Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 27 de setembro de 2015

São Caetano goleia o Coruripe em primeiro jogo das oitavas de final

Coruripe e São Caetano se enfrentaram pela primeira partida da fase de oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. O primeiro jogo foi realizado no Estádio Gérson Amaral, casa da equipe alagoana. O placar do jogo terminou em 3 a 0 para a equipe paulista.



As equipes chegaram até essa etapa após se classificarem na fase de grupos da competição nacional. O Hulk conquistou 13 pontos no Grupo 3 e ficou com a pior campanha entre os classificados. Já a equipe paulista, ficou em primeiro lugar do Grupo 8, com 19 pontos, garantindo assim, a melhor campanha entre os que avançaram.

O Coruripe visava um bom resultado no primeiro jogo, levar para São Caetano a vantagem de empatar na tentativa de buscar a classificação às quartas de final da competição. Porém, com a goleada sofrida, o Hulk vai precisar de um placar improvável na casa do adversário.

O jogo

Com a missão de buscar um bom resultado em casa e garantir vantagem para o jogo da volta, no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, o Hulk tomou as ações nos primeiros 15 minutos.

Logo no primeiro lance da partida, a equipe alagoana já assustou o adversário. Aurélio chutou a bola, que passou próximo ao goleiro do time paulista. Em seguida, os alagoanos ainda tentaram chegar mais vezes ao gol do Azulão, mas não conseguiram finalizar.

O Coruripe seguiu trocando passes e tentando finalizar ao gol adversário. O Azulão demorou a ter a primeira chance. Somente aos 9 minutos, o São Caetano chegou com perigo. Jô faz boa tabela com Robson, que finalizou para a defesa do goleiro Gott.

Aos 15 do primeiro tempo, a equipe paulista começou a equilibrar a partida. 10 minutos depois, aos 25, Márcio Lima falha e Robson puxou o contra ataque. O atacante passou para Jô, que tocou para Neto chutar e abrir o placar para o time paulista.

A equipe alagoana sentiu o gol e estava visivelmente nervosa. O jogo mal recomeçou e o zagueiro Williames José fez pênalti em Ângelo. Robson foi para a cobrança e aumentou o placar para o São Caetano.

Desde então, a equipe paulista foi dominante em todo o restante da primeira etapa e conduziu o jogo a sua maneira. O São Caetano foi cadenciando a partida até o final do primeiro tempo.
Na volta para a segunda etapa, o Coruripe tentou chegar mais ao ataque, mas como no primeiro tempo, não conseguiu finalizar de maneira efetiva e quando chegou com mais clareza, esbarrou na boa atuação do goleiro Saulo.

O São Caetano seguiu dominando o jogo e continuou em uma zona de conforto, onde pouco atacou, mas pouco sofreu com as investidas do Verdão do Litoral.

Aos 21 minutos do segundo tempo, após escanteio, Robson lançou a bola para dentro da área do Hulk. O goleiro Gott saiu e afastou mal, a bola sobrou para o atacante Jô, que empurrou a bola para o gol, ampliando o placar para a equipe paulista.

Com o placar muito desfavorável, o técnico Evandro Guimarães colocou os atacantes Djalma, Fabiano e o meia Ivan. Mas as alterações não surtiram efeito e a equipe alagoana seguiu improdutiva até o final da partida.

Jogo da volta

Com o placar negativo de 3 a 0, a equipe alagoana vai precisar vencer o São Caetano por 4 gols de diferença para conseguir avançar às quartas de final. Já à equipe paulista, basta o empate para avançar para a próxima fase do Brasileirão da Série D.


NM com gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA