Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Ferreira se dirige à torcida do CRB pela primeira vez após acertar com Vasco

A transferência do meia Felipe Ferreira do CRB para o Vasco da Gama foi conturbada e cheia de polêmicas. Por isso mesmo, que o jogador utilizou uma rede social neste domingo (26) para mandar uma mensagem de apreço e sorte para o Regatas. 
Na ocasião, Ferreira agradeceu ao carinho recebido desde a sua chegada e relatou que nunca faltou esforço de sua parte para defender o Galo na temporada. De fato, o jogador deixa o CRB com status de vice-artilheiro da equipe na Série B do Brasileiro, com seis gols marcados.
"Sou muito agradecido por esse tempo que passamos juntos , comissão , atletas , vou levar todos os momentos que passamos no coração. A torcida do CRB pode ter certeza de uma coisa: todas as vezes que vesti essa camisa me doei e dei a vida para ajudar", escreveu. 
Jogador utilizou a rede social para se dirigir ao torcedor do CRB
FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

























O ex-camisa 10 alvirrubro deixou o Galo após investida pesada do Vasco em sua contratação. Como o atleta estava emprestado pela Ferroviária-SP ao CRB resolveu por aceitar a proposta de jogar a primeira divisão nacional, porém a escolha gerou uma novela que se arrastou por dias. 
O CRB aceitaria liberar o atleta apenas mediante pagamento de multa contratual de entorno de R$ 150 mil. Mas, a Ferrinha alegou que o contrato entre os clubes pelo meia obtinha uma cláusula que liberava o atleta sem custos caso houvesse uma proposta da Série A.
Embasado por isso, Ferreira entrou na justiça comum e conseguiu se desvencilhar do time regatiano. Nesta configuração, o Cruz-maltino não quis saber e levou o atleta, que inclusive já está integrado ao elenco comandando por Vanderlei Luxemburgo.
Em entrevista ao Timaço da 98 FM, o presidente Marcos Barbosa afirmou que vai entrar com uma ação na justiça nesta segunda-feira (30) e garantiu que o jogador pode voltar ao CRB a qualquer momento. 
"Segunda vamos entrar com uma ação no valor de R$ 150 mil em cima do jogador. Aí é outra história. Por danos morais, abandono do clube, e buscar também os R$ 150 mil [multa] da forma que o jogador assinou com o Clube de Regatas Brasil. Se a laranja era é boa e ficou podre, e não quis ficar aqui, não tem problema nenhum. Mas nós não podemos deixar de contra-atacar. Vamos colocar todo remédio jurídico", disse o cartola.
Já pensando como ex-jogador do Galo, de fato, Felipe Ferreira finalizou a postagem reiterando que não se arrepende de se transferir para o Vasco, e também mandando forças ao CRB que luta por uma vaga na Série A da próxima temporada. 
"Deixo o clube com a cabeça erguida e ciente de que sempre me dediquei para fazer o melhor pelo clube. Vou guardar todos os momentos no Galo e espero que o clube esteja na Série A em 2020", frisou.
No primeiro jogo do Galo sem Ferreira, o time de Chamusca sentiu falta do camisa 10 e apenas empatou com o São Bento, por 1x1, no Estádio Rei Pelé, no sábado (28). Mesmo com o tropeço, o clube segue na 4ª colocação, com 37 pontos. 
O Vasco, novo clube do jogador, entrou em campo neste domingo (29) e foi derrotado pelo Corinthians, por 1x0, na Arena Itaquera. Felipe não foi relacionado por Luxemburgo. O Cruz-maltino está na 13 colocação, com 24 pontos.
NM com Maurício Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário