Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 30 de julho de 2017

Marcelo Vilar vê o ASA ineficiente nos contra-ataques e bolas paradas esta tarde

FOTO: ASCOM DO ASA

O treinador Marcelo Vilar credita a ineficiência nos contra-ataques e bolas paradas à derrota do ASA para o Sampaio Corrêa, na tarde deste sábado. Mas ressaltou que seu time foi guerreiro e que os jogadores têm se comportado como quem entra em campo para uma decisão.
- Novamente tomamos o gol quando tínhamos o escanteio a nosso favor. Acabamos perdendo numa jogada de contra-ataque deles. De nossa parte houve muito espírito de luta, só que isso não foi o suficiente para conquistarmos um melhor resultado na partida.
Marcelo Vilar também considera que a arbitragem influenciou:
- Inverteu muitas faltas e ainda não marcou um pênalti ao nosso favor, em jogada do meia Doda e que a bola bateu na mão do adversário dentro da área do Sampaio.
Restam agora seis rodadas para a fase classificatória ser concluída. Portanto, são 18 pontos em disputa. E o ASA se apega no fato que das seis partidas quatro vão ser em casa. A primeira delas é contra o Fortaleza, sábado que vem (5 de agosto), às 20h. Os outros compromissos do Gigante no Coaracy da Mata Fonseca são diante do Moto Club, Cuiabá e Confiança. Ainda atua fora contra o Salgueiro e Botafogo-PB.
Para tentar a reação diante do Fortaleza, o Gigante vai ter o retorno do atacante Leandro Kível, que contra o Remo recebeu o terceiro cartão amarelo. Porém, perdeu o lateral-esquerdo Airton. Jogador, que tomou cartão amarelo no 1º tempo, foi substituído no intervalo, e já do banco de reservas, quando observava a sequência da partida, foi expulso na tarde deste sábado por reclamação.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA