Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Com bastidores agitados e no Z-4, CSA e Fluminense se enfrentam nesta segunda

O CSA respira com dificuldades na Série A do Brasileirão, sendo o 18º colocado, com 29 pontos, e tem mais um confronto direto na competição nacional. Recebe o Fluminense nesta segunda-feira (25), às 20 horas, no Estádio Rei Pelé, pela 34ª rodada. Na partida de ida, no Maracanã, o Azulão venceu por 1 a 0, com gol de Jonatan Gómez.
O Azulão chega para esta partida com os bastidores pegando fogo e o técnico Argel Fucks terá que fazer o papel de bombeiro para acalmar os ânimos no Mutange. Na última quarta-feira (20), o CSA oficializou a saída dos laterais Celsinho e Carlinhos e o meia Didira. No Flu, a polêmica da semana foi o afastamento do vice-geral, Celso Barros, após briga interna com o presidente, Mário Bittencourt, além do baixo rendimento do Tricolor das Laranjeiras no campo.
Dentro de campo, as duas equipes lutam para fugir do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro de 2020. Na 17ª posição, o time carioca tem 35 pontos, seis a mais que o clube alagoano.
CSA
O CSA entrará em campo após a derrota por 3 a 0 para o Fortaleza, fora de casa, no último domingo (17), e recheado de novidades. Após a saída dos laterais que vinham sendo utilizados como titulares, Celsinho e Carlinhos, Argel Fucks terá que promover novas entradas nos dois setores do time azulino. No lado direito, Dawhan deverá retornar; já na esquerda, a disputa fica entre Euller e Rafinha.
Quem também estará entre os onze iniciais é o goleiro Jordi, que retorna ao gol marujo após um mês e treze dias. Ele esteve em campo pela última vez na derrota por 1 a 0 para o Goiás. Safira ou Bruno Alves ganharão chance na ponta direita de ataque.
Desta forma, um provável time é: Jordi, Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán, Euller (Rafinha), João Vitor, Jean Kléber, Jonatan Gómez, Apodi, Alisson Safira (Bruno Alves) e Ricardo Bueno.
FLUMINENSE
Com um ponto a menos que o Cruzeiro, primeiro fora do Z-4, o Fluzão chega a Maceió precisando de, no mínimo, um ponto para ultrapassar a Raposa e deixar a zona da degola. O Flu chega à capital alagoana com um empate na bagagem, por 1 a 1 com o Atlético-MG.
Sem João Pedro, com virose, Marcão deverá mandar a campo a seguinte escalação: Marcos Felipe, Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri, Allan, Daniel e Ganso; Yony González e Marcos Paulo.
ARBITRAGEM
Luiz Flávio de Oliveira (CBF-SP) será o dono do apito para CSA x Fluminense. Ele será auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (CBF-SP) e Neuza Ines Back (CBF-SP). Rafael Carlos Salgueiro Lima (CBF-AL) será o quarto árbitro.

No comando do VAR ficará Marcio Henrique de Gois (CBF-SP), tendo como assistentes Lucas Canetto Bellote (CBF-SP) e Fábio Rogerio Baesteiro (CBF-SP), além do observador do árbitro de vídeo Marrubson Melo Freitas (CBF-DF).
NM com Jean Nascimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário