Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Tribunal de Justiça proíbe entrada de organizadas no clássico CSA x CRB

Reunião na sede do TJ começou a definir medidas para o Clássico das Multidões (Foto: Caio Loureiro / Tribunal de Justiça)Reunião na sede do TJ começou a definir medidas para o clássico (Foto: Caio Loureiro / Tribunal de Justiça)
O Tribunal de Justiça decidiu nesta quarta proibir o acesso das torcidas organizadas de CRB e CSA no Clássico das Multidões, marcado para domingo, às 16h, no Estádio Rei Pelé. Integrantes da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, além de representantes das torcidas e das polícias Civil e Militar, participaram do encontro na sede do TJ. A decisão ainda pode ser modificada na próxima sexta. 
De acordo com o juiz Celyrio Acioli, responsável pelo Juizado do Torcedor, as organizadas não cumpriram exigências definidas em audiência realizada no ano passado, como o cadastramento dos membros, e por isso não poderão entrar no estádio. Acioli destacou que o papel da Justiça é garantir pela paz nos estádios.
- As polícias estão fazendo sua parte para garantir mais segurança nas partidas, bem como a Defesa Social, para dar celeridade à confecção dos Termos de Ocorrência. Nesta sexta-feira, faremos uma reunião com membros das torcidas organizadas e da Federação Alagoana de Futebol - disse o juiz.
No entanto, o magistrado afirmou que um novo encontro será realizado na sexta, e ressaltou que a proibição ainda pode sofrer mudança.
- Caso elas apresentem a documentação antes do jogo, haverá a liberação para acompanhar a partida - explicou Celyrio Adamastor.
NM com globoesporte.com/al
CSA x CRB, no Rei Pelé (Foto: Jonathan Lins/G1)Organizadas de CSA e CRB têm até sexta-feira para cumprir exigências da Justiça (Foto: Jonathan Lins/G1)
Vice-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, o desembargador Tutmés Ayran garantiu que o objetivo do poder judiciário não é acabar com as organizadas, mas aumentar controle sobre a atuação delas nos estádios.
- Para haver paz nos estádios é preciso controle sobre os agentes. A presença do Juizado no Rei Pelé foi um avanço para garantir mais celeridade ao julgamento das ocorrências. Nosso objetivo não é extinguir as torcidas, que fazem bem ao espetáculo do futebol e devem ser preservadas - frisou. 
Comandante geral da Polícia Militar, o coronel Paulo Domingos de Lima Júnior garantiu que a PM está preparada para atuar no Clássico das Multidões.
- Temos que banir os maus torcedores, para que as pessoas que realmente respeitam o futebol voltem a frequentar os estádios - salientou.
Policiais do Bope disparam balas de borracha na torcida do CSA. Acuados, torcedores se deitam e pedem fim dos tiros (Foto: Caio Lorena / GloboEsporte.com)Policiais do Bope vão estar presentes mais uma vez no Rei Pelé (Foto: Caio Lorena / GloboEsporte.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA