Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 5 de novembro de 2016

CRB vence o Náutico por 1 a 0, sobe para 7º e fica a 3 pontos do G4 da Série B

O CRB recebeu o Náutico, na tarde deste sábado (5), no Estádio Rei Pelé. O jogo era de fundamental importância para o CRB continuar sonhando com o acesso à Série A. O Galo venceu a partida pelo placar de 1 a 0. Matheus Galdezani marcou o gol da vitória alagoana. Com o resultado, o alvirrubro chegou a 52 pontos e está a 3 pontos do Avaí, atual quarto colocado da competição. O Tupi será o próximo adversário regatiano, na próxima terça-feira (8), no interior de Minas Gerais.
Precisando vencer para continuar sonhando com o acesso à Série A, a torcida do CRB compareceu em bom número ao Rei Pelé. Além disso, uma caravana com cerca de 2 mil torcedores do Náutico também marcaram presença em Maceió.
Dentro de campo, as equipes sabiam que o jogo seria de muita pegada e tensão. Durante a primeira etapa da partida, os times pouco produziram. Na volta para o segundo tempo, o jogo ganhou mais qualidade técnica.

A torcida regatiana compareceu em bom número ao Rei Pelé
FOTO: AÍLTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS




















Confira o gol da partida!

Matheus Galdezani marca o gol do CRB na vitória sobre o Náutico, em Maceió
Galo venceu o Timbú por 1 a 0 e segue vivo na luta por uma vaga na Série A

O jogo
Mesmo jogando em casa, o CRB não conseguiu manter seu ritmo de jogo durante o primeiro tempo da partida.
Nitidamente nervoso, o time alvirrubro pecou por diversas vezes no toque de bola. Jogadores com técnica apurada, como o meia Gérson Magrão, errou passes considerados simples. Porém, a defesa regatiana foi firme e não sofreu grandes sustos.
O único lance de perigo de todo o primeiro tempo foi aos 35 minutos, quando Joazi cruzou na cabeça de Tiago Adan, que escorou para Marco Antônio finalizar para fora.

Vitória do CRB sobre o Náutico deixou o Galo mais próximo do G4
FOTO: AILTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS




















Se o primeiro tempo foi pobre do ponto de vista técnico, o segundo foi rico em emoção e chances criadas, principalmente pelo lado regatiano. Logo no primeiro minuto, Gérson Magrão arriscou de fora da área e Júlio César - do Náutico - mandou para escanteio.
O Náutico respondeu no minuto seguinte com Marco Antônio, que cobrou falta diretamente para o gol e assustou o goleiro Júlio César, do CRB.
A partir daí, só deu Galo. Aos 17 minutos, Wellinton Júnior arrancou pela esquerda, ganhou da marcação na velocidade e finalizou para fora. O lance animou a torcida do regatiana, no Rei Pelé.
Aos 33 da segunda etapa, Eder levantou na área para Flávio Boaventura cabecear para fora. Dois minutos depois, após contra ataque, Zé Carlos passou para Matheus Galdezani, que finalizou para o fundo do gol e abriu o placar para o CRB.

Matheus Galdezani fez o gol que devolveu a esperança regatiana pelo acesso à Série A 
FOTO: AÍLTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS





















O Náutico tentou pressionar o Galo, mas sem sucesso. O único lance de perigo do Timbu foi aos 42 minutos, quando o atacante Rony avançou pela direita e finalizou para fora. A bola ainda bateu na rede pelo lado externo.
NM com Fillipe Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário