Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 25 de agosto de 2019

CRB empata por 2x2 contra aguerrido Figueirense em Santa Catarina pela Série B

O CRB encontrou um Figueirense aguerrido nesse sábado (24) de Campeonato Brasileiro da Série B e ficou no 2x2. Jogando no Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, neste sábado (24), os jogadores do Furacão - ainda sem receber salários por quatro meses -, saíram na frente do marcador por duas vezes, mas o Galo conseguiu empatar e, por pouco, não virou a partida. Os gols da partida foram marcados por William Popp e Felipe Matheus, para o Figueira, e Ferrugem e Léo Ceará, para o Galo.
Com o empate, o Regatas chegou aos 27 pontos e se segurou na 6ª colocação da tabela de classificação da Série B. O resultado foi o quarto consecutivo sem derrota para o time comandado por Marcelo Chamusca fora de casa. O Figueirense, por sua vez, estacionou na 13ª colocação com 21 pontos.

Na última rodada do primeiro turno da Segundona, o CRB recebe o Bragantino, às 16h30 da terça-feira (27), no Estádio Rei Pelé. No mesmo dia, às 20h30, o Figueira viaja para o Paraná, onde encara o Operário, no Estádio Germano Krüger.
Figueirense 2x2 CRB - Campeonato Brasileiro da Série B (18ª rodada)
-
Um a um despretensioso
Jogando de maneira reativa, o técnico Marcelo Chamusca deixou apenas o atacante Léo Ceará a frente e posicionou os demais jogadores do CRB para marcar atrás da linha da bola. Vendo isso, o Figueirense avançou para a intermediária de defesa regatiana e passou a pressionar.
Aos 5', o volante Zé Antônio soltou um foguete de fora da área e a bola passou raspando a meta defendida pelo goleiro Vinícius. Dois minutos mais tarde, o também volante Tony chutou, mas fácil para Vinícius encaixar.
Antes da Bola rolar no Orlando Scarpelli, jogadores do CRB posaram para foto juntos com os do Figueirense em apoio a situação vivida pelos Alvinegros 
FOTO: MATHEUS DIAS/FFC
























A superioridade do Alvinegro sobre o Galo era evidente, tanto que obtinha mais de 60% da posse da bola. Então, era impossível que mais oportunidades não surgissem a favor do time catarinense. E surgiu, aos 17 minutos: o lateral direito Victor Guilherme avançou pela direita, cruzou na segunda trave buscando William Popp. O atacante tocou para Felipe Matheus que finalizou. A redonda desviou no zagueiro Victor Ramos e se perdeu para a linha de fundo.
Aos 20, após novo cruzamento no segundo pau, Popp apareceu nas costas de Victor Ramos e cabeceou à esquerda do arqueiro Vinícius. Mas da terceira vez não teve erro: novo cruzamento de Victor Guilherme na segunda trave, William Popp se antecipou aos zagueiros do Galo e fuzilou o canto esquerdo de Vinícius: 1x0.
Atacante William Popp aproveitou a bobeira da zaga regatiana para abrir o placar em Floripa
FOTO: MATHEUS DIAS/FFC























Passou o CRB a ficar atrás do placar para que a atitude reativa de Chamusca mudasse um pouco de configuração. Falta para o Galo no campo de ataque, o volante Ferrugem pegou a redonda, chutou e o goleiro Elisson teve que buscar no cantinho direito da meta.
Quando o cronômetro atingiu os 41 minutos, Ferrugem recebeu com espaço um passe na intermediária, viu o goleiro Elisson adiantado e arriscou. Despretensiosamente, a bola encobriu o arqueiro e igualou o marcador no Orlando Scarpelli: 1x1. 
Quatro minutos mais tarde, o ruivo alvirrubro finalizou de fora da área, mas a bola passou longe do gol do Figueira. Terminou empatado o primeiro tempo de jogo em Santa Catarina.
Correria e mais gols
CRB e Figueirense promoveram segundo tempo de muita movimentação e presença nas áreas adversárias
FOTO: MATHEUS DIAS/FFC






















A etapa final começou na maior correria de ambos os lados. Mas melhor para o Figueirense que achou o segundo gol logo aos 6': William Popp cruzou da esquerda, Vinícius espalmou afastando temporariamente. Porém, por infelicidade para o Galo, a redonda bateu na coxa do atacante Felipe Matheus e estufou a rede alagoana: 2x1.
Atrás do marcador novamente, o técnico Marcelo Chamusca arriscou com as entradas do atacante Willie no lugar do apagado camisa 10 Felipe Ferreira, e o meia Élton na vaga do volante Lucas Siqueira. As entradas injetaram novo fôlego na equipe e o CRB passou a se tornar mais rápido e perigoso.
Mesmo após ampliar o marcador, o Figueirense continuava tentando o terceiro gol
FOTO: MATHEUS DIAS/FFC























A nova movimentação resultou em gol de empate aos 17 minutos. Na esquerda, Alisson Farias recebeu, rolou para dentro da área e viu a infiltração de Léo Ceará. O ponta do Galo colocou a bola na cabeça do centroavante, que só fez empurrar para dentro da meta catarinense: 2x2. 
Aos 22 minutos, Igor cruzou da esquerda e Willie finalizou de primeira, mas a errou o alvo. A resposta do Figueirense veio três minutos mais tarde com Betinho. O volante recebeu na entrada da grande área, arrematou de canhota e acertou um lindo chute no poste esquerdo defendido por Vinícius. 
No 32º minuto da etapa, o lateral direito Daniel Borges mandou rasteiro buscando Willie, que mesmo caído conseguiu mandar para o fundo do gol, mas o bandeirinha assinalou impedimento do atacante e anulou o que seria a virada regatiana. Quando o Galo estava melhor em campo, Daniel Borges fez falta besta em Yuri Mamute, levou o segundo amarelo e acabou expulso.
Depois da expulsão de Daniel Borges, Figueirense tentou acelerar a partida e cansou logo depois
FOTO: GAZETA PRESS























Porém, mesmo com a vantagem em número de jogadores em campo, o Alvinegro catarinense sentiu os seis dias sem treinar, por conta da greve, não conseguiu se impor e viu o CRB tomar conta do meio campo.
Aos 44, em uma das jogadas de contra-ataque, novamente Willie apareceu na área do Figueira, ficou cara a cara com o goleiro Elisson, só que pegou mal na redonda e desperdiçou a chance de trazer os três pontos para Alagoas. Fim de jogo em Santa Catarina, Figueirense 2x2 CRB.
Ficha técnica
Figueirense
Elisson; Victor Guilherme, Alemão, Ruan Renato e Roberto; Zé Antônio, Betinho (Patrick) e Tony; Fellipe Mateus (Robertinho), Willian Popp e Rafael Marques (Yuri Mamute).
Técnico: Vinícius Eutrópio
CRB
Vinícius; Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Igor, Ferrugem (Ewerton Páscoa), Claudinei, Lucas Siqueira (Élton), Felipe Ferreira (Willie) e Alisson Farias; Léo Ceará.
Técnico: Marcelo Chamusca
NM com Maurício Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário