Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 29 de junho de 2018

CSA arranca empate após estar perdendo por 2 a 0 e garante permanência no G4

FOTO: AILTON CRUZ
Foi no sufoco, foi no peito, foi na raça. Após estar perdendo por 2 a 0 em pleno Estádio Rei Pelé, o CSA chegou a um empate heroico em 2 a 2 com o time do Coritiba. Guilherme Parede fez os dois gols do Coritiba. Mas Daniel Costa, cobrando pênalti, e Edinho, marcando no último minuto dos acréscimos, garantiram o empate ao CSA.
O ponto somado fez o CSA garantir permanência no G4. Com o empate o CSA chegou aos 22 pontos e permanecerá entre os quatro melhores mesmo que o Figueirense vença a partida deste sábado contra a Ponte Preta, em Florianópolis. O Coritiba estacionou nos 20 pontos.
O jogo
Hugo Cabral (11) perde gol incrível quando o Coritiba ainda vencia por 2 a 0
FOTO: AILTON CRUZ

























Mudando a sua característica, o Coritiba começou botando pressão e dificultando a saída de jogo do CSA. O primeiro lance criado com finalização foi aos 3 minutos, quando após um cruzamento Alisson Farias cabeceou para Mota defender no centro do gol.
A resposta do CSA surgiu apenas aos 9 minutos. Na intermediária, Didira teve a bola dominada pelo corredor central e soltou um canhão para o gol, a bola pegou velocidade e assustou o goleiro Wilson. Dois minutos depois, nova jogada pelos lados de campo e Niltinho recebeu um belo passe, cortou para o lado de dentro do campo e bateu tirando do goleiro Wilson, mas o experiente goleiro do Coxa fez uma linda defesa e evitou o primeiro gol do CSA.
O time azulino seguiu criando mais opções de finalização na partida. Aos 25 minutos, Niltinho cobrou o escanteio, a bola veio no segundo pau e após o rebote, Leandro Souza dominou e bateu de chapa mas o goleiro Wilson se jogou na frente da bola e fez a defesa.
Niltinho voltou a ter boa atuação. Terminou a partida como lateral-esquerdo
FOTO: AILTON CRUZ

























O CSA criou uma pressão, mas Niltinho, em duas oportunidades, errou o passe final. No lance final, Michel Douglas chutou da entrada da área e a bola passou muito próxima do gol defendido por Wilson. O time paranaense tem uma transição muito forte e aos 40 minutos Alisson Farias foi ao fundo e cruzou, a defesa não conseguiu cortar e Paulo Thomaz chegou para marcar, chutou forte, mas o companheiro Guilherme Parede funcionou como uma barreira e evitou que a bola chegasse para Mota.
Logo no minuto inicial do 2º tempo o Coritiba chegou ao gol. Paulo Thomaz bateu de fora da área, Mota fez a defesa parcial para o lado, Simião cruzou rasteiro, Mota não cruzou a bola na pequena área e sem goleiro, Guilherme Parede chutou para abrir o marcador: Coritiba 1 a 0.
O time azulino sentiu o gol. A equipe passou a ter dificuldades na construção das jogadas, começou a forçar lançamentos longos e deixou espaços para o Coxa. Dezessete minutos depois, Simião voltou a aparecer pelo lado esquerdo e cruzou, Edinho furou, a furada matou o posicionamento da defesa, mas não matou Guilherme Parede, que bateu seco, a bola passou por baixo do goleiro Mota: Coritiba 2 a 0.
Aos 34 minutos, o CSA quase chega ao gol. Lance de cruzamento houve um desvio inicial e Hugo Cabral quase na linha do gol chutou para uma defesa monstruosa de Wilson.
O CSA seguia insistindo até que, em jogada individual, Niltinho foi derrubado dentro da área. Pênalti marcado para o CSA. Daniel Costa cobrou com imensa categoria, no canto alto, sem dar chance para Wilson: CSA 1 x 2.
Bola entra no ângulo esquerdo, no gol que levou o Azulão à reação na partida
FOTO: AILTON CRUZ

























O CSA buscou toda a pressão em cima, mas dando espaços, correu mais riscos de tomar o terceiro gol do que de buscar o empate. Chiquinho criou uma jogada individual e chutou para Mota defender e depois Guilherme Parede passou de passagem por Leandro Souza e chutou cruzado para Mota fazer nova defesa.
Após dois lances seguidos de escanteio, o CSA conseguiu o empate. Após Daniel Costa cobrar dois escanteios, Edinho subiu e empatou o jogo: 2 a 2.
Ficha Técnica
CSA 2 x 2 Coritiba
Campeonato Brasileiro - Série B - 13ª Rodada
Local: Estádio Rei Pelé (Maceió)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Árbitro Assistente 1: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (CBF-RJ)
Árbitro Assistente 2: Thiago Gomes Magalhães (CBF-RJ)
4º Árbitro: José Ricardo Laranjeiras (CBF-AL)
Renda: R$ 85.062,00 Público: 6.646 torcedores (com 5.408 pagantes)
Cartões Amarelos: Ferrugem (CSA) Simão, Thalisson Kelven, Paulo Thomaz, Willian Correia , Alecsandro(Coritiba)
Gols: Guilherme Parede (Coritiba) 1? e 18? , Daniel Costa (Pênalti-CSA) 39? e Edinho (CSA) 49? do 2º tempo
Equipes:
CSA: Mota, Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha (Taibserson); Edinho e Ferrugem; Niltinho, Walter Daniel Costa) e Didira(Hugo Cabral); Michel Douglas
Técnico: Marcelo Cabo
Coritiba: Wilson, Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e Willian Matheus (Chiquinho); Vitor Carvalho e Simião(Vinicius Kiss); Alisson Farias (Alecssandro), Willian Correia; Paulo Thomaz e Guilherme Parede
Técnico: Eduardo Baptista
Tempo real de Francisco Cardoso 
NM com Alberto Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário