Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 8 de agosto de 2015

Zé Carlos decide e CRB vence o Náutico por 1x0

Atualizado às 19h11

Mesmo desfalcado, o CRB se reencontrou com a vitória na tarde deste sábado. De volta ao Rei Pelé, o Galo dominou as ações e bateu o Náutico por 1x0, diante de mais de 10 mil torcedores, com gol no segundo tempo do atacante Zé Carlos, e garantiu três importantes pontos na tabela de classificação da Série B. 


Com o resultado, o Galo foi a 22 pontos e subiu duas posições, assumindo o 13º lugar.

O único gol da partida saiu aos 14 minutos da etapa final, quando Zé Carlos pegou o rebote do goleiro Júlio César após escorar cruzamento de letra. O atacante é um dos artilheiros da competição, com nove gols marcados.

E o Galo, agora, já se prepara para mais um grande desafio pelo Brasileiro, encarando, já nesta terça-feira (11), o Sampaio Corrêa, em São Luís. O time maranhense vem de vitória em casa sobre o Bragantino-SP e luta para entrar no G4.



Para este compromisso, o técnico regatiano Mazola Júnior - que voltou a improvisar na lateral-direita, com a entrada do volante Somália no lugar de Marcos Martins, lesionado - não poderá contar com o meio-campista Saci, que recebeu o terceiro cartão amarelo.

Porém, a comissão técnica vive a expectativa em torno da recuperação de jogadores como os laterais Maranhão, que se recupera de dores lombares, e Willian Cordeiro, contratado esta semana junto ao Figueirense-SC.



Já o Náutico estacionou nos 28 pontos, ainda na sexta colocação. O próximo compromisso do time pernambucano será contra o Bahia, também na noite da terça-feira, na Fonte Nova, em Salvador.

1º tempo morno

A primeira etapa da partida no Rei Pelé teve poucas chances reais de gol. Numa das oportunidades do time da casa, aos 14 minutos, Zé Carlos abriu espaço para o chute, soltou uma bomba e viu a bola passar perto da meta de Júlio César.

O Galo não criava o bastante e dava espaço para o contragolpe. E o Náutico respondeu à altura aos 25 minutos, quando, após cruzamento pela esquerda, Audálio tentou o corte, mas quase marcou gol contra. No reflexo, Juliano espalmou para escanteio.

O CRB tinha mais posse de bola, mas não conseguia a conclusão, voltando a criar boa chance somente aos 40 minutos. Zé Carlos lançou Danilo Bueno, mas Júlio César se agigantou para fechar o ângulo e fazer grande defesa. O pífio desempenho do primeiro tempo fez com que o time regatiano deixasse o gramado sob vaias.

Gol de artilheiro

As equipes voltaram as mesmas para o tempo seguinte, e o time da casa chegou com perigo logo aos oito minutos, quando Zé Carlos chutou em cima da zaga e Danilo Bueno pegou a sobra, mas chutou longe. Pouco depois, aos 11', com cruzamento de Dakson buscando Patrick Vieira. O atacante se esticou todo, mas não conseguiu completar.



Porém, tudo mudaria aos 13 minutos, quando Mazola Júnior resolveu trocar Saci por Clebinho, que deu mais mobilidade ao meio-campo. Um minuto depois, sairia o gol regatiano, com Cañete fazendo boa jogada pela direita e cruzando para Zé Carlos. O atacante tocou de letra, em cima do zagueiro, mas pegou a sobra para, de cabeça,. abrir o marcador: 1x0.

Já aos 26', Zé Carlos, com um mal-estar, foi substituído pelo também atacante Isac, enquanto Ricardinho saiu para a entrada de Leandro Brasília, já aos 37 minutos, quando o Galo já administrava a merecida vitória.

O Timbu ainda partiu para cima nos minutos finais, mas o Regatas soube se fechar e garantir os três pontos no Trapichão.

NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA