Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 23 de março de 2017

CRB não sai do zero contra o Itabaiana e dá adeus à Copa do Nordeste

foto: Ailton Cruz
O CRB insistiu até o último minuto. Dominou as ações diante de um Itabaiana que seguiu firme no único propósito de se fechar e sair em alguns poucos contragolpes. E a estratégia acabou dando certo, com o Tremendão voltando a surpreender e fazendo apenas o bastante para sair do Rei Pelé, na noite desta quarta-feira (22), classificado para as quartas de final da Copa do Nordeste.
É que o time sergipano foi a 11 pontos, dois a mais que o Galo, que não figurou entre os três melhores segundos colocados. Com isso, apenas o Itabaiana avançou na chave D - que ainda teve ABC e CSA já eliminados antes mesmo da 6ª e última rodada da chave de grupos.
O que faltou ao CRB no Nordestão? Aquilo que mais imposta no futebol: o gol. Foram apenas quatro, o que fez do Galo o dono do segundo pior ataque da competição - ao lado de Sampaio Corrêa e Juazeirense -, ao passo em que sua defesa foi a terceira menos vazada, ao lado do Náutico, com três gols.
E já são três jogos - sendo um pelo Estadual - sem marcar um gol sequer. Agora, o Galo já começa a voltar suas atenções para mais um clássico, desta vez com mando de campo, contra o CSA, em duelo marcado para o próximo domingo, e novamente no Trapichão de portões fechados. Ambas as equipes já estão classificadas, com o CRB, inclusive, inalcançável no topo da tabela de seu grupo.
foto> Ailton Cruz
O jogo
Quando a bola rolou, o CRB partiu para cima. Empurrado por seu torcedor, que compareceu em grande número, o Galo criou boa chance aos 15 minutos, quando Mailson foi lançado em velocidade pela esquerda e fez o cruzamento fechadinho, mas Janilson se antecipou para fazer o corte providencial, antes da chegada do lateral Marcos Martins.
O Itabaiana só respondeu aos 25, em cabeceio para fora do volante Zaquel. Já aos 34, o CRB voltou a chegar com perigo, desta vez com Marcos Martins, o nome do Galo no jogo. Ele dominou pela direita e cruzou no segundo pau. O atacante Elias cabeceou de raspão e a bola passou à direita do goleiro Genivaldo - destaque da partida pelo time sergipano.
Porém, a melhor chance dos donos da casa veio aos 47, quando Martins foi mais uma vez acionado e deu voltando para Mailson, que chutou de primeira. Rasteira, a bola passou tirando tinta do poste direito do goleiro, com o atacante sem acreditar no que via.
O time de Léo Condé manteve o ritmo no segundo tempo, encurralando o Tremendão em seu campo de defesa. Mas o Galo também lutava contra o tempo. Para piorar, o árbitro baiano Jailson Macedo Freitas errou feio ao não expulsar o lateral Janilson, que já tinha o amarelo e cometeu falta dura em cima de Martins, logo aos cinco minutos.
Outro inimigo do Galo era a ansiedade, que levou o treinador a processar sua primeira substituição aos 15 minutos, trocando Jocinei pelo também meio-campista Yuri. O CRB ganhou nova dinâmica, mas seguiu sem acertar o último passe.
NM com Gazetaweb

Cheio de reservas, ABC se despede do Nordestão com vitória sobre o CSA

O ABC aproveitou o jogo desta quarta para fazer observações. Geninho mandou a campo uma equipe diferente, alternativa, e se deu bem no Frasqueirão. De titular mesmo, só o volante Felipe Guedes. O Alvinegro bateu o CSA por 2 a 1, em Natal, e encerrou a participação na Copa do Nordeste com a terceira colocação do Grupo D. Fez sete pontos e também ultrapassou a equipe alagoana, que ficou na lanterna, com seis. Túlio Renan e Marques fizeram os gols do ABC, com Jacó descontando. 
Os dois times agora se dedicam aos campeonatos estaduais. Sábado, o ABC coloca a força máxima em campo no jogo contra o Santa Cruz-RN, às 19h30, na Arena das Dunas, em Natal. Domingo, o CSA disputa o clássico contra o CRB, às 16h, no Rei Pelé, em Maceió.
Pouco criativo

O jogo não valia nada para a classificação, e os times poderiam até ter arriscado mais na primeira etapa. Não foi assim nos minutos inicias. Pouca criatividade.  O sono acabou aos 18, quando o ABC chegou, enfim, numa cabeçada de Thiago Sala. Passou perto. Na sequência, Everton Heleno respondeu com um chute cruzado. 

Inspirado, Everton organizou outra boa trama ofensiva do CSA e bateu com veneno, aos 27 minutos. O goleiro do ABC pegou em dois tempos. Ficou lá e cá. Jacó obrigou Beliato a fazer bela intervenção, mas o time potiguar também criou na sequência, num chute de Jardel.
ABC x CSA, no Estádio Frasqueirão - Copa do Nordeste (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)ABC x CSA, no Estádio Frasqueirão - Copa do Nordeste (Foto: Andrei Torres/ABC FC/Divulgação)

Gols no segundo tempo

O segundo tempo clareou o cenário para o ABC. Jacó não aproveitou uma falha de Tonhão, e, na resposta, o time potiguar abriu o placar, aos sete minutos. Caio Mancha fez boa jogada individual e serviu a Túlio Renan, que bateu na saída do goleiro do CSA. Teve outra chance. Dalberto finalizou, Mota se atrapalhou e Caio cabeceou. O goleiro do time alagoano se recuperou e espalmou para escanteio.

O ABC marcou o segundo aos 28 minutos. Túlio foi à linha de fundo e tocou para trás. Marques emendou e venceu o goleiro Mota. Aos 38, Thales cabeceou na área do ABC, Beliato deu rebote e Jacó descontou.

quarta-feira, 22 de março de 2017

ASA mira liderança do grupo B para garantir vantagem no hexagonal

É bem verdade que o ASA foi a primeira equipe a garantir vaga na fase hexagonal do Campeonato Alagoano. A equipe alvinegra se classificou de forma tranquila, faltando três rodadas para o término da primeira fase. Mas o discurso em Arapiraca não passa, nem perto, pelo da acomodação.
Apesar da boa campanha, o time ainda é o vice-líder na classificação geral. E pensando em assumir a ponta da tabela para ter a vantagem de jogar mais jogos dentro de casa na próxima fase, o time do técnico Maurílio Silva segue focado em conseguir a vitória diante do Coruripe, no próximo domingo (26), em Coruripe.
Ceará foi titular em apenas um confronto do ASA no Alagoano
FOTO: VALDEIR GOIS/ASCOM ASA
Em entrevista à Rádio Gazeta, o lateral Ceará falou sobre a importância da partida, destacando a necessidade de o ASA se classificar como a melhor equipe.

"É importante se classificar em primeiro porque, na fase seguinte, teremos o direito de jogar três partidas em casa. É um fator muito importante jogar em nosso campo, diante de nossa torcida", disse o atleta.
A preocupação em mandar a maior parte dos jogos em Arapiraca pode ser explicada pelo que vem acontecendo na competição. É que o Fantasma está invicto no Estádio Coaracy da Mata Fonseca no ano de 2017 - com apenas um empate, pela Copa do Brasil, o Fantasma venceu os cinco jogos disputados pelo Campeonato Alagoano diante da torcida alvinegra, sofrendo apenas um gol, na vitória sobre o CEO por 3 a 1.
Nesta tarde, a equipe comandada por Maurílio Silva voltou a participar de atividade no Coaracy Fonseca, com o treinador podendo optar por uma formação alternativa para o confronto em Coruripe.
Isso porque o ASA terá partida decisiva contra o Paraná, pela Copa do Brasil, no próximo dia 5 de abril. O primeiro duelo, em Arapiraca, terminou empatado em 0 a 0. Agora, o Alvinegro pode avançar para a quarta fase da competição com um novo empate, desde que marque ao menos um gol em Curitiba. Vitória simples também dá a classificação ao Gigante, enquanto outro empate sem gols leva a decisão para os pênaltis.

CSE apresenta zagueiro Danilo para a disputa do Alagoano

O CSE já conta com mais um reforço para a sequência do Estadual. Trata-se do zagueiro Danilo Quipapá, que estava no Serra Talhada-PE. Ele foi apresentado nessa segunda-feira pela diretoria do clube. O jogador chega em um momento importante para o time de Palmeira dos Índios, que busca a classificação para o hexagonal do Campeonato Alagoano. 
Formado nas categorias de base do Náutico, o jogador de 23 anos acumula passagens por Belo Jardim-PE, Penapolense-SP, Vera Cruz-PE e América-PE.
O último jogo do atleta foi no dia 08, quando o Serra Talhada enfrentou o América-PE. Danilo ainda não está regularizado para o jogo do Tricolor nesta quarta-feira (22), diante do Murici, no Estádio Juca Sampaio.
Ficha Técnica:
Nome: Danilo Augusto Chapoval de Azevedo - "Danilo Quipapá"
Altura: 1,92cm
Idade: 23 Anos
Clubes: Náutico-PE, Belo Jardim-PE, Penapolense-SP, Vera Cruz e América-PE.
NM com Palmeira Notícias

CRB recebe o Itabaiana precisando vencer para garantir classificação

O CRB tem a primeira decisão do ano na noite desta quarta-feira, quando volta a campo para grande desafio contra o Itabaiana, a partir das 21h45, no Estádio Rei Pelé, palco do confronto contra o Itabaiana e com promessa de grande público. Para avançar às quartas de final da Copa do Nordeste, só a vitória interessa diante dos sergipanos. 

O Galo é vice-líder no grupo D, com 8 pontos, dois a menos que o rival desta noite, que é o líder da chave. Apesar de estar em segundo, o time alvirrubro só depende dele para avançar à fase seguinte, pois, vencendo, irá a 11 pontos, tomando a ponta da tabela.

Para o confronto de logo mais, o técnico Léo Condé terá todos os atletas à disposição. E quem deve voltar à equipe após ser poupado na partida do último domingo, pelo Alagoano, é o zagueiro Gabriel - que, no início da semana, opinou sobre como o time deve se portar dentro de campo. 
"Estamos preparados para qualquer tipo de situação de jogo. Dentro de casa, temos que nos comportar como equipe grande que somos, impondo um ritmo forte, visando à vitória, que é o único resultado que nos interessa", afirmou o defensor.
O Galo terá pela frente um Itabaiana que vem de três vitórias consecutivas na competição regional, inclusive contra o CSA, no mesmo Rei Pelé. Por outro lado, o retrospecto das equipes sergipanas não é dos melhores desde que a Copa do Nordeste voltou a ser realizada - isso porque um representante do estado vizinho não consegue passar para as quartas de final desde 2010.
Para o jogo, Condé deve levar a campo o que tem de melhor, com Juliano; Marcos Martins, Gabriel, Boaventura e Diego; Adriano (Jocinei), Yuri, Sérgio Mota (Chico) e Danilo Pires; Mailson e Elias (Neto Baiano).
A partida será comandada por um trio de arbitragem baiano. Jaílson Macedo Freitas (CBF) será o homem do apito. Ele terá como assistentes Alessandro Rocha de Matos (FIFA) e Elicarlos Franco de Oliveira (CBF).
Cumprindo tabela
Time do Mutange se despede do Nordestão contra o ABC
FOTO: ALISSON FRAZÃO/ASCOM CSA
Já as outras duas equipes do grupo, CSA e ABC, chegam à última rodada da fase de classificação eliminados. Por isso, ambos apenas cumprem tabela em Natal, onde, a partir das 19h, vão decidir quem vai se despedir em melhor posição na tabela.
E a apesar de o confronto não valer classificação, o técnico azulino Oliveira Canindé não deve poupar ninguém - a exceção fica por conta do atacante Luís Soares, suspenso. Com isso, a provável escalação do time marujo para o duelo no Frasqueirão tem Mota; Celsinho, Leandro Souza (Thales), Douglas e Rayro; Dawhan, Marcos Antônio, Everton Heleno e Daniel Costa; Thiago Potiguar e Jacó.
O piauiense Antônio Santos Nunes vai apitar o jogo em solo potiguar. Ele será auxiliado por Francisco Nurisman Machado e Rogério de Oliveira Braga, ambos também do Piauí.

+ VISTAS

PARCEIROS NA MIRA