Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 28 de março de 2018

PM mobiliza 278 policiais e FAF contrata mais 60 seguranças para clássico

O Comando da Polícia Militar promoveu, na manhã desta quarta-feira (28), no Quartel Geral, uma reunião para apresentar o esquema de segurança para o primeiro jogo da final do Campeonato Alagoano, que acontece no próximo domingo. 
A partida contará com 278 policiais militares, 30 homens de Cavalaria, 42 viaturas, 15 motocicletas e duas aeronaves. Outros 60 seguranças privados foram contratados pela FAF [Federação Alagoana de Futebol] para evitar a invasão de torcedores no campo.
Os portões do Estádio Rei Pelé serão abertos às 14h.
Crianças menores de 2 anos não poderão entrar. Já as maiores que 2 anos e menores que 14 deverão estar com identidade ou certidão de nascimento. Elas só entrarão acompanhadas dos responsáveis.
Adolescentes com idade entre 14 anos e 18 anos devem estar com identificação.
Será proibida a entrada com capacete, garrafas plásticas, guarda-chuva, bastão de selfie, roupas com emblemas da Mancha Azul e Comando Alvirrubro, papel picado, sinalizador com acionamento incendiário, laser, rolos de papel higiênico, bandeiras com mastro e isqueiros.
A FAF também acertou que vai reforçar as grades e tapumes para isolar os integrantes das torcidas organizadas e informou que está proibida faixa no setor 4 e 5 do Trapichão.
De acordo com o tenente-coronel Marlon Araújo, comandante do clássico, a ideia é repetir o que deu certo em outros clássicos e garantir a segurança dos expectadores
"A gente pede que o torcedor chegue mais cedo, não deixe para a última hora e que, assim, evite confusão. No mais, esperamos que seja um grande espetáculo para quem for ao estádio", explicou o major.
Participaram do encontro representantes das torcidas organizadas do CSA e CRB, do Corpo de Bombeiros, da SMTT, da Prefeitura de Maceió e do Procon.
NM com Eduardo Almeida e Thiago Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário