Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Lateral-direito Israel é o 38º reforço do CRB para a temporada

Foto: Pedro Alves / GloboEsporte.com
CRB foi buscar no mercado uma opção para a lateral-direita. Ex-Botafogo-PB, Israel vai disputar posição com Júnior e Daniel Borges, que vem sendo titular nos últimos jogos. É a 38ª contratação do clube em 2019.

O jogador está em Maceió e iniciou o trabalho no Ninho do Galo para ficar à disposição do técnico Marcelo Chamusca.

Israel, de 25 anos, disputou 19 partidas pelo clube paraibano neste ano e não marcou nenhum gol. Ele também tem passagens por Marília, Portuguesa Santista, Taubaté e Botofago-PB.

Ficha técnica

Nome: Israel Neves De Souza
Nascimento: 05/12/1993 (25 anos)
Naturalidade: Salvador (BA)
Posição: lateral-direito
Últimos clubes: Marília, Portuguesa Santista, Taubaté e Botofago-PB


Os 38 contratados pelo CRB para 2019

Goleiro:
Vinícius Silvestre (ex-Ponte Preta)
Zagueiros:
*Rafael Bonfim (Kalteng Putra - Indonésia)
*Guilherme Mattis (São Bento- SP)
Éwerton Páscoa (ex-São Bento)
Edson Henrique (ex-Gostaresh Foolad - Irã)
Nogueira (ex-Fluminense)
Luiz Fernando (ex-Jequié - BA)
Victor Ramos (ex-Vitória)
Laterais:
Israel (ex-Botafogo-PB)
*Matheus Damasceno (Atlético-AC)
Bryan (ex-Cruzeiro)
Daniel Borges (ex-Mirassol)
Guilherme Souza (ex-Tombense-MG)
Igor (ex-Paraná)
Júnior (ex-Paraná)
*João Paulo (ex-Avaí)
Meio-campistas:
*Danilinho (sem clube)
*Hudson (sem clube)
* Warian Ameixa (sem clube)
*Polaco (Atlético-AC)
Guilherme Costa (ex-Vasco)
Dirceu Lucas (ex-Juventude)
Ferrugem (ex-Ventforet Kofu - Japão)
Mateus Silva (ex-Guarani)
Patrik (ex-Juazeirense-BA)
Atacantes:
*Danillo Bala (Remo)
*Wallyson (sem clube)
*Gabriel Pajé (sem clube)
*Zé Carlos (sem clube)
Felipe Ferreira (ex-Ferroviária)
*Victor Rangel (Botafogo)
Willie (ex-Ceará)
Mailson (ex-Al Arabi - Catar)
William Barbio (ex-Boa Esporte-MG)
Gustavo Balotelli (ex-Juazeirense-BA)
Léo Ceará (ex-Vitória)
Hugo Sanches (ex-Juventude)
Alisson Farias (ex-Sport)

* Jogadores com um asterisco já tiveram seus contratos rescindidos com o clube. As equipes informadas entre parênteses são as atuais desses atletas.

NM com Globoesporte.com/al

ASA realiza mais um treinamento visando ao jogo de domingo, contra Itabaiana

FOTO: REMIR PEIXOTO
O elenco do ASA treinaria, esta quinta-feira (13), no Estádio Ferreirão, em Taquarana, município localizado a 24km de Arapiraca, por causa das fortes chuvas, mas como em Taquarana está chovendo muito também, a comissão técnica do Alvinegro decidiu manter os trabalhos no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, o Fumeirão, em Arapiraca.
A decisão do técnico Nêdo Xavier de ter levado o time para treinar em Taquarana, como aconteceu nessa quarta-feira (12), era justamente para preservar o gramado do Coaracy da Mata, onde será disputado o jogo do próximo domingo - contra o Itabaiana-SE, pela Série D. E o treinador quer que o gramado do Municipal esteja em perfeitas condições, segundo informou o supervisor de Futebol do ASA, Aníbal Lucas, ao site oficial do clube.
Nesta quinta, Nêdo Xavier manteve o trabalho técnico e tático e exercícios de fortalecimento físico para os atletas. O zagueiro Luiz Eduardo, que estava em observação no Departamento Médico, voltou a treinar e já se sente bem melhor.
O ASA encara o Itabaiana-SE, pela Série D do Brasileiro, no próximo domingo (16), às 16 horas, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.
Reunião
Na noite desta quinta-feira (13), os conselheiros do ASA estarão reunidos, às 19h30, no auditório da Câmara dos Dirigentes dos Lojistas (CDL), em Arapiraca. A reunião do Conselho Deliberativo visa discutir assuntos relacionados à situação financeira do clube.
Vice-presidente do Conselho Deliberativo alvinegro, Igor Raphael confirmou, em entrevista ao portal Top Esporte, que também estão na pauta do encontro, além das finanças do clube, algumas ações e planejamentos para o time neste mata-mata da Série D. ""Estamos marcando a reunião para as 19h30 e esperamos a presença de todos", disse Raphael.
Paralela à reunião dos conselheiros, vários torcedores do clube se mobilizam, por meio das redes sociais, para arrecadar recursos a fim de oferecer um jantar ao elenco alvinegro, nos próximos dias.
NM com Fernanda Medeiros

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Artilheira das Copas: Marta iguala Klose como maior goleadora em Mundiais

FOTO: REUTERS
Dúvida até horas antes da partida, a alagoana Marta só teve sua presença confirmada contra a Austrália, na manhã desta quinta-feira (13), pelo técnico Vadão. Com muirta disposição, a melhor jogadora do mundo deixou sua marca logo aos 27 minutos, e se transformou na maior goleadora de todos os tempos. Com o 16º gol em Mundiais, a craque brasileira se igualou ao alemão Klose, com 16 gols, e divide com ele a artilharia da história das Copas do Mundo.
Na comemoração, Marta mostrou a chuteira, exibindo o símbolo da igualdade de gênero. Na comparação de outros quesitos, aliás, a camisa 10 também tem recordes.
Marta mostra o símbolo da igualdade de gênero na chuteira durante a comemoração do gol do Brasil contra a Austrália na Copa do Mundo Feminina
FOTO: REUTERS/JEAN-PAUL PELISSIER
























Além dessa marca, a camisa 10 da seleção brasileira também se tornou a primeira a balançar a rede em cinco edições diferentes do torneio. Sua primeira Copa do Mundo foi em 2003, com 17 anos. Depois, disputou as edições de 2007, 2011 e 2015.
Marta é também a recordista em prêmios de melhor do mundo. Com o último conquistado, chegou a seis e superou em um o argentino Messi e o português Cristiano Ronaldo.
A presença de Marta na partida não era garantida por causa de uma lesão sofrida no início da preparação da Copa, em 24 de maio. O problema foi na coxa esquerda. Desde então, fez tratamento nas últimas três semanas e voltou a treinar com bola há dois dias. Não jogou a estreia, domingo, na vitória por 3 a 0 contra a Jamaica.
Gols de Marta em Copas do Mundo
2003
Brasil 1 x 2 Suécia (um)
Brasil 4 x 1 Noruega (um)
Brasil 3 x 0 Coreia do Sul (um)
2007
Brasil 4 x 0 EUA (dois)
Brasil 3 x 2 Austrália (um)
Brasil 4 x 0 China (2) (dois)
Brasil 5 x 0 Nova Zelândia (dois)
2011
Brasil 2 (3) x (5) 2 EUA (dois)
Brasil 3 x 0 Noruega (dois)
2015
Brasil 2 x 0 Coreia do Sul (um)
2019
Brasil x Austrália (um)
Gols de Klose em Copas do Mundo
2002
Alemanha 8 x 0 Arábia Saudita (três)
Alemanha 1 x 1 Irlanda (um)
Alemanha 2 x 0 Camarões (um)
2005
Alemanha 4 x 2 Costa Rica (dois)
Alemanha 3 x 0 Equador (dois)
Alemanha 1 (4) x (2) 1 Argentina (um)
2010
Alemanha 4 x 0 Austrália (um)
Alemanha 4 x 1 Inglaterra (um)
Alemanha 4 x 0 Argentina (dois)
2014
Alemanha 2 x 2 Gana (um)
Alemanha 7 x 1 Brasil (um)
NM com Globoesporte.com

CSA sofre dois gols no segundo tempo e perde por 2x0 para o Flamengo em Brasília

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/CRF
No último jogo do Brasileirão antes da pausa para a Copa América, o CSA não se deu bem contra o Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília-DF, nesta quarta-feira (12). O Azulão até teve uma boa atuação nos primeiros 45 minutos, mas não conseguiu segurar o ataque rubro-negro na etapa final e acabou derrotado por 2x0. Vitinho e Gabigol marcaram os gols da vitória do Mengão na capital federal.
Essa foi a quarta derrota do clube marujo na Série A do Campeonato Brasileiro e coloca os alagoanos em situação delicada na competição, permanecendo na 19ª posição, com apenas seis pontos. No entanto, o Azulão poderá cair um degrau e ser o lanterninha da competição, caso o Avaí (20º com 4 pontos) vença o Palmeiras, nesta quinta-feira (13), às 20h, no Allianz Parque, em São Paulo.
Por outro lado, a vitória colocou o Flamengo no G4 do Brasileiro. O clube carioca chegou aos 17 pontos e assumiu a terceira posição da tabela, mas poderá cair um degrau e ser ultrapassado pelo Atlético Mineiro, que enfrenta o São Paulo, nesta quinta-feira (13), no Horto, em Belo Horizonte-MG.
Com a parada de um mês no Brasileirão, o CSA voltará a campo somente no próximo dia 30 de junho, quando enfrenta o Sport em partida amistosa na Ilha do Retiro, no Recife-PE, às 16h. Pela Série A, o Azulão vai encarar o Corinthians, no dia 14 de julho (domingo), na Arena Corinthians, em São Paulo. 
CSA 0x2 Flamengo - Campeonato Brasileiro (9ª rodada)
-
Já o primeiro desafio do Flamengo pós-Copa América será pela Copa do Brasil, contra o Athletico Paranaense, no dia 10 de julho (quarta-feira), na Arena da Baixada, em Curitiba-PR. Pelo Brasileiro, o Rubro-Negro vai ter o Goiás pela frente, no dia 14 de julho (domingo), no Maracanã, no Rio de Janeiro.
Azulão fechadinho

O CSA jogou atrás da linha da bola e apostou nos contra-ataques, sobretudo pelo lado direito com Apodi
FOTO: MYKE SENA/FOTOARENA























Quando a bola rolou, o CSA surpreendeu, e logo apareceu no campo ofensivo com o lateral-direito Apodi, que arrancou pelo meio, mas esbarrou na defensiva rubro-negra. Com três atacantes rápidos, o Flamengo apostava na troca de passes, comandado pelo meia Éverton Ribeiro.

Apesar das investidas do Mengão, o Azulão marcava compactado e dava poucos espaços para os cariocas. Somente a partir dos 12 minutos os alagoanos começaram a ser incomodados. Aos 19, Celsinho cochilou na saída de bola, Éverton Ribeiro se aproveitou, roubou a redonda e serviu Vitinho. O atacante rubro-negro soltou uma bomba de perna direita e a bola passou raspando o ângulo superior esquerdo de Jordi.

Flamengo apertava bastante a saída de bola do CSA ainda no campo de defesa azulino
FOTO: ALEXANDRE VIDAL/CRF























Aos 23, novamente Éverton Ribeiro chegou assustando a meta azulina. Ele invadiu a área, tabelando com Renê pelo lado esquerdo e tentou encobrir Jordi, mas o goleiro do CSA estava atendo e espalmou. Quatro minutos depois um novo duelo entre Ribeiro e o camisa 1 marujo, e novamente o arqueiro se deu bem, espalmando a redonda depois de um balaço do meia flamenguista. 

O CSA chegava pouco e sempre esbarrava na marcação carioca. Porém, aos 31 minutos, veio a polêmica da partida: Apodi finalizou e a bola bateu no braço de William Arão, dentro da área. O árbitro acionou o VAR e depois de cinco minutos decidiu por não marcar a penalidade a favor do Azulão.

Atacante Gabigol era uma das armas do Flamengo para quebrar a forte marcação azulina
FOTO: MYKE SENA/FOTOARENA























Movimentado, a partida ainda teve mais emoção antes do intervalo. Aos 42 minutos, Gabigol puxou contra-ataque para o Flamengo, serviu Bruno Henrique, que driblou Jordi, mas finalizou fraquinho, dando chances para Celsinho cortar em cima da linha. 

Na sequência, veio a primeira finalização certa do CSA na partida. Didira apareceu na entrada da área, soltou uma bomba de canhota e César encaixou no centro do gol.

Jordi aparece, mas não evita derrota

O segundo tempo começou igual ao finzinho do primeiro com o Flamengo rondando a área do CSA e definindo as jogadas, principalmente pelo corredor direito do campo. Muito ofensivo, o Mengão formava uma trinca com o lateral Rodinei, o meia Éverton Ribeiro e o atacante Vitinho.

Jordi teve grande atuação contra o Flamengo, mas não evitou a derrota do Azulão em Brasília
FOTO: MYKE SENA/FOTOARENA























Não demorou muito e Jordi logo começou a ser exigido. Aos 10, ele viu a bola passar à direita do gol, quando Vitinho finalizou rasteiro, após receber passe de Rodinei. 

Três minutos depois, novamente a dupla Rodinei e Vitinho deram trabalho. O lateral-direito avançou pelo corredor central, encontrou o atacante, dentro da área, e ele bateu firme, obrigando Jordi a espalmar bonito, salvando o Azulão. 

Argentino Jonatán Gomez arrisca chute da entrada da área
FOTO: MATHEUS PIMENTA/ASCOM CSA






















O CSA respondeu aos 15 e por pouco não abriu o marcador. Apodi puxou contra-ataque pelo meio, Jonatan Gómez deslocou-se para esquerda e recebeu ótimo passe. Ele encarou a marcação de Thuler e bateu chapado, mas César mergulhou no canto direito e defendeu.

Mas, apesar da grande atuação do goleiro azulino, nada pôde evitar o gol do Flamengo. Éverton Ribeiro recebeu na ponta direita, levantou a cabeça e cruzou com perfeição na cabeça de Vitinho, que testou para o fundo das redes, aos 20 minutos: Mengão 1x0.

Vitinho comemora com os companheiros o primeiro gol do Flamengo, nesta quarta-feira
FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO























Marcelo Cabo trocou Apodi por Maranhão, mas foi o Fla que ampliou o marcador, aos 31 minutos com Gabigol. Bem posicionado na pequena área, o camisa 9 rubro-negro aproveitou o rebote de Jordi, depois do chute de William Arão, e só teve o trabalho de cabecear para o gol, aumentando a vantagem no placar: Flamengo 2x0.

Gabigol marcou o segundo gol rubro-negro no Mané Garrincha
FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO























Cabo ainda colocou o centroavante Patrick Fabiano no lugar do volante Nilton e o atacante Gersinho na vaga de Victor Paraíba. Em campo, o CSA seguiu com menos volume de jogo e não chegou mais à defensiva carioca. Final de jogo no Mané Garrincha: CSA 0x2 Flamengo.

CSA: Jordi; Celsinho, Gerson, Leandro Souza e Carlinhos; Nilton (Patrick Fabiano), Jonatan Gómez, Didira, Apodi (Maranhão) e Victor Paraíba (Gersinho); Cassiano.

Técnico: Marcelo Cabo
Flamengo: César; Rodinei (João Lucas), Thuler, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, William Arão e Éverton Ribeiro; Bruno Henrique (Lincoln), Vitinho e Gabigol (Berrío).
Técnico: Marcelo Salles
NM com Isaac Simões

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Desfalcado, CSA encara time misto do Flamengo em Brasília pelo Brasileirão

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Depois da derrota de virada na rodada passada, o CSA encara mais um grande desafio no Campeonato Brasileiro: o Flamengo, nesta quarta-feira (12), às 21h30, no Mané Garrincha, em Brasília. Pontuar longe de Maceió é a missão do clube marujo, que figura nesta 9ª rodada, na vice-lanterna da Série A, com seis pontos. O Flamengo, porém, está na 5ª colocação, com 14, e sonha em retornar ao G4 caso vença o Azulão. A Gazetawebtransmite a partida em tempo real.
No papel, o CSA é mandante da partida, mas, com a venda do mando de campo para empresários, o jogo contra o Rubro-Negro será disputado no Distrito Federal. Deste modo, não é segredo que a maioria das arquibancadas estará vestindo vermelho e preto. O confronto é o último antes da parada para a Copa América e só deverá retornar em em julho.
Com mando de campo do CSA, partida contra o Flamengo será no Mané Garrincha, em Brasília
FOTO: DIVUGALÇÃO GREENLEAF























Historicamente, CSA e Flamengo se enfrentaram somente uma vez. A partida aconteceu no Maracanã pela primeira fase do Campeonato Brasileiro de 1975. Comandado pelo técnico Laerte Dória, o Azulão, que tinha o meia Nei Conceição e o atacante Ferretti, acabou derrotado pelo Mengão por 3x1, gols de Doval e Luisinho (duas vezes), enquanto Ricardo descontou para os azulinos.
CSA DESFALCADO
O CSA desembarcou em Brasília na última segunda-feira (10) com três desfalques. Suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Luciano Castán e o volante Naldo não enfrentam o Mengão, logo mais. Além deles, o meia Matheus Sávio também não poderá entrar em campo, já que pertence ao clube carioca e uma cláusula no contrato impede que o jogador atue contra o Fla.
Zagueiro Luciano Castán está suspenso e não jogará contra o Flamengo; Leandro Silva deve ocupar a vaga ao lado de Gerson
FOTO: AILTON CRUZ
























Para ajustar estes detalhes e amarrar bem o time que vai entrar de primeira, o técnico Marcelo Cabo comandou um treino técnico/tático na tarde desta terça-feira (11), no palco do jogo contra o Fla. 
A tendência é que o zagueiro Leandro Souza entre na defensiva azulina, mas Lucas Dias também busca uma chance. No meio-campo, Cabo pode optar por Nilton ou Dawhan na vaga de Naldo, e colocar Madson na criação ao lado de Didira.
Elenco marujo treinou e reconheceu o gramado do Mané Garrincha na tarde desta terça-feira (11)
FOTO: MATHEUS PIMENTA/ASCOM CSA























Outra possibilidade seria adiantar o argentino Jonatan Gómez para atuar na vaga de Matheus Sávio na armação, deixando Nilton e Dawhan juntos na contenção do meio-campo.
Uma provável escalação do CSA é com Jordi; Apodi, Gerson, Leandro Souza (Lucas Dias) e Carlinhos; Dawhan, Nilton (Madson), Jonatan Gómez, Didira e Maranhão; Cassiano.
FLAMENGO MISTO
Ainda sob o comando do técnico interino Marcelo Salles, o Flamengo deverá ir a campo com um time alternativo
FOTO: ALEXANDRE VIDAL/CRF























O Rubro-Negro carioca está com problemas para enfrentar o CSA nesta quarta. Isso porque, além de não poder contar com Cuéllar, Arrascaeta e Trauco - que seguem com suas seleções para a disputa da Copa América -, o lateral direito Pará está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.
Mas, os desfalques não param por aí. O Departamento Médico (DM) do Mengão impede a presença de mais três atletas contra o CSA. São eles: o goleiro Diego Alves (edema na coxa esquerda), o meia Diego Ribas (edema na panturrilha direita) e o zagueiro Léo Duarte (dores no tornozelo direito).
Sem Diego Alves no Gol do Mengão, goleiro César será titular contra o CSA
FOTO: ALEXANDRE VIDAL/CRF























Ainda sem o português Jorge Jesus no comando técnico do Flamengo - que só deve comandar o time após a Copa América -, o interino Marcelo Salles fez seu último treino na tarde desta terça-feira no Ninho do Urubo, no Rio de Janeiro, para organizar o "mistão do Fla" e só desembarcou em Brasília durante a noite.
Deste modo, uma provável escalação flamenguista nesta noite tem César; Rodinei, Thuler, Rodrigo Caio e Renê; Piris da Motta, William Arão e Everton Ribeiro; Bruno Henrique, Vitinho e Gabigol.
ARBITRAGEM
Árbitro Douglas Marques das Flores (CBF-SP) comanda a partida em Brasília
FOTO: GAZETA ESPORTIVA























O paulista Douglas Marques das Flores (CBF) comanda a partida no Mané Garrincha. Ele será auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (CBF) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (CBF), ambos também de São Paulo.
O responsável pela arbitragem de vídeo será Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF/SP), enquanto Rodrigo Batista Raposo (CBF/DF) e Herman Brumel Vani (CBF/SP) vão trabalhar como assistentes do VAR.
NM com Mauricio Manoel e Isaac Simões

+ VISTAS