Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 14 de maio de 2017

Na volta ao Campeonato Brasileiro da Série C, CSA derrota o ASA por 3x0

FOTO: AILTON CRUZ

Na sua volta ao Campeonato Brasileiro da Série C, após nove anos, o CSA não deixou barato ao aplicar 3x0 no ASA jogando na tarde deste domingo no Estádio Rei Pelé.
O resultado teve direito a estreante balançar a rede adversária: atacante Michel Douglas. Os outros gols foram assinalados por Marcos Antônio e Vanger.
Este placar deixa inclusive o Azulão na liderança provisória do grupo A por causa do saldo de gols. Mas a rodada de estreia só vai ser encerrada nesta segunda-feira com a partida Confiança x Salgueiro.
O CSA agora sai para enfrentar o Sampaio Corrêa enquanto que o ASA vai receber a visita do Remo. Estes jogos vão ser no próximo sábado, dia 20, começando simultaneamente às 16h.
Como foi
A partida foi marcada por estreias. Pelo lado do CSA, Michel Douglas, Dick e Boquita; pelo do ASA, Jhulliam e Everton.
O primeiro bom momento da partida foi criado pelo CSA. Thiago Potiguar avançou e deu passe em direção a Michel Douglas, mas a defesa do ASA se antecipou e tocou para a linha de fundo, gerando o  primeiro escanteio do jogo.
O CSA começou imprimindo jogo veloz, principalmente quando partia em contra-ataque. Mas o jogo tinha poucos momentos de área. Até que aos 31 minutos o contragolpe azulino funcionou. O ASA perdeu a bola em mais um avanço ao ataque, Daniel Costa tocou para Thiago Potiguar, que lançou para Marcos Antônio. Este, na falha do marcador, tirou do goleiro Carlão para abrir o placar.
O ASA, que explorava mais as bolas paradas, mexeu logo após sofrer o primeiro gol, com o treinador Maurílio Silva trocando Airton por Léo Campos. Mas seria surpreendido antes de ir para o intervalo, pois aos 47 minutos o estreante atacante Michel Douglas, que já havia desperdiçado chance da entrada da área, agora ao perceber Carlão adiantou tocou no canto oposto do goleiro alvinegro para fazer 2x0.
O 2º tempo começou com o atacante Leandro Kível percebendo o goleiro Mota adiantado, mas este teve poder de recuperação e praticou a defesa. Logo em seguida foi a vez de Daniel Costa ter em seus pés a chance de ampliar para o CSA - a primeira aos 3 e a segunda aos 11 minutos. Porém, não era seu dia de balançar a rede adversária.
O técnico Maurílio Silva foi deixando seu time mais ofensivo na tentativa de buscar a reação. E teve pelo menos dois bons momentos: o primeiro foi aos 19, com o volante Juninho chutando forte para arrojada defesa do goleiro Mota; e o segundo aos 41 minutos, quando o armador Leanderson finalizou de fora da área, a bola resvalou no zagueiro Leandro Souza e o goleiro Mota teve que se esticar para espalmar para escanteio.
Um minuto após Leanderson, que estava de cartão desde o 1º tempo, empurrou Vanger quando o CSA tentava mais um contra-ataque e foi expulso. Na sequência, a bola chegou nos pés de Vanger, que decidiu arriscar para o goleiro Carlão defender parcialmente e cometer pênalti em Dick, que chegava para pegar o rebote e concluir em gol. Mas aos 44 o atacante Vanger foi para a cobrança, colocou bola no canto e goleiro no outro para fazer 3x0 para o CSA e dar números finais aos jogo, que na etapa complementar teve quatro minutos de acréscimos.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário