Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Jaelson afirma que garotos do ASA estão prontos para o time profissional

Jaelson Marcelino comandou o time sub-20 do ASA na conquista do Campeonato Alagoano da categoria. Enquanto esteve à frente do time alvinegro, o treinador conheceu atletas que, segundo ele, têm um futuro promissor no futebol. Com a afirmação do técnico Vica, que vai dar oportunidade aos garotos da base na equipe que vai disputar o estadual, em entrevista Jaelson, que mostrou entusiasmo com a possibilidade dos seus ex-comandados terem uma chance no profissional.
- O trabalho de base lá no ASA foi muito bem feito. O Paulo Silva fez um trabalho de base excepcional e eu cheguei lá para complementar o trabalho dele. E lá encontrei jogadores com muita qualidade e eu tenho certeza que os jogadores que o Vica aproveitar terão condições de jogar no profissional. São meninos de muita qualidade e que tiveram um grande trabalho feito pelo Paulo Silva. Tenho certeza que se o Vica aproveitar esses jogadores ele vai ter em mãos bom jogadores. Eu sempre falava para todos os atletas que aquele campeonato seria um trampolim para que eles pudessem chegar no profissional. 
Jaelson revelou alguns atletas que estão prontos para defender o Alvinegro na próxima temporada, mas salientou que o trabalho tem que ser feito a longo prazo.  
- O Vica vai encontrar bons jogadores e que realmente precisam de oportunidade. O Gaspar, volante, o Dudé, que bom atacante canhoto, o Klenisson, esse é guerreiro e tem muita qualidade, o Levi, que é um bom zagueiro, o Bruninho, meia, e o Rafael, meia direita que é um cara diferente e joga muito. Tem o Batata, que é volante e tem muita pegada. Enfim, tem outros bons jogadores como o Carlinhos e o Diogo, goleiro. Se o Vica aproveitar esses meninos com certeza daqui uns dois ou três anos ele vai ter grande jogadores.
ASA Sub-20 (Foto: Reprodução/ Facebook ASA)
Alguns jogadores do Sub-20 terão oportunidade no time principal em 2016 (Foto: Reprodução/ Facebook ASA)

Com as poucas oportunidades para os jogadores das categorias de base, o treinador acrescentou que tudo é uma questão de olhar. Preocupado com a cobrança que alguns jovens talentos recebem antes da hora, Jaelson citou o caso do atacante Sorin, do CSA, e destacou que o trabalho de base tem que ser feito com cautela. 
- Acho que falta mais oportunidade. Muitas vezes os clubes lançam um garoto no profissional e de repente o menino não faz uma boa partida por ser uma estreia e é crucificado. O Sorin, do CSA, fez um excelente Campeonato Alagoano e no segundo semestre quase que não jogou. Mas é um jogador que tem muita qualidade e o CSA vai ganhar muito com aquele menino. Os clubes têm que dar mais oportunidade para essa garotada para que todos peguem experiência. Mas outra coisa é preparar o atletas desde o sub 13 e não ter pressa. Tem que ter uma sequência, apoio e estudar que é importante. Não é por um jogo que vai se medir a qualidade do jogador, tem que ter paciência e preparar o atleta. 
Com a conquista do sub-20 do Alagoano, o ASA ganhou o direito de disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016, porém, as dificuldades financeiras vivida pelo clube fizeram a  direção alvinegra abrir mão da vaga.
NM com globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA