Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

CRB empata com o Sport, no Rei Pelé, e dorme no G4 da Série B do Brasileiro: 1x1

Foi no sufoco, mas o CRB conquistou um empate precioso contra o Sport, por 1 a 1, após estar atrás no placar, em duelo nesta segunda-feira (7), que já abriu a  27ª rodada da Série B do Brasileiro. Com isso, o Galo está de volta - por enquanto - ao G4 da competição. A partida foi realizada no Estádio Rei Pelé, que contou com uma boa presença da torcida do time de Pernambuco. 
Com esse resultado, o CRB voltou a ocupar a 4ª colocação na tabela, com 39 pontos. Ao menos por enquanto. Isto porque, nesta terça-feira (8) ainda vão acontecer os outros jogos da 27ª rodada e, a depender dos resultados, o Galo pode sair de novo do G4. Neste caso, se Botafogo, América-MG, Paraná ou Coritiba vencerem seus respectivos jogos. Já o Sport, com este pontinho conquistado fora de casa, tem 46 pontos e assumiu a vice-liderança, também a depender do restante da rodada. 
O próximo jogo do Galo será disputado já na sexta-feira (11), contra o Guarani, às 21h30, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP. E o Leão vai receber o São Bento, no mesmo dia, mas às 19h15, na Ilha do Retiro, no Recife-PE.
Vale lembrar que, fora os jogadores que já não vinham atuando, às vésperas da partida o CRB ficou sem o goleiro Vinícius e sem o volante Ferrugem, ambos lesionados. Inclusive, Ferrugem está fora dos gramados neste restante de temporada. Lucas Siqueira, com o terceiro cartão, também não jogou esta noite.
Etapa inicial
No primeiro momento do Galo, uma falta cobrada por Alisson Farias, aos 2 minutos, ele bate à meia altura na área e Hernane Brocador manda para escanteio. O Galo ia para cima do Leão, tentando chegar ao gol logo no comecinho da partida. Em cobrança de escanteio, aos 3 minutos, o CRB tentou uma cobrança fechada, mas o goleiro Mailson afastou de soco.
O Sport tentava em velocidade chegar ao ataque, mas não encontrava espaços. Aos 6 minutos, quando teve uma cobrança de escanteio em seu favor, Pedro Carmona exagerou, mandou muito forte e a bola atravessou toda a extensão da grande área. 
O CRB trocava passes no campo de ataque. E aos 10 minutos, teve uma falta em seu favor. Hugo Sanches mandou para a área, Wellington Carvalho cabeceou e a bola desviou na zaga do Leão, em lance de escanteio para o Galo. Wellington Carvalho aproveitou a cobrança do escanteio, cabeceou de cima para baixo, com perigo, mas o goleiro defendeu com o pé, fazendo uma grande defesa e livrando o time pernambucano de levar o gol, aos 11 minutos.

Na tentativa do Sport, aos 16 minutos, William Farias tocou a bola para Hernane dentro da área, o atacante brigou pela redonda, mas a zaga do CRB fez a cobertura e deixou sair em tiro de meta. Aos 19 minutos, o CRB foi quem teve uma boa chance. Hugo Sanches cobrou a falta, Victor Ramos subiu para cabecear, mas a bola foi para fora. 
O CRB era melhor em campo, seguia pressionando e a zaga do Leão ficava se virando como podia, para tirar o perigo. O problema era que o Galo não acertava na hora da finalização. Em outro bom momento, aos 26 minutos, Léo Ceará recebeu o passe, avançou em velocidade e Sander chegou mandando para escanteio.
Aos 33 minutos, o Sport tentou puxar o contra-ataque rápido com Hernane Brocador e Yan, mas bola foi afastada pela defesa e o árbitro marcou a falta em Pedro Carmona no início do lance. Ele mesmo cobrou na área, mas Victor Ramos afastou.
O CRB seguia tendo mais posse de bola, tinha mais o domínio do jogo, chegava mais, mas não chutava. aos 35 minutos, Alisson Farias tentou achar Daniel Borges na área do Sport, mas a bola saiu muito forte. Em uma tentativa do time pernambucano, Sander cruzou pela ponta esquerda, a bola atravessou a grande área e ninguém chegou para escorar. Mas, aos 39 minutos, no primeiro lance real de perigo do Sport, veio o gol. Pedro Carmona deu um passe açucarado para Guilherme, que invadiu a área e chutou no cantinho de Fernando Henrique, abrindo o placar no Rei Pelé: 1 a 0.
O tempo ia passando, ia chegando ao final da primeira etapa e a torcida do CRB, na bronca com o time, ia se impacientando no Trapichão. O jogo foi até os 46 minutos, quando o árbitro ergueu os braços e decretou o final do primeiro tempo, com a vitória parcial do Leão sobre o Galo.
Etapa final
Na segunda etapa, o CRB foi quem começou pressionando. Mas quem levou primeiro perigo foi o Sport, que teve duas boas chances, mas perdeu ambas. Em uma delas, Guilherme, em jogada de contra-ataque, tocou para Sander e o lateral chutou para fora, aos 3  minutos. Um minuto depois, de novo o Soprt: Pedro Carmona recebeu passe na área do CRB, ficou cara a cara com o goleiro regatiano, chuta e o arqueiro fez uma  bela defesa com o pé.
Aos 7 minutos, a tentativa foi do CRB. Iago tocou para Hugo Sanches, o camisa 7 ajeitou para a canhota e chutou no meio do gol, mas viu Mailson cair para fazer a defesa. Aos 12 minutos, de novo o Galo: em cobrança de escanteio de Alisson Farias, o goleiro Mailson subiu para ficar com a bola. Aos 15 minutos, Edson Cariús - que entrou em campo nessa etapa - dominou a bola e soltou um foguete à queima-roupa, mas o goleiro do Leão da Ilha, mais uma vez fez uma defesa espetacular.
O Sport respondeu com perigo aos 17 minutos, quando houve uma cobrança de falta, a bola sobrou no alto para Carmona, fora da área. O meia virou dando um belo chute e o goleiro Fernando Henrique fez a defesa providencial, mandando para escanteio. Mas o CRB não desistia e tentava fazer o gol da igualdade e ele chegou aos 22 minutos. Alisson Farias tocou para Igor Cariús, o lateral cruzou à meia altura e Edson Cariús se jogou só para empurrar a bola para o fundo das redes: 1 a 1. Detalhe: de primo para primo, Igor e Edson Cariús. Com nove minutos em campo, Edson marcou o primeiro gol com a camisa do Galo.
Depois que fez o gol, o time regatiano começou a apertar mais o Sport, que tentou aos 30 minutos. Raul Prata tocou para Guilherme, o atacante do Sport tentou o cruzamento, mas errou e a bola saiu pela linha de fundo, em tiro de meta para Fernando Henrique. E, aos 32 minutos, o Leão teve um pênalti marcado em seu favor, quando Hernane Brocador entrou na área e foi derrubado por Victor Ramos. O próprio Brocador foi para a cobrança, mas cobrou mal, a bola bateu na trave e foi para fora, aos 34 minutos, para alívio do Galo e de seu torcedor.
O jogo esquentou no final, ficou movimentado e emocionante. Aos 37 minutos, o Sport avançou no contra-ataque, Guilherme cruzou rasteiro e Hernane chutou em cima da marcação, indo para escanteio. Guilherme cobrou na área e Victor Ramos cedeu novo escanteio para o Leão da Ilha. O camisa 11 rubro-negro cobrou novamente e Fernando Henrique afastou a bola de soco. Mas o árbitro tinha marcado falta no goleiro regatiano.
Aos 45 minutos, o árbitro determinou quatro minutos de acréscimos. O CRB ainda teve uma falta em seu favor. Alisson Farias cobrou, mas Mailson defendeu pelo alto, sem maiores dificuldades. E aos 49 minutos, o árbitro decretou o término da partida, com o empate de 1 a 1 entre o Galo e o Leão.
CRB - Fernando Henrique; Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Igor; Claudinei, Hugo Sanches (Willians Santana), Lucas Siqueira e Iago (Willie); Léo Ceará (Edson Cariús) e Alisson Farias. Técnico: Marcelo Chamusca.
Sport - Mailson; Raul Prata, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; William Farias, Charles e Pedro Carmona (Léo Artur); Hernane Brocador (Elton), Yan (Marcinho) e Guilherme. Técnico: Gutto Ferreira.
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CBF-RJ).
Auxiliares: Carlos Henrique Cardoso de Souza (CBF-RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (CBF-RJ).
NM com Fernanda Medeiros
FOTOs: DOUGLAS ARAÚJO/ASCOM CRB

Nenhum comentário:

Postar um comentário