Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Presente na CPI do futebol, Eurico faz críticas a Dinamite, Sul-Minas e até R-10

Atual presidente do Vasco, Eurico Miranda, marcou presença nesta quarta-feira a audiência da CPI do futebol, realizada em Brasília. A sessão que foi presidida por Romário contou com a presença de outro mandatário do futebol brasileiro, Roberto Andrade, que está à frente do Corinthians. Polêmico como sempre, Eurico fez críticas a criação da Sul-Minas, aos CEOs do futebol e sobrou até para Ronaldinho Gaúcho.
Eurico Miranda compareceu a CPI do futebol em Brasília
Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação




























"Eu nunca vi nada tão ilegal e tão imoral. Esse é o meu grande receio, para onde estão conduzindo o futebol brasileiro. Está no Estatuto do Torcedor, que é lei: você aprova e publica um calendário para o ano seguinte e de repente aparecem alguns e dizem "vamos mudar". É imoral porque é algo que prejudica terceiros. O Vasco não prejudica. Pelo contrário. Se me chamassem para participar, digo que não vou porque prejudicaria inúmeros outros clubes. Tenho contrato do Estadual, que disputam outros clubes. Em função da fragilidade da direção da CBF, do receio que os clubes pressionam para isso ou para aquilo, não tomam a atitude que tinham que tomar. Que fazer a liga? Façam, mas não pode ser no próximo ano", disse, sendo apoiado pelo presidente do Alvinegro Paulistano.

Sobre os atuais executivos do futebol, o presidente afirmou que estes geram gastos muito altos para os clubes. Neste momento, Eurico fez críticas ao seu antecessor, Roberto Dinamite.
"Passaram profissionais que dinamitaram o meu clube. O que tem de paraquedista se aproveitando no futebol... E isso não é de graça. CEO ganha R$ 150 mil por mês. Executivo de futebol ganha R$ 200 mil. Esse tipo de coisa é que leva à má gestão. Muito cuidado com esse negócio de modernização do futebol", afirmou.
Ao ser perguntado sobre altos salários no futebol pelo senador Hélio José (PSD/DF), que citou Ronaldinho Gaúcho e Romário. O presidente interrompeu a comparação entre o pentacampeão e o tetracampeão mundial.
"Com todo respeito, não compare o Ronaldinho Gaúcho ao Romário", finalizou.

NM com Odia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA