Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 28 de março de 2018

CSA coloca 15 mil ingressos à venda para 1º jogo das finais

FOTO: AILTON CRUZ 
Após reunião no Ministério Público decidir que as finais do Alagoano vão contar com a presença de ambas as torcidas, a diretoria do CSA, mandante do clássico deste domingo, divulgou que 15 mil ingressos estão à disposição de seus torcedores. A Polícia Militar, por sua vez, estima em 17 mil pessoas o público na partida que vai começar a definir o campeão alagoano da temporada 2018.
Os valores dos ingressos para o clássico de domingo (1º de abril) são os seguintes: R$ 20 (arquibancada baixa), R$ 30 (arquibancadas altas) e R$ 100 (cadeiras).
Os locais de venda são os já conhecidos do torcedor azulino: Loja Azulão (antiga Avenida Amélia Rosa), Polysport (Maceió Shopping/Pátio Shopping/Centro) e Arena das Torcidas (Shopping Farol).
O CRB, por ser visitante neste jogo, terá três mil ingressos à disposição. Para o torcedor regatiano, os bilhetes estarão à venda a partir desta quinta-feira, no Estande do Galo (Maceió Shopping), na Arena das Torcidas (Jatiúca) e no Bar do Carlão (Trapiche).
Sobre a expectativa em torno do confronto, o goleiro Alexandre Cajuru falou à Rádio Gazeta sobre a decisão deste final de semana.
- Pelo fato de o CSA estar há dez anos sem conquistar o Alagoano, há um gostinho especial. Mas a final em si não é diferente de nenhuma outra decisão que o clube já disputou. Por outro lado, são partidas que requerem toda a nossa concentração e todo o nosso sacrifício, para que a gente possa garantir o título.
Alexandre Cajuru vem sendo titular nas últimas partidas do CSA
FOTO: ASCOM DO CSA

























Na mesma entrevista, o atleta também comparou os momentos já vividos até aqui no Mutange.
- Se for escalado, irei muito confiante para esta partida porque venho de uma sequência de cinco jogos, ao contrário do ano passado, pois, o Jefferson estava muito bem enquanto que eu ainda não havia feito sequer minha estreia. Eu, como todo o elenco, sabia que este momento poderia chegar, em razão do nosso trabalho no dia a dia. E procuro encará-lo de uma maneira natural, tranquila, já que a minha posição requer isso. Tenho de passar segurança para a equipe e para o treinador. Minha concentração está sendo total para estes jogos finais.
E Alexandre Cajuru destacou, ainda, que o fator psicológico também será muito importante.
- O que pesa nesta reta final é o fator psicológico, porque o que foi treinado, agora, é apenas sequenciado. Creio que todos estão em ritmo de jogo. Já no aspecto coletivo, de união, nossa equipe está fortalecida, principalmente após este último jogo contra o ASA.
Despedida
Grupo do CSA realizou treinamento em São Luís, nesta tarde
FOTO: DIVULGAÇÃO/ASCOM CSA
























Se no domingo o Azulão começa a decidir mais um título estadual, nesta quinta-feira, despede-se da Copa do Nordeste enfrentando o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão.
Terceiro colocado do grupo D, com 4 pontos, o objetivo do time misto do CSA que foi a São Luís é um só: despedir-se com uma vitória, resultado que ainda não conseguiu. Em cinco partidas, o CSA acumula quatro empates e uma derrota.
Na delegação que foi para a capital maranhense, oito jogadores do sub-20 reforçam o grupo. E uma provável escalação para o jogo das 19h desta quinta-feira tem Mota, Da Silva, Johnatan Vital, Rodrigo Lobão e Paulinho; Dawhan, Joilson e Caíque; Giva e Yago; Bruno Veiga. 
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário