Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Marta pode vencer prêmio de melhor do mundo pela 6ª vez nesta segunda

FOTO: ELSA / GETTY IMAGES
A edição de 2018 do Fifa The Best já é especial. Ou veremos Cristiano Ronaldo ser eleito o melhor jogador do mundo pela sexta vez e se isolar de Lionel Messi, algo que até alguns anos atrás parecia improvável, ou seremos testemunhas do fim do domínio dessa dupla, que se alternou no topo de forma incrível nos últimos 10 anos. Com o craque argentino fora da final, o português desta vez trava uma disputa acirrada com o croata Luka Modric, e o egípcio Mohamed Salah corre por fora. Do lado feminino, a alagoana Marta é a grande representante do Brasil na disputa do prêmio de melhor do mundo. Ela pode levar o título pela 6ª vez. 
O vencedor será conhecido nesta segunda-feira, na cerimônia marcada para começar às 15h30 (horário de Brasília) no Royal Festival Hall, em Londres. 
Há um bom tempo não se via uma disputa tão equilibrada - ou CR7 ou Messi era apontado como grande favorito -, e sem necessariamente ser focada em números. Por isso, Modric chegou com força logo em sua estreia entre os finalistas. Com cinco gols na temporada (Real Madrid e Croácia), o meio-campista está longe dos 54 de Cristiano (Real Madrid e Portugal) e dos 50 de Salah (Liverpool e Egito). Tampouco ganha nas assistências - tem 11, contra as mesmas 11 de CR7 e 16 do egípcio. Mas foi reconhecido por sua grande contribuição ao Real no tricampeonato da Liga dos Campeões e à seleção da Croácia na histórica campanha do vice da Copa do Mundo. O camisa 10 se destacou na construção de jogadas, na distribuição dos passes, na marcação e na liderança.
Pouco menos de um mês atrás, Modric conseguiu desbancar Cristiano Ronaldo e Salah para levar o prêmio de melhor jogador da Europa, dado pela Uefa. Foi uma prova dessa força do croata. Ele também foi eleito o melhor jogador da Copa da Rússia e do último Mundial de Clubes, ambos organizadas pela Fifa - que promove o The Best.
Mas vale lembrar que isso nada significa, pois o papel da entidade máxima do futebol na eleição é selecionar, por meio de um grupo de grandes nomes do esporte, como Ronaldo e Kaká nesta edição, os 10 finalistas de cada categoria do prêmio - formato estreado em 2018. A partir daí, a votação foi feita pelos técnicos de seleções, capitães de seleções, um jornalista de cada um dos países membros da Fifa e torcedores cadastrados no site da entidade. Cada um desses grupos tem 25% de peso na conta final.
Marta pode vencer pela 6ª vez
O Brasil também está na torcida pela disputa de melhor do mundo! Quem pode ser premiada em Londres é a alagoana Marta, que voltou a figurar entre as três finalistas. Eleita a melhor do mundo cinco vezes entre 2006 e 2010 e indicada em 14 oportunidades, a craque do Orlando Pride concorre com duas jogadoras do Lyon: a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzsenifer Maroszan. Ela e Cristiano Ronaldo podem ser o primeiro ou a primeira - ou os primeiros, por que não? - a levantar o troféu seis vezes.
Veja a seguir todos os concorrentes ao Fifa The Best 2018:
Melhor jogador:
  • Cristiano Ronaldo (Real Madrid, atualmente na Juventus / Portugal)
  • Luka Modric (Real Madrid / Croácia)
  • Mohamed Salah (Liverpool / Egito)
Melhor jogadora:
  • Ada Hegerberg (Lyon / Noruega)
  • Dzsenifer Marozsán (Lyon / Alemanha)
  • Marta (Orlando Pride / Brasil)
Melhor goleiro:
  • Hugo Lloris (Tottenham Hotspur / França)
  • Kasper Schmeichel (Leicester City / Dinamarca)
  • Thibaut Courtois (Chelsea, atualmente no Real Madrid / Bélgica)
Melhor técnico - futebol masculino:
  • Didier Deschamps (França)
  • Zinedine Zidane (Real Madrid, atualmente sem clube)
  • Zlatko Dalic (Croácia)
Melhor técnico (a) - futebol feminino:
  • Asako Takakura (Japão)
  • Reynald Pedros (Lyon)
  • Sarina Wiegman (Holanda)
Puskás - gol mais bonito:
  • Benjamin Pavard - França x Argentina
  • Cristiano Ronaldo - Juventus x Real Madrid
  • Denis Cheryshev - Rússia x Croácia
  • Gareth Bale - Real Madrid x Liverpool
  • Giorgian De Arrascaeta - Cruzeiro x América-MG
  • Lazaros Christodoulopoulos - AEK x Olympiacos
  • Lionel Messi - Argentina x Nigéria
  • Mohamed Salah x Liverpool x Everton
  • Ricardo Quaresma - Irã x Portugal
  • Riley McGree - Newcastle Jets x Melbourne City

NM com Gazetaweb.com

sábado, 22 de setembro de 2018

CSA perde por 1x0 para o Guarani em Campinas e cai para terceiro na Série B

FOTO: LETÍCIA MARTINS/GUARANI FC



O CSA voltou a ser derrotado na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP, o Azulão encontrou muitas dificuldades diante do Guarani e perdeu por 1x0, na noite deste sábado (22). O gol da vitória do Bugre saiu dos pés de Bruno Mendes, após uma falha da defesa maruja, aos 30 minutos da etapa inicial.
Com a derrota, o CSA estacionou nos 46 pontos e caiu para terceira posição da Segundona. O novo vice-líder da competição é o Goiás, que possui a mesma pontuação que o Azulão, mas com uma vitória a mais que o clube marujo (14x13). O Guarani, por sua vez, subiu três posições e agora é o 4º colocado, com 44 pontos.
Na 29ª rodada, o CSA disputará o clássico alagoano contra o CRB, no próximo sábado (29) às 16h30, no Estádio Rei Pelé. Um dia antes, o Guarani irá à Goiânia encarar o Vila Nova, às 21h30, no Estádio Serra Dourada.
O Jogo
O Guarani começou a partida com muita pressão, tomando todas as ações do jogo e até os dez primeiros minutos, a equipe do CSA tinha uma grande desvantagem no jogo, com o time de Campinas tendo quase 75% de posse de bola. Mas com todo o volume, a única jogada de maior perigo foi uma bola cruzada pelo lado direito, que Bruno Mendes se antecipou a defesa e cabeceou assustando a defesa azulina.
Somente aos 14 minutos, o CSA conseguiu sair da pressão do Guarani. Jogada com transição em velocidade, iniciada com Daniel Costa, que tocou para Didira, o camisa 19 do CSA devolveu  a bola e Daniel Costa fez uma linda finta em Fabricio e chutou forte forçando Agenor a fazer uma defesa muito difícil.
Dois minutos depois, o CSA voltou a assustar. Didira criou jogada na entrada da área deslocando-se pelo corredor central, driblou Ricardinho e serviu Jhon Cley, ele nem dominou a bola, de primeira bateu tirando do goleiro Agenor e a bola passou muito perto do gol do Guarani. No minuto seguinte, Jefferson Nem fez um cruzamento, a bola atravessa toda extensão da área e para sorte do time azulino, ninguém consegue tocar.
Aos 26 minutos, em uma cobrança de falta, Pio soltou um canudo e Agenor fez uma defesa impressionante.
Quatro minutos depois, Kevin construiu a jogada pelo lado esquerdo, Felipe Garcia não consegue o corte e Bruno Mendes, de carrinho, empurra para as redes.
Após tomar o gol, o CSA até tentou sair para o jogo, mas já sem a mesma efetividade apresentada nos 15 minutos em que criou oportunidades. Já aos 47 minutos, Jefferson Nem construiu um belo lance e já dentro da área chutou cruzado, o goleiro Felipe Garcia fez uma grande defesa.
O CSA mudou um pouco sua forma de jogar e com mais posse de bola, passou a ter o domínio do jogo. Mas apesar de mais posse, o time azulino não conseguia efetividade.
Apesar de buscar o jogo, o CSA continuava muito previsível e com muita lentidão. Saindo para o jogo, o CSA deixava mais espaços. O Guarani criou pelo menos duas situações. 
Na primeira, o zagueiro Fabricio acertou um pancadão na cobrança de falta, Felipe Garcia deu o rebote e Matheus Oliveira chegou a mandar para o gol, mas o árbitro assistente Daniel Henrique da Silva Andrade pegou irregularidade, anulando o gol do Guarani. Três minutos depois, Matheus Oliveira criou outra chance, chutando rasteiro e a bola batendo na trave.
Aos 31 minutos, Juan e Judivan construíram uma grande jogada, Juan cruzou e Didira chegou no meio da área, sem marcação, bateu de primeira, mas a bola passou a esquerda do goleiro Agenor.
Nos minutos finais do jogo, o CSA não conseguiu impor intensidade e parou nos erros de passes e na eficiente marcação do Bugre. E ficou nisso: Guarani 1x0 CSA.
Ficha Técnica
Guarani 1  x 0 CSA
Campeonato Brasileiro ? Série B ? 28ª Rodada
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa (Campinas-SP)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (CBF-DF)
Árbitro Assistente 1: Daniel Henrique da Silva Andrade (CBF-DF)
Árbitro Assistente 2: Ciro Chaban Junqueira (CBF-DF)
4º Árbitro: Marcio Henrique de Gois
Cartões Amarelos: Celsinho, Juan (CSA) Willian Oliveira, Kevin (Guarani)
Gols: Bruno Mendes (Guarani) 30' do 1º tempo;
Equipes:
Guarani: Agenor, Kevin, Philipe Maia, Fabricio e Pará; Willian Oliveira, Ricardinho e Jefferson Nem; Rafael Longuine (Fabricio Bigode), Matheus Oliveira (Bruno Xavier) e Bruno Mendes (Caique)
Técnico: Umberto Louzer
CSA: Felipe Garcia, Celsinho, Leandro Souza, Elivelton e Rafinha(Judivan); Yuri; Pio, Jhon Cley(Juan), Daniel Costa e Didira; Rubens (Alemão)
Técnico: Marcelo Cabo

NM com Isaac Simões

CRB fica só no empate com sabor de derrota com o Coritiba, no Rei Pelé

FOTO AILTON CRUZ
O CRB não saiu do empate de 1 a 1 com o Coritiba, na noite desta sexta-feira, 21, no Estádio Rei Pelé, marcando a estreia do técnico Roberto Fernandes no comando da equipe. O jogo foi válido pela 28ª rodada da Série B. Rafael Lima abriu o placar para o Coxa e Mazola empatou para o Galo. Com o empate, o CRB não deixa o Z4: é o 18º colocado, com 30 pontos. E o Coritiba é o 11º, com 37.
Na 29ª rodada, o CRB tem pela frente o clássico com o rival CSA, no dia 29, às 16h30, também no Rei Pelé. E o Coritiba vai receber o Avaí, no Couto Pereira, às 19 horas, no mesmo dia. E por falar em CSA, com o empate entre Goiás e Ponte Preta (2x2), nesta sexta, o Azulão saiu da vice-liderança e é o 3º colocado.
Como foi o empate
O jogo começou emocionante. Logo aos 6 minutos o CRB teve uma falta em seu favor. Edson Ratinho centrou para Rafael Costa cabecear para baixo, dando trabalho para o goleiro Wilson espalmar para escanteio, pois a bola ainda bateu na trave antes de se perder pela linha de fundo. Quase o Galo abriu o placar.
Aos 15 minutos, de novo o CRB chegou. Com apenas um marcador à frente, Iago finalizou da meia-lua e a bola passou com perigo, perto do poste esquerdo do Coritiba. Aos 16 minutos, mais uma chance desperdiçada pelos regatianos. Em outra finalização de Iago, ao pegar rebote, a bola passou perto do ângulo direito do Coxa. 
O gol do Galo parecia estar maduro, o time era melhor e tentava o primeiro gol. O problema era que errava nas finalizações, faltava tranquilidade aos seus jogadores. E quem acabou abrindo o placar foi o Coxa. Aos 19 minutos, após cobrança de escanteio, Rafael Lima subiu sozinho e cabeceou para o fundo da rede: 1 a 0.
Após o gol, o Coritiba se fechou todo em campo. Mas aos 36 minutos, o Galo conseguiu uma grande jogada e quase empatou. Renan Oliveira recebeu assistência de Iago e mandou a bola na trave esquerda do Coritiba, na volta ela acabou nas mãos de Wilson.
O primeiro tempo chegava ao final e o CRB ainda tentava, mas, nervoso, não conseguiu deixar o seu golzinho na rede do Coritiba.

Renan Oliveira solta o grito de gol após também ter acertado a trave do Coritiba
FOTO: AILTON CRUZ























Na segunda etapa, ansiosos para fazerem o gol, os jogadores do CRB continuavam errando no último lance, mas ainda eram melhores que os adversários.
O time insistia, até que após jogada bonita de Renan Oliveira, ele chutou de fora da área, a bola acertou o poste esquerdo de Wilson e, no rebote, Mazola, que tinha entrado nessa etapa, só empurrou para o gol: 1 a 1, aos 13 minutos.
O Coritiba respondeu aos 17 minutos: Chiquinho chutou forte, João Carlos fez uma grande defesa e salvou o Galo. Quase o Coxa desempatou. Aos 20 minutos, foi a vez do CRB. Paulinho bateu falta com muito perigo, Wilson saltou na bola e ela passou raspando a trave esquerda do goleiro.

Chiquinho (23) finaliza, mas a bola esbarra na defesa regatiana
FOTO: AILTON CRUZ























O Galo subiu de produção após o empate, pressionava, mas o 1 a 1 acabou sendo o placar final.
CRB: João Carlos;  Edson Ratinho (Mazola), Everton Sena, Anderson Conceição e Paulinho; Claudinei, Luiz Otávio, Willians Santana (Leilson) e Renan Oliveira; Iago e Rafael Costa (Bruno Paulo). Técnico: Roberto Fernandes.
Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Rafael Lima e Alex Alves (Abner); Escobar (Vitor Carvalho), Uillian Correia, Jean Carlos e Chiquinho (Thiago Lopes); Guilherme Parede e Alecsandro. Técnico: Argel Fucks.
NM com Fernanda Medeiros

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Sem mudanças no time titular, CSA embarca para encarar o Guarani em Campinas

FOTO: AILTON CRUZ/
O CSA embarcou na tarde desta sexta-feira (21) rumo a São Paulo, onde encara o Guarani, na noite deste sábado, pela 28ª rodada da Série B do Brasileirão. Antes de seguir viagem, o técnico Marcelo Cabo comandou o último treinamento no CT Gustavo Paiva e confirmou, em entrevista coletiva, que o Azulão não terá novidades contra o Bugre.
- É o time que vem treinando, que vocês vem acompanhando. A gente trabalhou bem a equipe dentro daquilo que observamos do Guarani. Precisamos ter uma equipe bem competitiva, sabemos como eles são fortes no Brinco de Ouro, e por isso temos que estar preparados.
No primeiro turno, o time azulino acabou surpreendido e foi derrotado, em casa, pelo Guarani por 2x1. No entanto, o treinador marujo disse que "cada jogo é uma história", acreditando na vitória, em Campinas.
- Da mesma maneira que eles vieram aqui e nos venceram, nós também podemos fazer isso lá. Naquele dia não tivemos muito bem dentro do Rei Pelé, onde temos um aproveitamento muito bom. Mas, no último jogo fora de casa, conseguimos vencer uma grande equipe. Portanto, cada jogo é uma história. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe bem motivada, lutando por vaga no G4 e a gente tem que tirar proveito do nosso momento e tentar buscar os pontos que precisamos no decorrer do campeonato.
Neto Berola lesionou-se na vitória por 3x0 diante do Criciúma, pela 23ª rodada da Série B
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS























Suspenso, o zagueiro Xandão não viajou com a delegação maruja. Além dele, o atacante Neto Berola também ficou em Maceió. O ponta está praticamente recuperado de uma pancada na perna direita, realiza trabalhos de transição e poderá estar apto para jogar no clássico do próximo dia 29, contra o CRB.   
"Hoje, nós temos a possibilidade muito grande de contar com ele. Tenho conversado todos os dias com o Neto e como ele termina a transição no domingo, segunda começará os trabalhos com bola. Esse é o protocolo. Vamos ver se a gente consegue cumprir, observar se ele não tem mais nenhuma dor para que ele possa nos ajudar no clássico e nos próximos dez jogos da competição", comentou Marcelo Cabo na coletiva.
Portanto, o time que vai iniciar a partida em Campinas é Felipe Garcia; Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Pio, Didira e Daniel Costa; Jhon Cley e Rubens. 
No total, Cabo relacionou 20 atletas para encarar o Bugre. O detalhe é que o volante Jhonnatan chegou a estar na lista divulgada inicialmente pelo clube, mas, acabou novamente cortado - devido o clube não ter a certeza jurídica de que pode escalar o atleta - e substituído pelo meia paraguaio Echeverría.
Antes do corte, Marcelo Cabo havia elogiado o atleta na coletiva no Mutange. "Eu quero muito contar com o jogador. Ele vem trabalhando bastante, vem nos agradando, mas a coisa foge da minha alçada. Eu preciso ter um parecer final do nosso departamento jurídico", disse o técnico.
Confira abaixo a lista dos relacionados para encarar o Bugre:
Goleiros: Felipe Garcia e Lucas Frigeri
Zagueiros: Leandro Souza, Matheus Lopes e Elivelton
Laterais: Celsinho, Rafinha e Wellington Silva
Volantes: Yuri, Pio e Dawhan
Meias: Didira, Daniel Costa, Jhon Cley, Juan e Echeverría
Atacantes: Rubens, Alemão, Hugo Cabral e Judivan
NM com Isaac Simões

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

CRB deve ter Rafael Costa no lugar de Neto Baiano nesta sexta-feira

FOTO: ASCOM DO CRB
O treinador Roberto Fernandes já tem o time principal praticamento definido para o duelo das 20h30 desta sexta-feira, quando o CRB vai encarar o Coritiba, no Estádio Rei Pelé, pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A única mudança deve ficar por conta do atacante Neto Baiano, que terá de cumprir suspensão. E com base no treinamento desta quinta-feira (20), seu provável substituto é Rafael Costa.
A grande novidade, porém, será o próprio técnico, cujo nome já foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, razão pela qual já está em condições de substituir o antecessor Doriva à beira do gramado.
Daí, o time que vai buscar a reabilitação deve começar o confronto com João Carlos, Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Paulinho; Claudinei, Luiz Otávio, Renan Oliveira e Willians Santana; Iago e Rafael Costa. 
O Galo chega a esta partida em 18º lugar, com 29 pontos, porque caiu uma posição na última terça-feira, quando o Juventude ganhou do Atlético-GO por 1x0. Já o Coritiba é 11º, com 36 pontos. 
Já os ingressos seguem à venda na Loja Poly Sport (Centro e Maceió Shopping), Arena das Torcidas (Amélia Rosa), Estande do Galo (Maceió Shopping), Via Esportiva (antiga Via Expressa) e Kiosk Sports (Shopping Pátio).
Os valores praticados são os seguintes: R$ 30 para as arquibancadas altas e baixa, e R$ 60 para as cadeiras especiais, também com direito à meia-entrada.
Dez mil ingressos estão à venda. E vão dar segurança a este jogo 200 PMs, comandados pelo major Pantaleão.
NM com Francisco Cardoso

+ VISTAS