Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 1 de julho de 2016

EUA classificam três atletas no salto em distância feminino da Rio 2016

Os Estados Unidos conheceram neste sábado alguns dos atletas que representarão o país no atletismo da Rio 2016. Em seletiva realizada na cidade americana de Eugene, os americanos garantiram três vagas no salto em distância feminino graças aos índices obtidos por Brittney Reese, Tianna Bartoletta e Janay DeLoach.  Nos Jogos de Londres 2012, Brittney conquistou o ouro na prova, com Janay ficando com o bronze. Já Tianna ostenta o status de campeã olímpica do revezamento 4 x 100 m na mesma Olimpíada.
Brittney Reese, Tianna Bartoletta e Janay DeLoach atletismo EUA (Foto: Divulgação/US Olympic Team)Brittney Reese, Tianna Bartoletta e Janay DeLoach garantiram vaga na Rio 2016 (Foto: Divulgação/US Olympic Team)
Dona de três títulos mundiais em pista aberta (2009, 2011 e 2013) e dois em pista coberta (2010 e 2012), Brittney Reese conseguiu a classificação no salto em distância ao vencer a seletiva saltando uma distância de 7,31 metros. Com 7,02 metros de marca,  Tianna Bartoletta ficou com a prata, enquanto Janay DeLoach levou o bronze da seletiva com 6,93 metros saltados.
Atual número 1 do mundo no decatlo, Asthon Eaton vai vencendo a seletiva da sua prova com 4.560 pontos. Desde a medalha de ouro em Londres 2012, o americano de 28 anos tem dominado todas as competições internacionais. Ele foi campeão mundial em pista aberta em 2013 e 2015 e venceu os Mundiais em pista coberta de 2012, 2014 e 2016. As provas do decatlo continuam neste domingo.
Brittney Reese atletismo Estados Unidos (Foto: Divulgação/US Olympic Team)Brittney Reese é a atual campeã olímpica da prova (Foto: Divulgação/US Olympic Team)
Outros atletas classificados neste sábado na seletiva de Eugene foram: Whtiney Ashley, Shelbi Vaughan e Kesley Card no lançamento de disco feminino; Ryan Crouser no arremesso de peso masculino; Molly Huddle, Emily Infeld e Marielle Hall nos 10.000m feminino.  
GATLIN EVITA FALAR SOBRE BOLT

Principal rival de Usain Bolt, Justin Gatlin venceu a sua bateria deste sábado válida pela primeira rodada da seletiva dos 100m. Com o tempo 10.03 segundos, ele volta a competir neste domingo, quando disputa a semifinal e a final. Ao ser perguntado sobre a lesão de Bolt, Gatlin tentou desconversar falando que a sua principal preocupação neste momento é conseguir a classificação para a Rio 2016 via seletiva.
- Talvez se eu fosse um novato eu poderia me empolgar neste momento, mas posso dizer que a minha única preocupação agora é a seletiva - afirmou Gatlin, que disse que custou a acreditar na lesão do rival, achando que se tratasse de uma brincadeira, já que o americano foi informado primeiramente por um amigo via celular.
Tyson Gay e Mike Rodgers foram outros atletas a comentar sobre a lesão de Bolt neste sábado durante a seletiva em Eugene. Enquanto Gay lembrou que lesões em favoritos são comuns antes de grandes competições, Rodgers destacou que Bolt pode ser convocado para a equipe olímpica jamaicana mesmo sem conseguir o índice na seletiva.
- Ele deve ser tratado como ser humano, embora saibamos que ele é o Bolt. É como o Michael Jordan e o LeBron James. São astros, mas não passam de homens e estão sujeitos às coisas que acontecem com todo mundo - finalizou Mike Rodgers.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA