Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Providências estão sendo tomadas e denúncia de suposta "manipulação de resultado" já está nas mãos de Procurador do TJD-AL

FOTO: PAULO LIRA/2012
A Federação Alagoana agiu rapidamente e através do seu departamento jurídico já encaminhou a denúncia da suposta manipulação de resultado acontecido na partida entre Sete de Setembro e Flamengo Alagoano na última rodada do Campeonato Amador Sub-20, para o Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas, o TJD-AL. A peça já se encontra desde ontem nas mãos do Procurador, Dr. Talvanes Lins, que agora tentará encontrar provas que possam materializar a abertura de um processo para que o caso seja elucidado. A ação está com a pessoa certa em meu ver, pois lembro-me nas muitas madrugadas e pautas acompanhando sessões de julgamentos no plenário deste Tribunal quando o mesmo o presidia. Tenho certeza também, por conhecer a sua forma enérgica de conduzir o trabalho,  que este assunto rapidamente será colocado em pauta e que na próxima semana teremos já a instrução do caso sendo apreciado em reunião do TJD.
Acreditamos veementemente que se houver culpados e que se comprovado o que está sendo levantado pelo Presidente do Jaciobá, Jorge Gonzaga, os culpados devem ser punidos sem restrições , seja quem for, doa a quem doer. Reitero o que estamos afirmando desde o inicio, quando tomamos ciência do assunto. O que não vamos permitir como imprensa é que por motivos pessoais e obscuros, pessoas tentem incriminar os envolvidos antes mesmo do julgamento. Passando informações sobre o caso de forma deturpada e sem as devidas informações corretas. Houve um absurdo? Houve. Até por que não é muito natural no futebol que uma equipe perca por uma diferença tão grande de gols (17 x 0), e principalmente nas circunstancias que foram e que todos conhecem, mas precisamos ter responsabilidade, quanto imprensa, na hora de relatar os fatos, esponto o que realmente aconteceu e não fazendo insinuações e acusações infundadas. 
O outro caso:
A outra bomba que eclodiu a competição, relatada com exclusividade por este veículo, não precisou ser encaminhada para o TJD , pois no regulamento da competição existe uma prerrogativa que nestes casos específicos, a decisão é tomada administrativamente, idêntico ao que aconteceu com a equipe do ASA que usou um atleta irregular e perdeu seis ponto neste mesmo campeonato. Caso descoberto após a determinação do Presidente da FAF, para que o Dirigente de Competição fizessem um pente fino em todo os jogos já realizados.  Assunto que não caberia mais ao Tribunal, pois o prazo para que a mesma possa vigorar já espirou. A denuncia  teria que ser feita após 30 dias o evento acontecido. 
Estamos acompanhando tudo de perto e vamos continuar atualizando o torcedor internauta que acompanha o nosso trabalho, passando o que está acontecendo verdadeiramente, não somos justiça, somos imprensa, portanto a nós apenas nos cabe mostrar o que vem acontecendo e não julgar. Por isso estive na federação na tarde desta quinta-feira(18), para realmente saber o que está acontecendo na prática, como por exemplo: Descobri que não cabe mais ao Departamento de Registro e Transferência fazer qualquer denúncia de atleta irregular desde o ano passado, essa responsabilidade é do Departamento de Competições, mas existem informações na imprensa que estão equivocadas, tentando colocar situações que não existem, o que me parece ser mais um o envolvimento de problemas pessoais do que profissionais.
Se alguém tiver qualquer coisa pessoal contra algum dirigente da FAF, tem que procurar ele e resolver. Eu não falo "asneira", vou na fonte e tenho conhecimento do que estou escrevendo, sem sair em defesa de ninguém, falando a verdade, e o principal, escutando os dois lados para aí, tomar minhas conclusões e melhor informar ao meu leitor.
Portanto a denuncia da FAF contra o Jaciobá foi feita pelo Diretor de Competições da entidade, Luciano Sampaio, porque cabe a ele averiguá e tomar providências. O departamento de Registro e Transferência não tem como ser colocado nessa questão. Como está sendo dito. Precisamos ter mais responsabilidades nas coisas que afirmamos.
Tenho certeza que tudo irá ser resolvido para o bom desempenho do futebol amador alagoano que continua precisando de ajuda, seja ela da Federação, dos Dirigentes ou da própria imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário