Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

CSA perde por 1 a 0 e é eliminado pelo Mixto-MT na 1ª fase da Copa do Brasil

FOTO: Júnior Martins

Em uma noite para o torcedor azulino esquecer, o Centro Sportivo Alagoano perdeu por 1 a 0 para o Mixto-MT nesta quarta-feira (6), na Arena Pantanal, em Cuiabá, e foi eliminado da Copa do Brasil 2019. Willian Amendoin anotou o gol da classificação alvinegra aos 2' do segundo tempo.
Com a classificação, o Mixto garantiu mais R$ 625 mil pela cota da segunda fase. O CSA recebeu R$ 920 mil pela participação na fase inicial e deixa de lucrar R$ 990 mil com essa eliminação. 
Lutando para conquistar uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, o Mixto-MT volta as atenções ao Campeonato Mato-Grossense. Na Copa do Brasil, o Alvinegro espera quem passar do confronto São José-RS x Chapecoense.  
O CSA retorna para Maceió nesta quinta-feira e já tem o clássico com o CRB no domingo (10), pela quarta rodada do Campeonato Alagoano. 
Resumão
Apático em campo, o CSA deu sinais que não teria boa atuação logo no primeiro tempo. O goleiro Vinícius só precisou trabalhar em uma finalização de Celsinho nos minutos inicias. Após isso, o time de Marcelo Cabo teve muita dificuldade em penetrar a barreira do Mixto e foi envolvido nos contra-ataques. Não fosse João Carlos e a recuperação de Gerson num carrinho providencial, a equipe do Mato Grosso teria aberto o placar já no primeiro tempo. 
Com apenas dois minutos da etapa final, a defesa azulina cochilou, Willian Amendoin apereceu bem nas costas de Pedro Rosa e botou o Mixto na frente. Tímido e sem chances claras criadas, o setor ofensivo pouco produziu. Patrick Fabiano arriscou ainda no início, mas Vinícius espalmou. Desorganizado, o CSA abusou da bola aérea com Matheus Sávio, mas viu a defensiva alvinegra cortar praticamente todas. O Mixto só não aumentou a vantagem porque João Carlos fechou a meta. Marcelo Cabo fez alterações, mas não adiantou. No abafa do fim de jogo, brilhou a estrela do goleiro Vinicius, que protagonizou uma defesaça em falta batida por Matheus Sávio, segurou a classificação histórica do Mixto e a eliminação vexatória do CSA na primeira fase. 
Ficha técnica
Mixto-MT
1- Vinicius
33- Arilton
3- Marlon
4- Mateus
38- Rodrigo Biro (99- Leandro, aos 26' do 2º tempo)
8- Arthur
20- Coutinho
11- Willian Amendoim
10- Dinélson (13- Renan, aos 21' do 2º tempo)
22- Jhon Marques (88- Roberto, aos 34' do 2º tempo)
9- Yan
Técnico: Toninho Pesso

Banco: 95- Rocha, 14- Caio Felipe, 88- Roberto, 2- Danilo, 97- Alan Jr., 99- Leandro, 13- Renan, 7- Yago, 48- Marco Lapa, 94- Mateus Aguiar e 77- Valtinho. 
CSA
1- João Carlos
22- Celsinho
13- Gerson
4- Luciano Castan
6- Pedro Rosa (18- Jhon Cley, aos 12' do 2º tempo)
5- Amaral (17- Jhonnatan, aos 17' do 2º tempo)
8- Dawhan
19- Didira (9- Lohan, aos 28' do 2º tempo)
10- Matheus Sávio
11- Régis
99- Patrick Fabiano
Técnico: Marcelo Cabo
Banco: 31- Fabrício, 2- Joazi, 7- Hiago, 9- Lohan, 15- Roni, 16- Rafinha, 17- Jhonnatan, 18- Jhon Cley, 20- Victor Paraíba e 21- Ramon.
Gol
Mixto: Willian Amendoin (2' do 2º tempo). 
Cartão amarelo
Mixto: Leandro.
CSA: Matheus Sávio. 
Arbitragem
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (CBF/RJ);
Auxiliar 1: Michael Correia (CBF/RJ);
Auxiliar 2: Daniel do Espirito Santo Parro (CBF/RJ);
4º árbitro: Rafael Odilio Ramos dos Santos (CBF/MT).
NM com Paulo Victor Malta TNH1

Nenhum comentário:

Postar um comentário