Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 18 de junho de 2019

Diretoria do CSA dispensa lateral-esquerdo Pedro Rosa e zagueiro Rony

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Figurando na zona do rebaixamento, o CSA segue fazendo mudanças no grupo de jogadores para a sequência da Série A do Campeonato Brasileiro. Depois de anunciar quatro contratações no último final de semana, o Azulão comunicou nesta segunda-feira (18), as dispensas do lateral-esquerdo Pedro Rosa e do zagueiro Rony. 
Ambos os atletas não vinham sendo utilizados pela comissão técnica azulina, e sequer entraram em campo com a camisa maruja pelo Brasileirão. Por isso, de acordo com o clube, o lateral chegou a um acordo com a diretoria e rescindiu seu contrato, enquanto o zagueiro, que estava emprestado pelo São Paulo, retornou para o Tricolor.
Pedro Rosa chegou ao CSA em dezembro do ano passado. Ele foi titular no primeiro teste do Azulão na temporada, no amistoso contra o Central-PE, mas não conseguiu se firmar com a camisa maruja. Ao todo, ele fez seis jogos pelo Azulão, mas não marcou nenhum gol.
Apesar de ter desembarcado em Maceió no início de fevereiro de 2018, Rony teve poucas oportunidades no CSA. Formado nas categorias de base do São Paulo, o defensor de 21 anos chegou como uma grande promessa, mas passados mais de um ano, também deixa o clube com apenas seis partidas realizadas.
Vivo no mercado
Seguindo a proposta de fortalecer o elenco visando a permanência no Brasileirão da próxima temporada, o CSA segue ativo no mercado. Depois de bancar a continuidade do trabalho do técnico Marcelo Cabo, a diretoria azulina pretende trazer mais peças que possam dar ao treinador possibilidades de trabalhar a equipe e extrair o máximo dos atletas.
Atacante Ricardo Bueno negocia transferência para o CSA
FOTO: JL ROSA










O nome da vez é o do atacante Ricardo Bueno, que atualmente defende outro clube nordestino na 1ª Divisão: o Ceará. O jogador de 31 anos é o artilheiro do Vozão na temporada, marcando 10 gols em 26 jogos. Aliás, dois destes foram anotados contra o próprio CSA, na goleada por 4x0 do time cearense sobre os alagoanos na estreia do Brasileiro, em Fortaleza-CE.
Apesar dos números no alvinegro, onde tem contrato até o final de 2019, Bueno demonstrou interesse em deixar o clube e, desde então, perdeu espaço no time do técnico Enderson Moreira. 
Além disso, o centroavante  já atuou pelo Ceará em seis partidas da Série A, e, caso completasse a sétima, estaria impossibilitado de jogar por outro clube na competição. Por isso, o atacante não foi relacionado nas duas últimas partidas do Vozão, antes da pausa para a Copa América, o que aumenta a expectativa para que Bueno e CSA cheguem a um acordo nos próximos dias.
NM com Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário