Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 14 de maio de 2017

Na volta ao Campeonato Brasileiro da Série C, CSA derrota o ASA por 3x0

FOTO: AILTON CRUZ

Na sua volta ao Campeonato Brasileiro da Série C, após nove anos, o CSA não deixou barato ao aplicar 3x0 no ASA jogando na tarde deste domingo no Estádio Rei Pelé.
O resultado teve direito a estreante balançar a rede adversária: atacante Michel Douglas. Os outros gols foram assinalados por Marcos Antônio e Vanger.
Este placar deixa inclusive o Azulão na liderança provisória do grupo A por causa do saldo de gols. Mas a rodada de estreia só vai ser encerrada nesta segunda-feira com a partida Confiança x Salgueiro.
O CSA agora sai para enfrentar o Sampaio Corrêa enquanto que o ASA vai receber a visita do Remo. Estes jogos vão ser no próximo sábado, dia 20, começando simultaneamente às 16h.
Como foi
A partida foi marcada por estreias. Pelo lado do CSA, Michel Douglas, Dick e Boquita; pelo do ASA, Jhulliam e Everton.
O primeiro bom momento da partida foi criado pelo CSA. Thiago Potiguar avançou e deu passe em direção a Michel Douglas, mas a defesa do ASA se antecipou e tocou para a linha de fundo, gerando o  primeiro escanteio do jogo.
O CSA começou imprimindo jogo veloz, principalmente quando partia em contra-ataque. Mas o jogo tinha poucos momentos de área. Até que aos 31 minutos o contragolpe azulino funcionou. O ASA perdeu a bola em mais um avanço ao ataque, Daniel Costa tocou para Thiago Potiguar, que lançou para Marcos Antônio. Este, na falha do marcador, tirou do goleiro Carlão para abrir o placar.
O ASA, que explorava mais as bolas paradas, mexeu logo após sofrer o primeiro gol, com o treinador Maurílio Silva trocando Airton por Léo Campos. Mas seria surpreendido antes de ir para o intervalo, pois aos 47 minutos o estreante atacante Michel Douglas, que já havia desperdiçado chance da entrada da área, agora ao perceber Carlão adiantou tocou no canto oposto do goleiro alvinegro para fazer 2x0.
O 2º tempo começou com o atacante Leandro Kível percebendo o goleiro Mota adiantado, mas este teve poder de recuperação e praticou a defesa. Logo em seguida foi a vez de Daniel Costa ter em seus pés a chance de ampliar para o CSA - a primeira aos 3 e a segunda aos 11 minutos. Porém, não era seu dia de balançar a rede adversária.
O técnico Maurílio Silva foi deixando seu time mais ofensivo na tentativa de buscar a reação. E teve pelo menos dois bons momentos: o primeiro foi aos 19, com o volante Juninho chutando forte para arrojada defesa do goleiro Mota; e o segundo aos 41 minutos, quando o armador Leanderson finalizou de fora da área, a bola resvalou no zagueiro Leandro Souza e o goleiro Mota teve que se esticar para espalmar para escanteio.
Um minuto após Leanderson, que estava de cartão desde o 1º tempo, empurrou Vanger quando o CSA tentava mais um contra-ataque e foi expulso. Na sequência, a bola chegou nos pés de Vanger, que decidiu arriscar para o goleiro Carlão defender parcialmente e cometer pênalti em Dick, que chegava para pegar o rebote e concluir em gol. Mas aos 44 o atacante Vanger foi para a cobrança, colocou bola no canto e goleiro no outro para fazer 3x0 para o CSA e dar números finais aos jogo, que na etapa complementar teve quatro minutos de acréscimos.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA SOLIDÁRIO