Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 14 de maio de 2017

CSA e ASA fazem clássico alagoano pela série C do Campeonato Brasileiro

FOTO: AILTON CRUZ/
Depois de se enfrentarem três vezes pelo Campeonato Alagoano - com uma vitória para cada lado -, CSA e ASA voltam a se enfrentar neste domingo, pela estreia das equipes na Série C do Brasileirão. O confronto que coloca frente a frente vice-campeão e 3º colocado no Estadual, respectivamente, acontece às 16h, no Rei Pelé.
Os representantes de Alagoas estão no grupo A, que mais oito equipes, das regiões, Nordeste, Norte e Centro-oeste. A Série C é dividida em duas chaves com 10 times cada. Os quatro melhores de cada grupo passam para a próxima fase, já eliminatória. As equipes que conseguirem chegar às semifinais estarão, automaticamente, garantidas na Segundona do próximo ano.
CSA e ASA vivem situações diferentes. Apesar de não ter chegado à decisão, o Fantasma manteve a base do time que disputou o Alagoano, além de seu treinador - eleito o melhor do Estadual -, o que não aconteceu com o CSA, que, após ser derrotada pelo CRB nas finais, demitiu Oliveira Canindé e contratou Ney da Matta, além de ter dispensa oito atletas, contratando outros 15 até aqui. 
O Alvinegro ganhou o reforço do zagueiro Mauro Viana e do lateral-direito Everton, que foram regularizados e já podem estrear neste domingo. Porém, a base do time que bateu o Murici, na disputa pelo 3º lugar, em Arapiraca, deve ser mantida, com Carlão; Douglas, Eron, André Lima e Airton; Mazinho, Juninho, Leanderson e Thiago Souza; Jean Carlos e Leandro Kível. 
Pelo time do Mutange, o novo comandante também não deve promover nenhuma mudança, já que teve pouco tempo, inclusive, para conhecer seus comandados. Sendo assim, a provável escalação do CSA para o duelo desta tarde tem Mota; Celsinho, Leandro Souza, Thales e Rafinha; Dawhuan, Everton Heleno, Didira e Daniel Costa; Vanger e Thiago Potiguar.


E o confronto de logo mais terá arbitragem local, com Júlio Cesar Farias no apito. Ele será auxiliado por Pedro Jorge Santos Araújo e Rondinelle dos Santos Tavares, todos do quadro CBF.
NM com Marcio Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário