Image Map
Mostrando postagens com marcador CRUZEIRO DE ARAPIRACA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CRUZEIRO DE ARAPIRACA. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Cruzeiro de Arapiraca lança projeto social para crianças arapiraquenses



Após o encerramento da temporada futebolística do Cruzeiro de Arapiraca, o clube segue trabalhando fora dos gramados. Na manhã desta terça-feira (21) o Estrelado arapiraquense retornou às atividades do projeto social Cruzeiro nas Comunidades. O Jardins das Paineiras foi a primeira comunidade a receber o projeto.

O planejamento do Cruzeiro alagoano é que, até junho de 2023, Arapiraca tenha quatro polos deste projeto em regiões estratégicas da cidade, integrando crianças de 7 a 13 anos. Cada polo irá integrar inicialmente 50 crianças, podendo ser ampliado para 100, a segunda comunidade que irá receber o projeto será o Residencial Brisa do Lago.

O Projeto “Cruzeiro nas Comunidades” é um programa sócio-esportivo, que apresenta uma proposta baseada no conceito do esporte para desenvolvimento humano. Entre os principais objetivos estão: promover a inclusão esportiva de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, estimulando uma melhora significativa nas condições de aprendizado, cidadania e formação de valores; além de ser agente de transformação social, utilizando o esporte como ferramenta de inclusão e superação de desigualdades e atuar em parceria com os outros setores e entidades sociais para o cuidado integral e promoção da infância e adolescência.

Com pouco mais de três anos de história, o clube arapiraquense tem conseguido feitos relevantes dentro dos gramados. Somente nesse período, foi campeão da Série B do Alagoano em 2021, além de levar o caneca da Copa Alagoas de 2022. No ano que vem, o Urso jogará, pela primeira vez, a Série D. Será o seu primeiro torneio nacional.

NM com Guilherme Magalhães 

Foto: Ascom Cruzeiro 




Leia Mais ►

terça-feira, 3 de maio de 2022

CSA voltou a vencer o Cruzeiro e assegurou sua vaga na Copa do Brasil 2023



O CSA confirmou o seu favoritismo ao derrotar o Cruzeiro por 3 x 0, confronto jogado na noite desta segunda-feira (02), no Estádio Rei Pelé.


Como já havia vencido o duelo de ida por 2 x 1, em Arapiraca, a equipe maruja assegurou a sua participação na disputa da Copa do Brasil 2023.

Diante do desfalcado time celeste arapiraquense, o Azulão não encontrou dificuldades para impor o seu melhor futebol e definir o resultado com muita tranquilidade, já na primeira etapa.

Os tentos que carimbaram o passaporte do Azulão para o torneio nacional do próximo ano foram assinalados por Didira, Marco Túlio e Luca Barcelos.

O CSA voltará a campo às 21h desta quarta-feira (04), quando estará recebendo o Criciúma, no Rei Pelé, partida que seria jogada na primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2022.

NM com Robson Lessa
Foto: Ailton Cruz 

Leia Mais ►

segunda-feira, 2 de maio de 2022

Com vantagem, CSA recebe o Cruzeiro-AL para a derradeira disputa pela vaga na Copa do BR 2023



O CSA enfrenta o Cruzeiro-AL, nesta segunda (2), às 19h, no Estádio Rei Pelé. A partida vai definir quem fica com a última vaga disponível para a Copa do Brasil. O jogo de ida foi encerrado com o resultado de 2 a 1, dando ao Azulão a vantagem para o retorno, agora em Maceió.

Cenário

O Azulão teve um complexo início de temporada, deixando a taça do Campeonato Alagoano nas mãos do rival CRB e finalizando a quarta rodada da Série B do Brasileirão em 18º colocado. O time azulino tem agora a chance de se qualificar para a Copa do Brasil e começar uma escalada na tabela do Brasileirão. E precisa aproveitar, principalmente para que Mozart não seja desligado da mesma forma que Ney Franco, na temporada passada.

Já o Cruzeiro, tem um calendário mais tranquilo, dependendo exclusivamente da classificação para a Copa do Brasil para render um calendário mais recheado e, financeiramente, mais estável, para a temporada de 2023.

CSA

O Azulão tem, fora de campo, um momento complicado para resolver, o problema da vez é a bronca da torcida com o técnico Mozart. Desta vez, a crise foi criada a partir dos péssimos resultados que a equipe azulina teve em partidas importantes, nas semifinais do Campeonato Alagoano, onde foi eliminado nos pênaltis contra o rival CRB, e também devido à derrota no confronto com o América-MG, por 3 a 0, na Copa do Brasil deste ano.

O time azulino tem uma baixa importante, o lateral direito Cedric sofreu uma entorse no joelho e está fora da relação desta partida contra o Cruzeiro. O restante do grupo está disponível para Mozart, que possivelmente usará uma equipe mista para poupar o elenco que disputou a Série B nesse sábado (30), contra o Sport, e para a próxima partida de volta, contra o América-MG, pela Copa do Brasil, na terça-feira (3) - se o CSA vencer a partida contra o Coelho, estará na quarta fase da competição nacional.

Um possível Azulão tem: Jean; Lucas Marques, Douglas, Marcel e Diego Renan, Luiz Henrique, Gabriel Tonini e William; Bruno Mota, Wallace e Didira.

Cruzeiro

O Estrelado chegou para a partida neste sábado (30) com a responsabilidade de vencer o duelo mais importante do ano para a equipe arapiraquense. O jogo deste domingo define, não só a vaga para a Copa do Brasil, mas também um acréscimo financeiro e de calendário para a equipe do Urso.

O DM do Cruzeiro informou que o atleta Sampaio está em fase de transição e poderá ficar de fora do compromisso contra o CSA, o restante do grupo está à disposição do técnico Elenilson Santos.

O Estrelado, nesta semana, prorrogou 14 contratos e ainda alterou algumas condições salariais. Os atletas que tiveram o vínculo estendido foram: Adson, André Rodrigues, Arthur, Cristiano, Danilo Peppa, Diogo, Enaldo, Jonny, Pinheirinho, Max, Matheus, Pedrinho, Colina e Bruno Bacco. Todos disponíveis para o esquema tático de Elenilson.

Um possível Estrelado para enfrentar o CSA tem: Diogo; Pinheirinho, Mayrom, Maycom e Max; Bacco, Colina e Pedrinho (Cristiano); Pablo (Luquinhas), Jonny e Roger.

Arbitragem

O árbitro Denis Ribeiro Serafim (CBF/AL) comanda a partida deste domingo, seus assistentes serão Pedro Jorge dos Santos Araújo (CBF/AL) e Rondinelle dos Santos Tavares (CBF/AL). Eder Gregori Viana Silva (FAF) será o quarto árbitro e Silvio Acioli dos Santos (FAF) ficará como analista de campo.

NM com Raphael Alves

Foto: Ailton Cruz

Leia Mais ►

sábado, 30 de abril de 2022

Cruzeiro de Arapiraca protesta após FAF alterar data de duelo contra o CSA



Passando por cima das próprias regras, a FAF divulgou na noite desta sexta-feira (29) a modificação da data do confronto de volta entre CSA e Cruzeiro de Arapiraca, para decidir quem fica com a última vaga de Alagoas na a Copa do Brasil. A partida aconteceria no dia 1° de maio, a solicitação foi feita pelo CSA e acatada pela FAF, com ela, a partida foi alterada para esta segunda (2).

Porém, existe um problema nesta alteração. Segundo o artigo 18 do regulamento da própria Federação Alagoana de Futebol, as modificações de tabela devem acontecer com cinco dias de antecedência:

"Art. 18 – Quaisquer modificações na tabela somente poderão ocorrer se publicadas pelo Departamento de Competições da FAF em um prazo mínimo de 05 (cinco) dias, antes da data programada para a realização da partida e antes da nova data solicitada, devendo este prazo ser respeitado pelos Clubes que desejarem solicitar alguma modificação."

Segundo a justificativa da Federação Alagoana de Futebol, em seu documento, foi informado que a mudança deu-se por conta de quadro físico de alguns atleta azulinos. No documento, ainda afirma-se que o Azulão do Mutange não teria o número mínimo de atletas para serem relacionados.

Apesar de afirmado no documento que o Cruzeiro havia recebido um aviso prévio do pedido da alteração, porém, que não foi aceito pelo Cruzeiro.

As inconsistências não param por aí, o solicitante da modificação, o CSA, se a modificação for mantida, não poderá utilizar de nenhum jogador que atuará contra o Sport, neste sábado (30). A explicação? No regulamento da FAF, existe um parágrafo único que diz:

"Parágrafo único - Os Clubes e atletas profissionais não poderão, como regra geral, disputar partida sem observar o intervalo mínimo de 60 (sessenta) horas, período que pode ser, excepcionalmente, reduzido para 48 (quarenta e oito) horas para fins de adequação de partidas e cumprimento de calendário."

Porém, na última semana, os jogadores William e Lucas Barcelos, atuaram tanto no duelo contra o Bahia (dia 22 de abril) e contra o próprio Cruzeiro de Arapiraca (dia 23 de abril).

Excepcionalmente, o horário poderia ser reduzido para 48h, porém, a Federação não foi condizente com o próprio regulamento a partir do momento em que adia a partida, sem os cinco dias de antecedência. Trazendo o excepcional para a regra.

Devido ao ocorrido, o Estrelado informou irá acionar seu setor jurídico e recorrer da decisão. O solicitante, CSA, ainda não se pronunciou sobre o caso.

Já a FAF informou que recebeu uma notificação do Sindicato dos Atletas, informando a necessidade da realização da partida entre CSA x Cruzeiro, com intervalo mínimo de 66 horas, o que também foi levado em consideração pela FAF para a transferência do jogo para segunda-feira (02). Porém, vale lembra que o duelo de ida foi realizado com 24h de intervalo entre outra partida do Azulão.

O Cruzeiro lançou uma nota, na noite desta sexta (29), confira:

O Presidente Executivo do Esporte Clube Cruzeiro Arapiraca, lamenta e não concorda com o adiamento da partida contra a equipe do CSA que estava marcada pra este Domingo dia 01/05, jogo válido pela seletiva da Copa do Brasil de 2023. Essa decisão da FAF é uma agressão ao futebol do interior do estado, essa mudança repentina de data de jogo favorece apenas à equipe da capital.

O adiamento da partida tem trazido indignação e também preocupação com o desequilíbrio de decisões. Temos jogadores finalizando seu contrato com o clube e podem acabar não atuando nessa nova data.

A solicitação feita pelo CSA de pedido adiamento da partida infringe o Art.18 do Regulamento da Competição, contudo o Departamento Jurídico do Cruzeiro de Arapiraca entrará com pedido de anulação do adiamento no TJD-AL.

NM com Gazetaweb 

Foto: Ailton Cruz 












Leia Mais ►

terça-feira, 26 de abril de 2022

Visando vaga na Copa do Brasil, Cruzeiro de Arapiraca prorroga contrato de 14 jogadores



A preparação do Cruzeiro de Arapiraca para o duelo contra o CSA, no dia 1º de maio, segue em ritmo acelerado. Para isso, todas as peças precisam estar à disposição. Com isso, o Urso prorrogou o contrato de 14 jogadores, além do técnico Elenilson Santos. A confirmação das renovações apareceram na tarde desta terça-feira (26), no BID da CBF.

Além da prorrogação, o BID informa que houve uma alteração salarial. Entre os atletas que tiveram o contrato renovado, estão diversos titulares. Os nomes são: Adson, André Rodrigues, Arthur, Cristiano, Danilo Peppa, Diogo, Enaldo, Jonny, Pinheirinho, Max, Matheus, Pedrinho, Colina e Bruno Bacco. Esse último foi o autor do gol do Cruzeiro, na derrota por 2 a 1, contra o CSA.

Segundo o clube, os contratos tiveram que ser renovados, pois venceram nesse mês de abril. Como a data da Seletiva foi atrasada para maio, a medida foi necessária.

Dessa forma, todos esses atletas já têm regularidade para atuarem no confronto de volta. Porém, nem tudo são flores para o clube arapiraquense. Enquanto o volante Sampaio e o atacante Pablo seguem no departamento médico, o meia Pedrinho é a nova dor de cabeça para Elenilson. O meia acabou sofrendo um estiramento na coxa, contra o CSA, e virou dúvida.

O jogador foi titular no meio-campo, ao lado de Kayllan. O professor cruzeirense pode optar por uma formação pouco mais veloz. Etinho e André Rodrigues podem ganhar posição, porém, ainda há muita água para rolar.

Fora isso, a maioria do elenco segue pronto e preparando-se para o segundo jogo. O clube se reapresentou nesta terça (26), no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, e seguirá os treinamentos até a véspera do duelo. Na volta, o Cruzeiro precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para ficar com a vaga. Caso vença por um gol, o embate irá para os pênaltis.

O duelo está programado para o próximo domingo (1º), às 19h, no Estádio Rei Pelé. O vencedor se junta a CRB e ASA, como representantes alagoanos na Copa do Brasil de 2023.

O jogador foi titular no meio-campo, ao lado de Kayllan. O professor cruzeirense pode optar por uma formação pouco mais veloz. Etinho e André Rodrigues podem ganhar posição, porém, ainda há muita água para rolar.

Fora isso, a maioria do elenco segue pronto e preparando-se para o segundo jogo. O clube se reapresentou nesta terça (26), no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, e seguirá os treinamentos até a véspera do duelo. Na volta, o Cruzeiro precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para ficar com a vaga. Caso vença por um gol, o embate irá para os pênaltis.

O duelo está programado para o próximo domingo (1º), às 19h, no Estádio Rei Pelé. O vencedor se junta a CRB e ASA, como representantes alagoanos na Copa do Brasil de 2023.

NM com Guilherme Magalhães

Foto: Reprodução Cruzeiro de Arapiraca

Leia Mais ►

quinta-feira, 21 de abril de 2022

Cruzeiro de Arapiraca: treinamentos se intensificam para seletiva da Copa do Brasil de 2023



Neste sábado (23), Cruzeiro-AL e CSA duelam pela partida de ida em busca da tão sonhada vaga na Copa do Brasil do ano que vem. O jogo acontece no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, às 19 horas. O clube arapiraquense está de olho nas atuações recentes do time marujo e pretende conseguir sair com a vantagem para disputar o Campeonato Nacional.

O Azulão do Agreste tem como trunfo a permanência do elenco que conquistou o título estadual e deve entrar em campo com força máxima. Com o time entrosado e a preparação física afiada, o torcedor do Cruzeiro Arapiraquense está otimista com a seletiva, mas com os pés no chão, para evitar decepções.

Segundo a assessoria do clube, no Departamento Médico estão Pablo e Sampaio que lutam contra o tempo para estarem aptos a jogar a decisão e conseguirem disputar a Competição Nacional que vem ‘incentivando financeiramente’ todos os clubes que dela participam.

NM com Giselly Vitória 

Foti: Ascom Cruzeiro 


Leia Mais ►

Rafael Carlos Salgueiro apita o jogo entre Cruzeiro x CSA



Já está definida a escala de Arbitragem para o jogo de ida entre Cruzeiro x CSA, pela Seletiva da Copa do Brasil. O árbitro Rafael Carlos Salgueiro (CBF/AL) comanda a partida deste sábado (23), às 19h, no Estádio municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.


A audiência pública foi realizada pela Diretoria de Arbitragem da FAF, na tarde dessa quarta-feira (20). Os assistentes de Arbitragem serão Ruan Luiz de Barros (CBF/AL) e Áldrin Freire Costa Matias (FAF). Wiomar Santana de Oliveira (FAF) ficará como quarto árbitro. 

O jogo entre Cruzeiro x CSA tem transmissão ao vivo pela FAFTV na Eleven Sports. 

NM com Site da FAF

Foto: Arquivo Pessoal Rafael Salgueiro 

Leia Mais ►

sexta-feira, 15 de abril de 2022

Federação define datas da seletiva da Copa do Brasil entre CSA e Cruzeiro-AL



A Federação Alagoana divulgou nesta sexta à tarde as datas da seletiva para a Copa do Brasil de 2023. O primeiro jogo do mata-mata entre CSA e Cruzeiro-AL está marcado para o dia 23 de abril, um sábado, às 19h. Este duelo será disputado no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca.

O segundo jogo será no dia 1º de maio, um domingo, às 19h. No próximo mês, os times fecham o confronto no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

De acordo com o regulamento, ninguém tem vantagem no mata-mata. Empate na soma dos dois resultados leva a decisão da vaga para os pênaltis.

O CSA disputa a seletiva por ter sido o terceiro colocado no Campeonato Alagoano. Terça, goleou o Murici por 8 a 0 no Rei Pelé e conquistou esse direito. O Cruzeiro, por sua vez, foi o campeão da Copa Alagoas, carimbou a vaga na Série D de 2023 e agora tenta um lugar na Copa do Brasil do próximo ano.

Seletiva da Copa do Brasil

23/04 - 19h - Cruzeiro-AL x CSA (Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca)

01/05 - 19h - CSA x Cruzeiro-AL (Rei Pelé, em Maceió)

NM com GE 

Foto: Ailton Cruz 


Leia Mais ►

domingo, 27 de março de 2022

Cruzeiro-AL vence o Desportivo Aliança no Rei Pelé e conquista o título da Copa Alagoas 2022: 1x0



O treinador Elenilson Santos e o Cruzeiro de Arapiraca fizeram história no futebol alagoano na tarde deste sábado (26). O Azulão do Agreste venceu o forte time do Desportivo Aliança, por 1 a 0, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e conquistou o título da Copa Alagoas de 2022. O gol da vitória azulina ocorreu no segundo tempo, no puro oportunismo.

Calendário

Terminou oficialmente o calendário 2022 para as duas equipes. Para o Cruzeiro-AL, agora é se preparar para jogar a Série D do Brasileiro, a 2ª Divisão do Alagoano e a seletiva para a Copa do Brasil na próxima temporada. É outro time jovem e forte de Arapiraca. Por sua vez, o Desportivo Aliança, que fez grande campanha na primeira fase, tem pela frente a própria Copa Alagoas e o Estadual em 2023.

Ficha Técnica

Desportivo Aliança – Flávio; Willames, Jean (Tauan), Paulo e Henrique; Adriel, Léo e Filipe André; Luciano (Guilherme), Bebel e Pilar (Ferruegem). Técnico: Rommel Vieira

Cruzeiro-AL – Diogo; Pinheiro, Maycom, Mayron e Max; Pepa, Bacco e Pedrinho; Roger (André), Pablo (Lalinho) e Jonny. Técnico: Elenilson Santos

Cartões amarelos – Maycom (Cruzeiro); Jean (Aliança); Paco (Cruzeiro); Flávio (Aliança); Max (Cruzeiro)

Árbitro – Márcio dos Santos Oliveira (FAF)

Assistentes – Maxwell Rocha Silva (FAF) e Genilson Firmino da Silva (FAF)

Quarto árbitro – Alisson Kayque Gomes de Lima (FAF)

NM com Shelton Melo 

Arte : Eleven 

Leia Mais ►

sábado, 12 de março de 2022

Cruzeiro empata sem gols com o ASA e encerra participação no Alagono de 2022



ASA e Cruzeiro empataram sem gols, em Arapiraca, neste sábado (12), em jogo válido pela 7ª e última rodada do Alagoano 2022. O Alivnegro já estava classificado para as semifinais e entrou em campo cogitando modesta possibilidade de ultrapassar o CSA na liderança. Contudo, precisava que o Azulão perdesse para o Murici por um placar elástico, o que passou longe de ocorrer.

Com o resultado, a equipe terminou essa etapa do torneio, em 2º lugar, com 12 pontos. Já o Azulão ainda sonhava com a classificação, porém, tinha que bater o rival e torcer para que CRB e CSE empatassem. Novamente, o resultado do outro jogo não foi o esperado. A equipe sertaneja se despede do Estadual desta temporada na 6ª colocação, com sete pontos.

Calendário

Antes da finalíssima, o ASA vai medir forças contra o Murici, que passou de fase na 3ª posição, com 11 pontos, igual ao CRB. Em tese, pelo que mostrou em campo nos duelos anteriores, o Alvinegro é favorito, ainda mais porque tem o artilheiro do torneio, Anderson Feijão, e jogará em casa, no Fumeirão. Contudo, o Verdão também tem seus pontos fortes, e quer disputar o título.

Por sua vez, o Cruzeiro foca agora na Copa Alagoas, pois, passou de fase com 14 pontos, e vai encarar o Sub-23 do Regatas nas quartas de final. Campeão da 2ª Divisão do Alagoano em 2021, o grupo liderado por Elenilson Santos está confiante. O dia, o horário e estádio das duas partidas, do Alagoano e da Copa Alagoas, ainda serão definidos pela Federação Alagoana de Futebol (FAF).

Resumão

O jogo foi bem decepcionante no primeiro tempo no que se refere à qualidade das jogadas e criação de chance de gols. Em síntese, os times fizeram um derby muito truncado e pouco criativo e dinâmico, como foi na Copa Alagoas, quando o Azulão saiu de campo vencedor, de virada, por 2 a 1.

Houve apenas dois lances perigosos a favor do ASA antes do intervalo. Aos 25 minutos, Anderson Feijão foi impedido por Diogo da Silva de tentar abrir o placar. Gutti avançou pelo setor esquerdo e acionou o atacante, porém, o arqueiro oponente se antecipou no lance e segurou a redonda, demonstrando confiança.

Depois, na casa do 41 minutos, Diogo Silva operou um milagre, cara a cara com Junior Viçosa. O atacante rival ainda reclamou com o árbitro que a bola teria ultrapassado a linha que divide o gol. Na origem do lance, novamente Gutti fez outro cruzamento na medida para o ídolo do Gigante, sozinho na pequena área, chutar duas vezes na sequência, mas viu o adversário impedir o tento.

Na etapa final, Elenilson Santos fez alterações e o Cruzeiro resolveu jogar. Assim, criou cinco boas chances de marcar, mas não obteve sucesso. Na primeira delas, aos três minutos, Max pegou sobra da intermediária e mandou à esquerda de Railson. A seguinte ocorreu da metade para o fim do confronto, nos pés de Jonny.

Pedro Colina levantou na área, o atacante testou forte, no alto e no contrapé de goleiro, porém, Railson se esticou todo, jogando a redonda para escanteio e salvando o ASA. Instantes depois, Max cruzou na área alvinegra e bola atravessou todo o setor até sair pela linha do lado oposto.

Por fim, na casa dos 40', Cristiano fuzilou no bico da pequena área, tirando tinta da trave esquerda do Gigante, e Jonny recebeu de calcanhar no contra-ataque e bateu franco direto nas mãos de Railson.

NM com Shelton Melo

Foto: Remi Peixoto/ASA

Leia Mais ►

quarta-feira, 9 de março de 2022

Jaciobá surpreende, vence o Cruzeiro fora e dorme fora da zona do rebaixamento: 2 a 0



Tem briga forte lá embaixo também! O Jaciobá tratou de botar fogo na briga direta com o Aliança, contra o rebaixamento. Na noite desta terça (8), o time sertanejo venceu o Cruzeiro, por 2 a 0, em pleno Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O resultado, que veio com gols de Caranguejo, tirou o JAC da zona do rebaixamento, pelo menos até amanhã, quando o Aliança entra em campo.

Com o resultado, o Jaciobá assume a sétima e penúltima posição, agora com quatro pontos conquistados, contra dois do Aliança. Por outro lado, o Urso se complicou de vez na briga por uma vaga nas semis. Os arapiraquenses terminam o dia em sexto lugar, com seis pontos.

Além disso, a vitória sertaneja garante que a briga contra o rebaixamento seguirá até a rodada final. Mesmo que o Aliança vença o Murici, dentro de casa, ainda não conseguirá uma pontuação suficiente para livrar da queda.

Resumão

Mesmo após empatar por 2 a 2 na Copa Alagoas, o Cruzeiro entrou em campo como amplo favorito, especialmente por usar seus titulares. Porém, quem balançou as redes foi a zebra do confronto, logo aos três minutos. No primeiro lance do jogo, Jordan pingou a bola na frente, para Caranguejo chutar com muita qualidade: 1 a 0 para o Jaciobá.

O resultado era perfeito para o Azulão, porém, a pressão do Cruzeiro criou-se ao longo do primeiro tempo. Ainda perdendo, voltou do intervalo com mais ímpeto, para se recuperar no confronto.

A pressão foi forte e o time de Cabeça se postou lá atrás, entretanto, a medida funcionou perfeitamente. Em contra-ataque mortal, aos 40 minutos, Igor foi bem demais, venceu a defesa e tocou para Caranguejo, sozinho, marcar o segundo, que decretou o grande resultado.

Calendário

As duas equipes retornam a campo para a última e decisiva rodada do Alagoano. Sem pretensões no Estadual, o Cruzeiro tem, sim, bons motivos para buscar a vitória. O Estrelado vai realizar o Derby Arapiraquense, contra o ASA. Já o JAC tem um confronto decisivo com o Aliança, no Estádio Rei Pelé. Os dois duelos acontecem no sábado (12), às 17 horas.

NM com Guilherme Magalhães

Foto: 

Leia Mais ►

quarta-feira, 2 de março de 2022

CSA vence o Cruzeiro-AL e garante classificação à próxima fase do Alagoano



O CSA venceu o Cruzeiro, por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé, na noite desta quarta-feira (02), pela 6ª rodada do Campeonato Alagoano. Osvaldo e Rodrigo Rodrigues marcaram os gols.

Com a vitória, o azulão se mantém na liderança da competição estadual com 13 pontos e está classificado antecipadamente para a próxima fase.

A equipe azulina volta a campo no próximo Sábado (05), contra o Ceará, às 19h45, na Arena Castelão, pela Copa do Nordeste.

NM com Minuto Esporte

Foto: Ailton Cruz

Leia Mais ►

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Cruzeiro vence o clássico contra ASA, de virada, pela 5ª rodada da Copa Alagoas: 2 a 1


Teve derby arapiraquense cheio de emoções na noite desta quarta-feira (16). Cruzeiro-AL e ASA se enfrentaram no Coaracy da Mata Fonsenca, em Arapiraca, pela 5ª rodada da Copa Alagoas 2022. Júnior Viçosa abriu o placar para o Alvinegro, porém o Azulão do Agreste conseguiu virar com gols de Pedrinho e Maycom. Todos os tentos ocorreram na etapa inicial.

Calendário

Com a derrota, o ASA perdeu a invencibilidade na temporada 2022 e a chance de se isolar na liderança do Grupo A. Ainda assim, segue na ponta da tabela, com 10 pontos. No próximo sábado (19), às 16h, recebe o FF Sport Atalaiense, no Fumeirão. Por sua vez, o Cruzeiro atingiu a mesma pontuação e pulou da 4ª para a 2ª posição da chave oposta. No domingo (20), recebe o Dimensão Saúde, no mesmo horário e estádio.

Primeiro tempo

A etapa inicial do derby foi muito movimentada com quatro chances de gols para o Cruzeiro e três a favor do ASA, e três bolas na rede. O Azulão se fechou muito bem quando o Alvinegro atacou. Ou seja, o Gigante começou mais ligado, ofensivo na partida, na pressão. Com um minuto de jogo, Assis levantou a bola na área, Júnior Viçosa ficou com rebote após bate-rebate e quase abriu o placar. O chute cruzado passou perto da trave direita. Aos 10’, Assis novamente avançou até a linha de fundo e cruzou para o ídolo, que de costas, girou o corpo chutando de canhota, direto no alvo. Baita golaço! 1 a 0 ASA.

O Azulão não se intimidou com a desvantagem. Saiu um pouco mais para o jogo e também ameaçou. Aos 18’, Pablo, camisa 11, correu em direção ao gol, finalizou de direita, colocado, mas Deola fez a defesa sem problemas. Em nova investida do Azulão, Cristiano pegou uma sobra de bola da meia esquerda ofensiva chutou no de fora da área, mas Deola, ligado, espalmou para escanteio, salvando o Alvinegro.

O ASA respondeu em contra-ataque, quase ampliando o placar. Xande recebeu em velocidade, correu do meio de campo até o ataque pela ponta esquerda e finalizou para fora. A bola passou por baixo de Diogo, por cima. Até que no lance seguinte veio o empate. Pinheiro cruzou na grande área, Pedro escorou de cabeça e Pedrinho acertou pancada no ângulo de Deola sem deixar a pelota cair. Golaço! 1 a 1 no Fumeirão.

O Cruzeiro que estava melhor que o ASA no controle das ações, ficou ainda mais motivado com o empate e avançou a marcação até conseguir virar o marcador nos acréscimos. Max cobrou escanteio, Everton cortou, André jogo novamente na área, Maycon dominou, mostrando categoria e frieza, e só escolheu o canto, empurrando para o fundo das redes: 2 a 1 para cima do arquirrival.



Segundo Tempo

A etapa final ficou muito pegada, com excesso de faltas. A partida perdeu a qualidade técnica e sobrou nos toques errados e número de cartões amarelos (nove). Também houve muitas substituições (sete), paralisações e desentendimento entre os jogadores. A postura das equipes foi a seguinte: o ASA buscou mais o gol e o time de Elenilson Santos ficou mais fechadinho, defendendo a vantagem.

Assim, o Alvinegro ameaçou aos nove e aos 11 minutos. No primeiro lance, Assis cobrou lateral, Júnior Viçosa escorou de cabeça, acionando Anderson Feijão, que perdeu a bola. Fidellis recuperou e tocou para Assis, que penetrou na grande área, mas chutou franco, facilitando a defesa de Deola.

Na sequência, Assis jogou para a área da lateral direita, a zaga cortou e Anderson Feijão arriscou de fora da área para fora. O Azulão respondeu aos 13 minutos. Após bola lançada no meio de campo, Pablo pegou a sobra a e finalizou de canhota para fora, porque a pelota desviou na zaga. Não houve mais nada de jogadas ofensivas.

As equipes simplesmente esqueceram o futebol, fizeram muita cera. O árbitro ainda deu sete minutos de acréscimos. O ASA teve uma cobrança de falta, mas o goleiro Diogo defendeu com tranquilidade. Fim de papo em Arapiraca.

NM com Shelton Melo

Fotos: Reprodução Eleven FAFTV e Remir Peixoto/Ascom ASA

Leia Mais ►

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

Derby arapiraquense pela Copa Alagoas: Cruzeiro e ASA se enfrentam nesta quarta (16)



Nesta quarta (16), tem derby arapiraquense pela Copa Alagoas 2022. No Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, Cruzeiro e ASA duelam às 20h, pela 5ª rodada. Treinado agora por Jota, o Alvinegro é o líder da Grupo A, com 10 pontos, e deseja manter a invencibilidade.

Nesta quarta (16), tem derby arapiraquense pela Copa Alagoas 2022. No Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, Cruzeiro e ASA duelam às 20h, pela 5ª rodada. Treinado agora por Jota, o Alvinegro é o líder da Grupo A, com 10 pontos, e deseja manter a invencibilidade.

Cruzeiro-AL

Disputando também o Alagoano, o grupo cruzeirense chega com mais confiança, após vencer o Desportivo Aliança, no domingo (13). À vista disso, a expectativa de Elenilson e CIA. é retomar a sequência positiva que conquistou nas rodadas 2 e 3. Para atingir o objetivo de superar o rival, o clube anunciou mais dois reforços, no último sábado (12).

O zagueiro Maycon Douglas e o lateral Danilo Bala chegaram, estão à disposição, mas devem começar no banco. Em suma, o Azulão deve ir a campo no esquema 4-3-3, com: Diogo; Max, Maycon, Bacco e Pinheirinho; Colina, Pepa e Pedrinho; André, Cristiano e Pablo.

ASA

Na quinta-feira (10), após a vitória sobre o CRB, a diretoria alvinegra anunciou a saída do treinador Celso Teixeira, que pediu desligamento do clube para trabalhar no Brasiliense, por melhores condições salariais.

Em seis partidas, o treinador obteve quatro vitórias e dois empates. Jota, ex-auxiliar técnico e íntimo da maioria dos atletas, foi efetivado no cargo e comanda o ASA no torneio e no Estadual, a partir de então.

Recém-chegados ao time, após transferência internacional, o zagueiro Fábio Aguiar e o atacante Vanger ainda serão regularizados no BID da CBF. Portanto, só devem ficar à disposição de Jota no próximo duelo. A mesma situação se aplica para os laterais Wendel e João. Aos poucos, a equipe vai se fortalecendo, visando, também, à disputa da Série D do Brasileirão, em abril.

Pelo pouco tempo de treinamento, a tendência é que ele repita o time titular que vinha atuando junto. Assim, uma provável escalação para esta quarta tem: Deola; Michel, Benné, Everton e Assis; Fidélis, Jorginho e Caique Valdívia; Xande, Anderson Feijão e Júnior Viçosa.

Arbitragem

José Jaini Oliveira Bispo (FAF) vai apitar o jogo, com o apoio dos assistentes Ruan Luiz de Barros Silva (FAF) e Carlos Alberto Alves da Silva (FAF). O quarto árbitro será Carlos Vitor Oliveira Alves (FAF).

NM com Shelton Melo

Foto: Remir Peixoto/ASA


Leia Mais ►

sábado, 29 de janeiro de 2022

Com gol de Anselmo Ramon nos acréscimos CRB vence o Cruzeiro no Alagoano: 1 a 0



Depois do empate frustrante na primeira rodada do Campeonato Alagoano, o CRB voltou a campo pela competição e, desfalcado de vários jogadores que testaram positivo para a Covid-19 e cumprem isolamento, finalmente, no finalzinho da partida, venceu o Cruzeiro, em duelo neste sábado (29). O confronto foi disputado no Estádio Rei Pelé, válido pela segunda rodada. E o gol salvador do Galo foi de Anselmo Ramon, contratado como a grande aposta do clube para esta temporada.

Técnico do CRB, Allan Aal, que estava também com o coronavírus, já cumpriu seu período de isolamento e comandou a equipe à beira do gramado. Do lado azul da partida, porém, no time de Arapiraca, o técnico Elenílson Santos também testou positivo para a Covid-19 e o Cruzeiro foi comandado pelo auxiliar Paulo Sérgio. 

Com este resultado, o time regatiano conquista sua primeira vitória no Estadual - empatou com o Murici, na rodada de estreia -, agora soma 4 pontos e fica na 2ª posição na tabela de classificação. Por outro lado, o Cruzeiro é o 4º colocado, com 3 pontos.

Na próxima rodada, o adversário do Galo será o arquirrival CSA, no Clássico das Multidões, no dia 5 de fevereiro (sábado), às 17h, no Rei Pelé. Isso pelo Estadual. Já pela Copa do Nordeste, o CRB entra em campo antes, no dia 2 de fevereiro (quarta-feira), às 19h30, quando visita o Atlético de Alagoinhas-BA, no Carneirão.

O Cruzeiro, por sua vez, na quinta-feira (3), visita o Murici, às 20h, no José Gomes da Costa, em Murici, pela 3ª rodada do Alagoano. E pela Copa Alagoas o time espera o encerramento da 3ª rodada pela fase de grupos, que ele já jogou, para ver como fica sua situação no Grupo B, já que a Federação Alagoana de Futebol (FAF) ainda vai divulgar as datas das próximas rodadas da competição.

1º Tempo

A etapa inicial começou com a primeira falta do jogo sendo marcada em favor do Cruzeiro, com um minuto de bola rolando. Max cobrou, tentando fazer a ligação direta, mas a bola saiu pela lateral. Aos 3 minutos a falta foi em favor do Galo. Richard foi derrubado. Dudu foi para a cobrança, mas Colina tirou da área, livrando o perigo.

O jogo se aproximava dos 10min e o que se via eram muitos toques na defesa, uma marcação forte no meio de campo e vários lançamentos sem sucesso. Apesar de que o CRB era melhor, pois tomava as iniciativas. E o Galo chegou com perigo: em jogada rápida, pelo setor direito, com Dudu, o meia deixou para Reginaldo, que cruzou para área na medida para Richard, que cabeceou por cima, assustando.

Aproximando-se dos 15 minutos, o Cruzeiro já começou a equilibrar a partida. Estava tentando atacando mais, tentava valorizar a posse de bola, mas seguia com dificuldades para avançar ao ataque. Aos 18min, o CRB chegou à linha de fundo, com Reginaldo, que levantou na área do Cruzeiro, Alan James cabeceou, mas o assistente flagrou impedimento do ataque regatiano. Aos 23min, de novo o CRB assustou e por pouco não abriu o placar. Richard fez o cruzamento, Alan James surgiu no meio da zaga do Estrelado e mandou de cabeça, mas o goleiro Enaldo se esticou todo, deu um tapa na bola para evitar o que seria o gol do CRB.

Aos 25', de novo o CRB assustou. Após vacilo de Wesley, Alan James roubou a bola, invadiu a área disparou, mas a pelota foi à esquerda do gol de Enaldo, em tiro de meta. A partida chegava aos 30min, o Regatas era melhor, tentava o gol, mas não tinha poder de finalização, estava muito ruim neste quesito. E o Cruzeiro não levava perigo, pois o goleiro regatiano Vitor Caetano sequer tinha feito alguma defesa.

Exatamente aos 30min, Vico recebeu a bola na intermediária, saiu da marcação e mandou na área do Estrelado, mas o goleiro Enaldo acabou com a festa e ficou com a pelota. Aos 37min, enfim, uma tentativa do Cruzeiro. Pinheirinho mandou a bola na área do CRB, ela ficou viva, mas a defesa do Galo afastou logo em seguida, tirando o perigo dali.

O confronto passava dos 40 minutos e foram registradas pouquíssimas chances de gols no primeiro tempo. CRB era melhor, mas parava na boa estratégia defensiva do Cruzeiro. Aos 42' Vico passou a bola para Reginaldo, que foi à linha de fundo e cruzou, mas a zaga do Cruzeiro tirou.

O árbitro decretou 3 minutos de acréscimos à etapa inicial e ninguém foi de ninguém. Assim, o primeiro tempo foi encerrado aos 48 minutos, com o placar zerado.

2º Tempo

Na etapa complementar, quem começou assustando foi o CRB. Aos 4 minutos, após passe em profundidade para Vico, ele chegou na cara do goleiro Enaldo e chutou de cavadinha, porém, a bola bateu na trave e voltou para as mãos do arqueiro do Cruzeiro. Uma grande chance perdida pelo time regatiano. Aos 7', o Galo teve uma falta perigosa em seu favor. Vico foi para a cobrança, mas não treinou direito e acabou mandando a bola muito alta. Outra chance desperdiçada do CRB.

Chegando aos 10 minutos, o Cruzeiro estava mais solto na partida, forçando as jogadas pelas laterais. Mas exatamente aos 10' o Galo foi quem tentou. Reginaldo mandou a bola na área cruzeirense, ela passou por Alan James, Richard emendou de primeira, mas carimbou a zaga.

O CRB brincava de perder as chances. Aos 13min, por exemplo, Reginaldo cruzou na pequena área, Richard fechou, tentou fazer a finalização e Alan James cabeceou de frente para o gol, só que o goleiro Enaldo espalmou para escanteio. Aos 17min, o técnico Allan Aal, cansado de ver o seu time arriscar sem resultado, começou a mudar o Galo. Umas das mudanças foi a entrada de Anselmo Ramon, maior aposta do clube para o setor de ataque. Foi a estreia dele no Regatas.

Passando dos 20 minutos, a partida estava aberta. Tudo poderia acontecer. O CRB ficava com a bola, enquanto o Cruzeiro se fechava todo. O time do Galo seguia sentindo dificuldades, mesmo com as alterações feitas por Aal, e o confronto já passava dos 30 minutos.

Aos 33', o CRB teve uma chance em cobrança de falta. Vico bateu fechado, Enaldo defendeu e, na sequência, ninguém do ataque do Galo aproveitou e a bola foi em tiro de meta. A essa altura os dois times já tinham feito várias modificações: o CRB tentando o gol, e o Cruzeiro tentando segurar o resultado ou, quem sabe, até fazer gol também e chegava no ataque, levando susto ao time regatiano.

Aos 40 minutos, após Danilo Bala ser derrubado, o árbitro marcou falta. Ele mesmo foi para a cobrança, mas bateu mal e a zaga cortou. Aos 41', o time visitante perdeu uma boa oportunidade. Após cruzamento da esquerda, Pablo apareceu como o homem surpresa, bem nas costas da defesa regatiana, bateu colocado, mas a bola foi na rede pelo lado de fora.

O árbitro decretou 6 minutos de acréscimos e eis que, aos 46', o CRB fez o seu gol, com Anselmo Ramon, na sua estreia na equipe. Após uma jogadaça de Welligton para Marcinho, ele só fez chutar para fazer o gol salvador: 1 a 0. E, aos 51 minutos, a partida foi encerrada no Rei Pelé.



Ficha Técnica

CRB - Vitor Caetano; Reginaldo (Wellington), Matheus Mega, Alan Uchoa e Romão; Marthã (Yago), Jean Patrick e Vico; Richard, Dudu (Marcinho) e Alan James (Anselmo Ramon). Técnico: Allan Aal.

Cruzeiro - Enaldo; Pinheirinho, Wesley, Bacco e Max (Pablo); Pepa, Colina, Arthur e Cristiano (Jonny); Elber e André (Danilo Bala). Técnico: Paulo Sérgio.

Árbitro: José Jaini Oliveira Bispo (CBF-AL).
Assistentes: Maxwell Rocha Silva (CBF-AL) e Wagner José da Silva (CBF-AL).

Quarto árbitro: Adrian da Silva Santos (FAF).

NM com Fernanda Medeiros, Shelton Melo e Raphael Alves

Fotos: Ailton Cruz

Leia Mais ►

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

Cruzeiro divulga a situação de Etinho, após choque de cabeça no jogo contra o CSE



Nesse domingo (23), o Cruzeiro venceu o CSE, por 2 a 1, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca. O gol da vitória veio aos 44 minutos do segundo tempo, com o experiente Etinho, de 37 anos. Entretanto, apesar de ser herói, o atacante se deu mal no lance aéreo, já que se chocou com o adversário e ficou caído no gramado.

A situação do atacante preocupou muita gente, entretanto, no final da noite desse domingo (23), o time arapiraquense divulgou um Boletim Informativo, para esclarecer a atual situação do atleta. Segundo o informe, Etinho foi encaminhado para o Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, onde foi detectada uma fratura no osso zigomático, na região da bochecha.

Com isso, o camisa 9 cruzeirense terá que passar por uma cirurgia, entretanto, a data do procedimento ainda não foi divulgada, mas deve acontecer ainda nesta semana. O Urso divulgou que a equipe médica que está observando o jogador aguarda um desinchaço na região da lesão. Ainda não se sabe o período que o jogador ficará longe dos gramados.

Além de Etinho, o meia Pedrinho também teve que ser encaminhado ao hospital. No caso do camisa 8, foi detectada uma luxação no ombro, contudo, o Cruzeiro enalteceu que está tudo bem com o jogador, que ficará no Departamento Médico até ser liberado para voltar aos gramados.

NM com Guilherme Magalhães

Foto: ASCOM / Cruzeiro

Leia Mais ►