Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

CSA fica no empate em 1x1 com Murici e reassume liderança no grupo B

O CSA perdeu os 100% de aproveitamento no Campeonato Alagoano. Porém, o time do Mutange se tornou o único invicto com o empate em 1x1 na noite desta quinta-feira (16), quando encarou o Murici, no Estádio José Gomes da Costa, pela 5ª rodada do Estadual. Com este resultado, o Azulão foi a 13 pontos e reassumiu a liderança isolada no grupo B.
Tudo porque o ASA acabou derrotado por 3x1 também nesta noite, em partida realizada no Estádio Edson Matias, em Olho d'Água das Flores, Sertão alagoano. Com isso, o Alvinegro estacionou nos 12 pontos, ficando apenas 1 atrás do CSA, enquanto o CEO assumiu a vice-liderança de sua chave, com 6 pontos, 4 a menos que o líder CRB.
O Murici, por sua vez, somou seu segundo ponto em cinco jogos até aqui. O time comandado pelo técnico Roberval Davino segue sem vencer na competição - com 2 a menos que o Sete de Setembro, ainda segura a lanterna no grupo A. 

Goleiro Dias faz importante defesa no 1º tempo, salvando o Murici
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS




















Agora, a equipe comandada pelo técnico Oliveira Canindé já começa a voltar suas atenções para o clássico contra o Galo na tarde do próximo domingo, no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe, e com os portões fechados - em virtude de punição imposta pelo STJD, após confronto entre torcedores de CSA e CRB no gramado do Rei Pelé, na final do Alagoano 2016.

Encerrada a 5ª rodada, confira a classificação do Alagoano
FOTO: REPRODUÇÃO/FAF





















Até lá, Canindé espera já poder contar com o volante Panda e o atacante Luis Soares, que, sob os cuidados do departamento médico, seguem em fase de recuperação. A dúvida, por ora, gira em torno do goleiro Mota, que, lesionado, deixou a partida em Murici ainda no intervalo.

Everton Heleno chuta forte em cobrança de pênalti para abrir o placar
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS




















"O Murici é uma forte equipe. Não é a toa que se classificou na Copa do Brasil ao vencer em casa o Juventude-RS, time que subiu para a Série B do Brasileiro. Ou seja, jogar aqui não é e nunca será fácil", comentou, durante entrevista coletiva, o treinador azulino, que também destacou a exibição do jovem Dawhan, volante que atuou durante os 90 minutos.
O jogo

Canindé valorizou resultado em Murici
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
O CSA entrou em campo com mudanças em relação ao time "misto" que iniciou a partida contra o CEO, na segunda-feira. Uma delas teve o atacante Jacó ganhando a preferência entre os titulares, jogando ao lado de Thiago Potiguar. 
O time do Mutange tomou a iniciativa, mas quase viu o Murici abrir o marcador aos 31 minutos. O jogo era equilibrado, até que, aos 50, Cleyton sofreu pênalti e Everton Heleno converteu a cobrança para o time visitante: 1x0.
Para o segundo tempo, Canindé foi obrigado a processar sua primeira substituição, trocando Jeferson por Mota. E foi numa falha do primeiro que, logo aos dois minutos, o Murici acabou deixando tudo igual. Após cobrança de falta, o goleiro azulino falhou ao deixar a pequena área e viu o zagueiro Sinval tocar para o fundo da rede: 1x1.
Canindé ainda trocou Marcos Antônio por Didira, promovendo também a estreia do meia Daniel Costa, que substituiu Cleyton. As alterações não surtiram o efeito esperado, já que o CSA não criava o bastante. Mas a disputa até ganhou em emoção nos minutos finais, com o Murici desperdiçando ao menos duas oportunidades de sair com a vitória.
Já aos 47, no último lance da partida, Everton Heleno aproveitou rebote do goleiro Dias e quase marcou o segundo gol azulino, chutando forte e acertando o travessão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA