Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Com Bia e Branca Feres, Brasil terá irmãos gêmeos nos Jogos pela 4ª vez

Pela primeira vez na história, os Jogos Olímpicos contarão com a participação de trigêmeos: são as maratonistas Leila, Liina e Lily Luik, da Estônia, classificadas para o Rio 2016. No caso do Brasil, outra marca expressiva envolvendo irmãos será alcançada em agosto: Bia e Branca Feres, do nado sincronizado, serão o quarto caso de gêmeos a representarem o país em Olimpíadas.
As irmãs cariocas, bronze por equipes nos Jogos Pan-americanos Rio 2007, estão confirmadas no conjunto brasileiro que disputará os Jogos Olímpicos em agosto e farão sua estreia no evento. 
Os primeiros irmãos gêmeos brasileiros nas Olimpíadas foram Aluísio e Arnaldo Marsili, do polo aquático. Eles integraram a seleção na Cidade do México, em 1968. Na mesma edição dos Jogos, o Brasil também contou com os velejadores Axel e Erik Schmidt, tios de Torben e Lars Grael. Ambos estiveram também em Munique 1972. Os dois, por sinal, têm no currículo a medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos Chicago 1959 e a prata em São Paulo 1963. 
Por fim, Carolina e Isabela de Moraes, também do nado sincronizado, defenderam o Time Brasil nas Olimpíadas de Sydney 2000 e Atenas 2004. Nas duas ocasiões, elas conseguiram a classificação para a final e terminaram na décima segunda colocação.
Delegação de nado sincronizado do Brasil no Mundia esportes aquaticos (Foto: Reprodução)
Bia e Branca integraram a seleção brasileira no Mundial de Esportes Aquáticos, em Kazan, em 2015 (Foto: Reprodução)

Nenhum comentário:

Postar um comentário