Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Após acesso à Série A, presidente do CSA diz que meta é a Libertadores

FOTO: FELIPE BRASIL/ARQUIVO
Após conquistar o acesso à Série A de 2019, nesse sábado (24), quando venceu o Juventude, de  goleada - 4 a 0 - na última rodada da Série B, o CSA deseja alçar voos mais altos: chegar à Libertadores da América. Ao menos é o que pretende o presidente do Azulão, Rafael Tenório.
Em entrevista à Rádio CBN, pelas redes sociais, o presidente marujo cravou: "Eu vou dizer uma coisa: agora é lutar pela Libertadores. A gente sabe que é possível".
O mandatário azulino, que tinha prometido colocar o CSA na Série A e conseguiu, em um projeto que teve início há três anos, quando o Azulão ainda disputava a Série D, subiu para a Série C, depois para a Série B, disputada neste ano, e agora carimbou o acesso para a Primeira Divisão de 2019.
Sobre esse feito, Rafael Tenório disse que mais crente de todos os brasileiros, o torcedor do CSA jamais acreditava neste feito. "O torcedor do CSA jamais imaginaria que em três temporadas a gente fosse da Série D, para a C, para a B e agora para a Série A", observou Tenório.
E ele disse mais: "Eu dizia que em dois anos o CSA seria um case de sucesso, e mais dois anos seria uma referencia nacional, e nós estamos com três anos. Daqui a mais cinco anos se eu tiver paciência para continuar como presidente do CSA, o CSA será um dos dez maiores clubes do Brasil, com toda essa estrutura que estamos criando. O mais importante não é só o resultado dentro de campo, mas criar uma estrutura fora de campo, e o CSA hoje está estruturado. Os resultados veem naturalmente", encerrou Rafael Tenório.
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário