Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 18 de março de 2018

De virada, CRB vence o Coruripe por 2x1 e fica próximo da final do Alagoano

FOTO: AILTON CRUZ
O CRB venceu o Coruripe por 2 a 1, na tarde deste domingo (18), no Estádio Gerson Amaral, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Alagoano. No primeiro tempo, Palhinha abriu o placar para o Hulk, cobrando pênalti. Já na etapa final, Juninho Potiguar e Ayrton, viraram para o Galo.

Com o resultado, o CRB poderá até sair derrotado por um gol de diferença, na partida de volta no próximo domingo (25) no Rei Pelé, que mesmo assim ficará com a vaga na grande decisão do Estadual. Diante de tamanha vantagem do time regatiano, apenas uma vitória por dois ou mais gols de diferença, colocará o Hulk na final.


Agora, o CRB volta suas atenções para o confronto da próxima quinta-feira (22), às 19h, diante do Confiança-SE, na Arena Batistão, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste. Uma vitória em solo sergipano, coloca o Galo na fase de mata-mata da competição regional.

Coruripe 1x2 CRB - Semifinal
Confira os gols da partida de ida das semifinais do Campeonato Alagoano

Hulk mais ousado

Precisando acabar com a vantagem do CRB, o Coruripe entrou em campo "pilhado". A maioria das jogadas do time praiano surgiu pelos lados do campo. Logo no primeiro minuto de partida, o lateral Jackson avançou pela esquerda, cruzou com veneno e Anderson Conceição apareceu para salvar o Galo.

Anderson Conceição salta para afastar o perigo da zaga regatiana
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Comandado pelo camisa 10, Palhinha, o Coruripe seguiu com mais posse de bola, enquanto o CRB buscava uma oportunidade no contra-ataque. Aos 19 minutos, Palhinha fez boa tabela com Ivan, dominou de canhota e chutou da entrada da área. A bola passou à direita do goleiro João Carlos.

A primeira grande chance da partida saiu aos 23 minutos, quando Bahia fez grande jogada pela esquerda, passou pela marcação e soltou uma bomba, obrigando João Carlos a executar uma grande defesa. O CRB respondeu aos 31. Ayrton tocou para Willians Santana, que dentro da área mandou para fora.

Palhinha abriu o placar para o Coruripe, em cobrança de pênalti
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Antes do fim da primeira etapa, João Carlos cometeu pênalti em cima de Ivan. Palhinha foi para a cobrança, e com muita categoria, deslocou o goleiro regatiano, abrindo placar para os donos da casa: 1x0.

Virada regatiana

No segundo tempo, o jogo foi outro. O CRB acordou dentro da partida, e passou a pressionar o Hulk no seu campo defensivo. Aos 13 minutos, Mazola Júnior colocou Juninho Potiguar no lugar de Willians Santana. Um minuto depois, o camisa 17 regatiano recebeu na intermediária, puxou para a perna direita e soltou uma bomba no ângulo do goleiro Roque Alan, empatando o confronto: 1x1.

O Coruripe sentiu o baque, e só voltou a assustar aos 30 minutos, quando Palhinha cobrou escanteio, com muito veneno, Moisés e Flávio Boaventura disputaram a bola no alto, e a redonda acabou beijando o poste direito de João Carlos.

Edson Ratinho e Ayrton comemoram gol marcado pelo lateral regatiano
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Apesar do susto, o CRB seguia dominando as ações e foi coroado, aos 34 minutos. Ayrton encheu o pé, em cobrança de falta, a bola fez uma curva e estufou as redes do Coruripe, virando a partida para o time regatiano. Um golaço!

Nos minutos finais, o Coruripe ainda tentou esboçar uma reação, mas não conseguiu mudar o placar. Final, Coruripe 1x2 CRB.

NM com Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário