Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Contra Paysandu, CRB deve seguir com Rafael Carioca na lateral-esquerda


O CRB realizou seu último treino, nesta sexta-feira (22), com o time definido para enfrentar o Paysandu, às 21h deste sábado, no Estádio Rei Pelé, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. E uma das "surpresas" deve ser Rafael Carioca, que agradou em sua estreia com a camisa alvirrubra e, com isso, pode ser mantido na lateral esquerda, com Diego figurando entre os suplentes.
Em 17º lugar na tábua de classificação, o objetivo do Galo é voltar a vencer em casa, pois, já nesta terça-feira, o time regatiano volta a campo para enfrentar o Goiás, desta vez longe de seu torcedor.
Sem nenhum desfalque para o duelo frente ao Papão, o CRB deve entrar em campo com João Carlos, Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca; Claudinei, Lucas Siqueira, Leílson e Diego Rosa; Neto Baiano e Mazola.
E os ingressos para esta partida seguem à disposição do torcedor nos seguintes pontos de venda: loja Poly Sport (Centro, Maceió Shopping e Shopping Pátio), Arena das Torcidas (antiga Avenida Amélia Rosa/Jatiúca, Serraria e Shopping Farol), Estande do Galo (Maceió Shopping), Bar do Carlão (Trapiche) e Kiosk Sports (Avenida Deputado José Lages/Ponta Verde).
O bilhete, ainda no valor promocional, para as arquibancadas altas custa apenas R$ 20,00. Já o acesso às cadeiras sai por R$ 40, também com direito à meia-entrada. desta vez, a arquibancada baixa não será aberta.
O CRB está na 17ª posição, com 11 pontos, enquanto o Paysandu é o nono colocado, com 16.
À frente na semifinal do Sub-17
E o CRB saiu à frente na semifinal do Campeonato Alagoano Sub-17. Com um gol de Artur, o CRB derrotou o Dimensão Saúde por 1x0 e está a um empate de chegar a mais uma final da competição.
A partida foi disputada no CT Presidente Marcos Barbosa e teve um CRB buscando o gol desde os primeiros minutos. Bem postado na defesa, o Dimensão Saúde levou o empate até os minutos finais, mas a pressão regatiana acabou surtindo efeito e o Galo saiu em vantagem no confronto.
A segunda e decisiva partida será disputada no dia 24 deste mês (domingo), às 15h, no Estádio Manoel Moreira, em Capela. Basta um empate para o Galo chegar a mais uma final e brigar pelo bicampeonato da competição.
NM com Francisco Cardoso

CSA inicia preparação para confronto direto contra o Coritiba

A folga terminou. Após enfrentar a Ponte Preta em Campinas (SP) e ganhar dois dias de descanso, o elenco do CSA retornou aos treinamentos, na tarde desta sexta-feira, visando à partida contra o Coritiba, marcada para o dia 29, no Estádio Rei Pelé, e válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Será, inclusive, um confronto direto pela manutenção na parte de cima da tabela.
A volta aos trabalhos também será marcada pela avaliação de quatro jogadores: Leandro Souza, Rafinha, Muriel e Velicka. 
Leandro foi substituído no intervalo da partida contra a Ponte Preta, em razão de dores nas costas. Se for mantido na equipe, fará mais uma vez dupla de zaga com Xandão, que está de volta após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo recebido diante do Paysandu.
Já o lateral Rafinha ficou ausente nas duas últimas partidas devido a um incômodo no joelho direito. Quanto ao lateral Muriel e ao meia Velicka, ambos vêm de um período maior de tratamento, mas já passam pela fase de transição e podem ser relacionados para o confronto no Trapichão.
Em compensação, o treinador Marcelo Cabo não teve nenhuma baixa na última partida, em Campinas. Além disso, caso Rafinha se recupere, Cabo terá força máxima no duelo frente ao Coxa.
O CSA é terceiro colocado na Série B, com 21 pontos, mas pode perder uma posição neste sábado, no complemento da rodada, quando Coritiba (5º colocado, com 18 pontos) e Figueirense (4º, com 20) entram em campo às 18h30, no Couto Pereira.
Abre vantagem no Sub-17
No primeiro jogo das semifinais do Campeonato Alagoano Sub-17, jogando no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios, o CSA aplicou 4x2 no CSE, nessa quinta-feira. O Azulão segue invicto na competição e garante vaga na final até com o empate na próxima partida, que ocorre às 15h deste domingo (24), no CT Gustavo Paiva.
NM com Francisco Cardoso

CENTRAL DA COPA: No sufoco! Coutinho e Neymar marcam no fim e Brasil vence a Costa Rica


Rússia - Foi sofrido, foi dramático, com direito a pênalti anulado pelo árbitro de vídeo, mas com dois gols nos acréscimos, de Philippe Coutinho e Neymar, o Brasil venceu a Costa Rica por 2 a 0, no Estádio de São Petersburgo e respira mais aliviado no Grupo E da Copa do Mundo, com quatro pontos. Após uma péssima atuação no primeiro tempo contra uma forte retranca, a Seleção melhorou bastante com a entrada de Douglas Costa na segunda etapa, criou inúmeras chances, parou no goleiro Navas, na má pontaria e, mesmo assim, poderia ter sido menos sofrido se a arbitragem não tivesse anulado uma falta no camisa 10 pela TV.


Neymar, inclusive, foi um caso à parte nesta partida. Com dores no tornozelo direito, desde o início mostrou mobilidade muito inferior ao normal. Apresentou-se para o jogo e foi mal boa parte dos lances. Uma dura entrada sofrida no outro tornozelo piorou ainda mais. O camisa 10 tinha muitas dificuldades para sair da marcação. Mesmo assim, criou algumas chances, errando nas finalizações. Tornou-se personagem do jogo ao sofrer um pênalti aos 32 minutos, após boa arrancada de Douglas Costa.
Neymar já estava pronto para bater quando o árbitro de vídeo entrou em ação após toda a polêmica na partida contra a Suíça. E novamente a tecnologia jogou contra a Seleção. Ao rever o lance pela TV, o árbitro holandês Bjorn Kuipers considerou que o camisa 10, que exagerou ao abrir os braços ao ser tocado pelo costarriquenho quando dava o drible, cavou o pênalti.
Irritação geral, principalmente de Neymar, que recebeu cartão amarelo por reclamação e ficou nervoso. Chegou até a discutir e xingar um adversário. Apesar de tudo, acabou que o camisa 10 brasileiro saiu chorando de campo, mas de felicidade. Só que antes, foi muito sofrimento.
Pressionada pelo empate na estreia, a Seleção começou num ritmo muito lento. Com exceção de um chute de Coutinho, para fora, os primeiros 20 minutos foram tudo o que a Costa Rica queria. Com uma linha de cinco jogadores na defesa e mais quatro de apoio, os costarriquenhos se fecharam na entrada da área em busca do contra-ataque, criando a melhor chance do primeiro tempo. Após boa jogada na linha de fundo de Venegas, Borges apareceu sozinho para chutar, mas pegou mal na bola.
Sem criatividade para furar a forte marcação, o Brasil só começou a acelerar o ritmo de jogo após 20 minutos e, então, passou a dominar as ações, sem conseguir entrar na área adversária. Praticamente todos os chutes foram de longe e sem perigo. Tanto que a primeira finalização no gol de Navas foi aos 40, com Marcelo, sem trabalho para o goleiro. Gabriel Jesus chegou a marcar, aos 25, mas estava impedido. Neymar desperdiçou a melhor chance brasileira, ao ser lançado dentro da área e errar no domínio, o que facilitou a saída de Navas.
Também pesou para o Brasil a má atuação de quase todos os jogadores ofensivos, ainda abusando de jogadas pela esquerda. Willian seguiu muito isolado pela direita e errou bastante (Fagner, que substituiu o machucado Danilo até apareceu, mas produziu pouco).
Para dar mais agressividade ao ataque, Tite sacou Willian e colocou Douglas Costa. A mudança fez efeito imediato e o Brasil começou o segunto tempo de maneira bem diferente. Em apenas quatro minutos Gabriel Jesus cabeceou no travessão e, no rebote, Paulinho fez boa jogada e Coutinho só não marcou porque a bola bateu no zagueiro. A partir daí Navas passou a aparecer. Primeiro em grande defesa no chute de Neymar, depois em finalizações de Coutinho e duas de Casemiro.
O Brasil jogava muito melhor e conseguia trocar passes e encontrar espaços. E, principalmente, não jogou apenas pela esquerda. Com Douglas Costa bem, o lado direito brasileiro cresceu. A Costa Rica só pensava em se defender e não deu um chute. O único susto que a Seleção teve foi numa bola cruzada que os jogadores costarriquenhos não conseguiram finalizar.
Com o passar do tempo, a partida ganhou contornos dramáticos, ainda mais com o pênalti anulado. Satisfeita com o empate sem gols, a Costa Rica passou a fazer cera, com jogadores caindo a todo instante para deixar o tempo passar. No desespero, o Brasil foi pressionando, errando nas finalizações, e somente aos 46 minutos abriu o placar: Firmino, que entrou no lugar de Paulinho, escorou de cabeça, Gabriel Jesus não dominou e Coutinho apareceu para chutar de bico. Na comemoração, Tite chegou a cair enquanto corria.
Gol do alívio, que deixou o Brasil mais leve e ainda deu tempo de Douglas Costa receber na área e cruzar para Neymar chutar de primeira e fazer o segundo gol, que confirmou a vitória, a primeira na Copa da Rússia, aos 52.
O Brasil volta a jogar na próxima quarta-feira contra a Sérvia. A partida acontece às 15 horas. Mesmo dia e hora de Suíçax Costa Rica.

FICHA TÉCNICA
Local: Estádio de São Petersburgo (Rússia)
BRASIL: Alisson, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho (Firmino), Willian (Douglas Costa), Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus (Fernandinho). Técnico: Tite
COSTA RICA: Navas, Gamboa (Calvo), Óscar Duarte, Giancarlo González, Acosta e Oviedo; Celso Borges, Guzmán (Tejeda), Bryan Ruíz e Venegas; Ureña (Bolaños). Técnico: Óscar Ramírez
Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda)
Cartões amarelos: Neymar e Coutinho (Brasil); Acosta (Costa Rica)
Público: 64.468 torcedores
Gols: Philippe Coutinho, aos 46, e Neymar, aos 51 minutos do segundo tempo
NM com O Dia 

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Trio alagoano comanda partida pela semifinal da Copa do Nordeste 2018

Um trio de arbitragem alagoano irá comandar a partida entre Bahia e Ceará, válida pelo 2º jogo das semifinais da Copa do Nordeste 2018. 
Denis da Silva Ribeiro Serafim será o árbitro central do duelo marcado para a próxima terça-feira (26), às 21h45, na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA.
Ele será auxiliado por Pedro Jorge Santos de Araújo e Rondinelle dos Santos Tavares. Já o quarto árbitro será Diego Pombo Lopez, do estado da Bahia.
O vencedor deste confronto vai encarar Sampaio Corrêa-MA ou ABC-RN na decisão do título do torneio regional. 
NM com Isaac Simões 

Neymar extravasa após gol e vitória do Brasil: 'Falar até papagaio fala, agora fazer...'

Rússia - Principal jogador da seleção brasileira, Neymar utilizou suas redes sociais para extravasar após deixar a sua marca na vitória do Brasil por 2 a 0 sobre a Costa Rica. Bastante criticado pelo excesso de quedas nas últimas partidas, o brasileiro desabafou e exaltou a atuação dos seus companheiros.
"Nem todos sabem o que passei pra chegar até aqui, falar até papagaio fala, agora fazer ... poucos fazem!! O choro é de alegria, de superação, de garra e vontade de vencer.  Na minha vida as coisas nunca foram fáceis, não seria agora né !!! O sonho continua, sonho não ... OBJETIVO ! Parabéns pela partida rapaziada, vocês são F...", escreveu o craque.

Com o resultado, a seleção brasileira chegou aos quatro pontos no Grupo E. O Brasil volta a jogar na próxima quarta-feira contra a Sérvia na última partida da primeira fase da Copa do Mundo.
NM com O Dia


+ VISTAS