Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 23 de junho de 2018

CRB marca aos 46 do 2º tempo, mas cede empate ao Paysandu dois minutos depois

FOTO: AILTON CRUZ
Não foi mesmo a noite do CRB. Depois de conseguir abrir o marcador ao apagar das luzes, já nos acréscimos, aos 46 minutos, o Galo deixou escapar a vitória e ficou no empate em 1 a 1 com o Paysandu-PA, em duelo na noite deste sábado, 23, véspera de São João, no Estádio Rei Pelé. A partida fechou a 12ª rodada da Serie B do Brasileiro.
Anderson Conceição fez o gol do Regatas e Magno empatou para o Paysandu, ambos nos acréscimos do segundo tempo. Com este empate, o CRB segue na zona da degola, na 18ª posição, com 12 pontos. Já o Papão é o 7º colocado, com 17 pontos.
Na 13ª rodada, o próximo jogo do Galo será contra o Goiás, às 21h30 da terça-feira que vem, 26, em Goiânia, enquanto o Papão vai encarar o Fortaleza, no Mangueirão, em Belém, mas somente no próximo sábado, 30, às 20h30.
A partida
O jogo começou com o CRB tendo mais iniciativa, mas sem concluir em gol. Quando tentou armar um contragolpe, aos 11 minutos, Carandina deu uma rasteira em Leilson. O árbitro viu vantagem para o Galo, mas, na sequência, Neto Baiano acabou desarmado. Aos 13 minutos, nova tentativa do CRB. Mazola recebeu livre de marcação pela direita e chutou de primeira, rasteiro. O goleiro Renan Rocha, atento, salvou o Papão com os pés.
CRB 1x1 Paysandu (Série B 2018)
Confira os melhores momentos da partida no Rei Pelé
Aos 17 minutos, o Paysandu tentou em cobrança de escanteio pela esquerda, mas a zaga regatiana afastou o perigo pelo alto. O Papão chegou novamente aos 23. Dionatha cobrou falta e mandou no segundo pau, buscando o zagueiro Diego Ivo, mas o árbitro assistente assinalou impedimento.
O CRB tentava, mas não conseguia acertar o último passe. E a partir dos 25 minutos, o jogo começou a ficar pobre em emoção. Na sequência, Galo e Papão alternaram uma chance cada. A do Paysandu veio com Claudinho, que fez boa jogada pela direita e lançou Dionatha, que cruzou rasteiro, mas Claudinei cortou para escanteio. Já a do CRB surgiu dos pés de Rafael Carioca, que recebeu de Neto Baiano pela esquerda, mas cruzou em cima de Dionatha e ficou com o escanteio. Na cobrança, a zaga do Paysandu cortou pelo alto e, na sobra, Neto Baiano não conseguiu cabecear.
Aos 33 minutos, o Galo teve uma grande chance. Diego Rosa recebeu de Rafael Carioca pela esquerda e cruzou rasteiro. Neto Baiano se jogou na bola com um carrinho, mas a deixou passar de frente para o gol, desperdiçando a oportunidade. Já aos 45, o Galo chegou mais uma vez, de de novo com Neto, que raspou a bola de cabeça e Mazola dominou pela esquerda, devolvendo para o artilheiro regatiano, que chegou atrasado e viu o goleiro Renan fazer a defesa na pequena área.
Neto Baiano teve ao menos duas grandes chances de marcar no Trapichão
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS











CRB deixa escapar a vitória
Na etapa final, a primeira investida de perigo foi do Paysandu. O volante Renato Augusto recebeu pela direita e chutou da entrada da área. A bola passou perto do travessão de João Carlos. Mas o Regatas reagiu aos 7 minutos, com chute forte de Rafael Carioca, mas a bola explodiu no marcador. Três minutos depois, Willians Santana - que entrou no lugar de Diego Rosa - armou contragolpe perigoso, mas errou a assistência e desperdiçou boa chance para o Galo.
O jogo ficou mais aberto no segundo tempo. Como o CRB precisava do resultado, partia para cima, mas deixou espaços para o contragolpe. Já aos 16, após cruzamento da esquerda, Neto Baiano ajeitou de cabeça, em lance no segundo pau, para o volante Lucas, mas este não conseguiu concluir embaixo da trave.
Pouco depois, aos 25 minutos, o Galo teve outra boa oportunidade de abrir o placar. Após três cruzamentos seguidos, o volante Claudinei pegou sobra de bola na entrada da área e chutou rasteiro, mas viu a redonda passar raspando o poste esquerdo do goleiro.
Meia-atacante Diego Rosa não fez bom 1º tempo e foi substituído no intervalo
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS











O Paysandu respondeu um minuto depois e, por pouco, não balançou a rede. Moisés recebeu na entrada da área, fintou bonito o zagueiro Conceição e chutou à queima roupa. João Carlos fez grande defesa e a bola acertou o poste direito do goleiro, para alívio do torcedor alvirrubro.
O tempo passava e o torcedor perdia a paciência com o time da casa, pois, faltava um pouco mais de tranquilidade e capricho no último passe, bem como na conclusão. Para aumentar ainda mais a agonia alvirrubra, o time paraense voltou a assustar em duas oportunidades. Numa delas, aos 32 minutos, o goleiro João Carlos novamente mostrou que é peça fundamental na equipe regatiana.
O jogo se aproximava do final quando, aos 41 minutos, o Galo teve uma oportunidade em cobrança de falta. Neto Baiano foi para a cobrança e tirou da barreira com um chute rasteiro, mas mandou a bola à esquerda do goleiro Renan, que só fez observar. 
Sem perder a esperança, o torcedor regatiano não deixava o estádio. O Galo foi para o tudo ou nada nos minutos finais e acabou premiado já nos acréscimos, aos 46 minutos. Rafael Carioca cruzou da esquerda e mandou no primeiro pau. Lucas desviou de cabeça, mas Anderson Conceição completou na pequena área, "matando" o goleiro Renan: 1 a 0.
Mas, quando o jogo já parecia encerrado e o torcedor regatiano já celebrava a importante vitória, veio a ducha de água fria: o gol de empate do Papão. Aos 48 minutos, Mike cruzou da direita na segunda trave e o atacante Magno, livre de marcação no segundo pau, cabeceou mesmo sem ângulo, sem chance para João Carlos: 1 a 1. 
CRB - João Carlos; Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca; Claudinei, Lucas e Leilson (Tinga); Mazola (Alípio), Diego Rosa (Willians Santana) e Neto Baiano. Técnico: Júnior Rocha.
Paysandu - Renan Rocha; Matheus Silva, Diego Ivo, Edimar e Mateus Müller; Renato Augusto, Nando Carandina, Thomaz (Pedro Carmona) e Claudinho (Mike); Moisés e Dionatha (Magno). Técnico: Dado Cavalcanti.
Jogadores regatianos deixaram o campo de jogo cabisbaixos em razão do resultado
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
NM com fernanda medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário