexe. Não tenho dúvidas de que o Rei Pelé estará completamente lotado, com toda a nação regatiana fazendo mais uma grande festa", disse ela.

Sobre a equipe, a novidade é que o zagueiro Adalberto, recuperado de lesão, reincorporou-se ao elenco após o retorno da delegação de Belém, onde o Galo - terceiro colocado na Série B - empatou em 2x2 com o Paysandu. Já o atacante Wellington Júnior, expulso diante do Papão, terá de cumprir suspensão automática na partida desta sexta.

NM com site do CRB
Leia Mais ►

CRB e Sete avançam e decidem título do Campeonato Alagoano Sub-20

CRB vence o Coruripe nos pênaltis e se garante na decisão do título com o Sete de Setembro
FOTO: JOTA RUFINO/GLOBOESPORTE.COM



















Os finalistas do Campeonato Alagoano Sub-20 foram conhecidos na tarde desta terça-feira. Em rodada dupla disputada no Estádio Rei Pelé, CRB e Sete de Setembro passaram por Coruripe e ASA, respectivamente, e se encontram na decisão do estadual. Além de conquistar o título, o campeão garante vaga na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017.
O CRB garantiu a classificação em uma partida cheia de dramas. Com o resultado agregado por 1 a 1, o Galo, embalado pelos cantos da torcida que compareceu ao Trapichão, partiu para definir o confronto logo nos primeiros minutos. O atacante Jonata teve a chance de abrir o placar de pênalti, mas parou no goleiro do Coruripe.
Os gols saíram na segunda etapa. O CRB voltou a ter um pênalti a seu favor e, desta vez, abriu o placar com o volante Rodrigo. Aos 44, o zagueiro Tam, do Hulk, empatou o duelo. Nas penalidades, Lucas, goleiro alvirrubro, defendeu duas cobranças e garantiu a vitória por 4 a 2.
Atual campeão do Alagoano Sub-20, o ASA caiu nas semifinais diante do Sete de Setembro. No segundo confronto do dia, iniciado às 15h30, o Canarinho mostrou força, não se intimidou a presença de atletas do elenco profissional no lado do clube arapiraquense e venceu por 2 a 0. Apesar da experiência de jogadores mais experientes como os meias Dudé e Bruno Souto, o Fantasma encontrou um adversário fechado e pouco fez na partida.
Na quarta, os representantes de CRB e Sete de Setembro se reúnem com os dirigentes da Federação Alagoana de Futebol (FAF) para decidirem as datas e horários das finais do Campeonato Alagoano Sub-20.
NM com Globoesporte.com/al
Leia Mais ►

Direção do CSA espera público superior a 12 mil torcedores no domingo

Direção azulina espera Rei Pelé lotado no domingo que vem
FOTO: ALISSON FRAZÃO/ASCOM CSA


























Devido à importância da partida, que vale vaga para a terceira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, a diretoria do CSA espera um público superior a 12 mil torcedores no domingo que vem, às 16h, no Estádio Rei Pelé, quando o Azulão vai para mais uma decisão contra o Parnahyba.

E a vendagem de ingressos para este jogo já começou. Por ora apenas, ela ocorre somente em alguns postos, como o quiosque do CSA no Maceió Shopping e o CT Gustavo Paiva, no Mutange. Os outros pontos de venda são os seguintes: restaurante Pimenta de Cheiro (Trapiche), Rota do Surf (Benedito Bentes), posto de combustíveis Novo Posto (próximo ao aeroporto), e lojas Poly Sport (Shopping Pátio e Centro).

Os bilhetes estão sendo vendidos a R$ 15 para a arquibancada baixa, enquanto que para a arquibancada alta, o ingresso sai por R$ 25. Já para o acesso ao setor de cadeiras, o torcedor terá que desembolsar R$ 100.

Por ter vencido por 2x1 no Piauí, o Azulão se classifica até com derrota por 1x0 diante de seu torcedor.

Para este compromisso, o atacante Jônatas Obina terá de cumprir suspensão porque recebeu o terceiro cartão amarelo. Mas a expectativa para estes próximos dias é quanto ao retorno do também atacante Marcelo Nicácio, que se recupera de lesão. Outra novidade entre os relacionados poderá ser o meia Didira, que foi diagnosticado com dengue.

O goleiro Jeferson fala da responsabilidade deste quarto confronto diante do Parnahyba e em tão curto espaço de tempo:

- O resultado anterior nos dá confiança para esta nova partida. Mas não tem nada decidido. São mais 90 minutos a serem disputados e temos que ter toda a atenção possível porque o Parnahyba terá de sair para tentar reverter a situação, que, no momento, é desfavorável para eles. Vamos ter que atuar com o regulamento e, no mais, é aproveitar as oportunidades que surgirem na partida.

Por ter vencido o Parnahyba por 2x1 no Piauí, o Azulão defende o empate no próximo domingo. Mas também se classifica para a terceira fase da Série D 2016 até com derrota por 1x0 pelo fato de ter feito dois gols na casa do adversário.

NM com Francisco Cardoso
Leia Mais ►

ASA: contra o Remo, Foiani quer time com postura do 2º tempo em Aracaju


Após suspensão pelo 3º cartão, Tiago Braga deve voltar no sábado
FOTO: LEONARDO FREIRE/GLOBOESPORTE.COM





Já de volta a Arapiraca após a derrota fora de casa para o Confiança, a delegação alvinegra começa a preparação para o duelo contra o Remo, sábado que vem, no Coaracy da Mata Fonseca. Porém, quem enfrentou o Dragão no fim de semana só se reapresenta na manhã desta terça-feira para dar início aos treinamentos visando à partida das 20h30, pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Até lá, o treinador alvinegro Paulo Foiani quer ver seu time com a postura apresentada no 2º tempo do jogo contra o Confiança, em Sergipe.

- Na segunda etapa da partida que fizemos, nossa equipe foi mais ofensiva, mas paramos na forte marcação que eles fizeram. O Confiança se tornou um time muito compactado na defesa após abrir o placar - observou.

Já o volante Jorginho, substituído no intervalo porque recebeu cartão amarelo, diz que o time pecou no quesito conclusão. "Nosso time começou bem, mas teve a infelicidade de sofrer o gol já no final do primeiro tempo. Até criamos no segundo, mas faltaram as conclusões. Agora, vamos para mais uma batalha em casa porque todo jogo é duro na Série C", avaliou.

Diante do Remo, duas modificações podem ocorrer. E uma delas é considerada certa: a volta de Tiago Braga, que cumpriu suspensão automática, ao gol. A outra deve ser a saída do meia-atacante Dinelson, cujo substituto ainda será definido.

NM com Francisco Cardoso
Leia Mais ►