Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 18 de abril de 2018

CSA tenta regularizar últimos contratados para jogo contra o São Bento

FOTO: ASCOM DO CSA/EDUARDO VIEIRA/RCORTEZ
Entre as últimas contratações confirmadas pelo CSA, quatro delas ainda apresentavam pendências nesta terça-feira, com a direção azulina ainda tentando regularizar todos os atletas recém-chegados, de modo que o treinador Marcelo Cabo passe ter mais opções já a partir do jogo desta sexta-feira, contra o São Bento, em Sorocaba-SP.
Os profissionais que ainda não foram regularizados eram o goleiro Lucas Frigeri, o volante Ferrugem, o meia Felipe Dorta e o atacante Walter, cuja situação seria a mais burocrática porque o jogador é vinculado ao Porto de Portugal. Porém, no início nesta noite apareceram no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF os nomes de Lucas Frigeri e de Ferrugem.
Quem está apto, já tendo sido relacionado para a partida contra o Goiás, é o zagueiro Elivelton. À Rádio Gazeta, ele falou sobre a experiência da estreia, apesar de ter atuado por apenas dez minutos.
- Sair de campo com a vitória é muito importante. Sabemos que a Série B é muito difícil e que largar à frente é uma grande vantagem. Todo mundo fala que é fundamental vencer em casa, e vencemos, ainda mais diante de um adversário que é muito qualificado. Em campeonato de pontos corridos, temos que procurar somar tanto em casa, quanto fora. Sobre o próximo confronto, contra o São Bento, no interior paulista, é ter tranquilidade, procurar fazer um bom jogo e, se possível, trazer três pontos. Já o empate também seria muito bom para a nossa caminhada. Enfim, é encarar cada jogo como uma final.
Já o meia Velicka, que não saiu do banco de reservas, falou de sua impressão sobre a estreia azulina.
- Foi muito bom. O time jogou bem e pressionou o adversário durante a maior parte do tempo. Criou muitas chances de gol contra uma equipe muito forte e que certamente vai brigar pelo acesso. Jogador não gosta de ficar no banco, mas temos que respeitar os companheiros que aqui já se encontravam. Tudo tem o seu tempo. É procurar fazer uma boa atuação quando a oportunidade vier. O espírito de luta foi o que mais me impressionou. E se aquela vontade permanecer, de repente poderemos até brigar pela parte de cima da tabela".
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário