Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 18 de julho de 2019

CSA tenta acertar dupla de ataque no Brasileiro; confira as formações até a 10ª rodada

Foto: Augusto Oliveira/CSA
O saldo de gols do CSA no Brasileiro preocupa o torcedor. Em dez rodadas, o time só marcou três vezes. É a equipe com o pior ataque da Série A, e perde até para o Avaí, lanterna da competição, que tem quatro.

O CSA ainda não fixou uma formação para o ataque, e as mudanças foram a cada partida. Para sábado, contra o Athletico-PR, Argel Fucks estuda colocar Cassiano, Ricardo Bueno e Alecsandro, até para aumentar a força ofensiva do time. Maranhão também pode entrar nesse trio.

Na estreia, contra o Ceará, Robinho e Patrick Fabiano iniciaram o jogo. Sem criatividade, o Azulão sofreu e foi goleado por 4 a 0.

Na segunda rodada, o adversário foi o Palmeiras, no Rei Pelé. Madson e Cassiano iniciaram a partida, mas o gol azulino foi marcado por Matheus Sávio, que começou no banco de reservas e entrou no lugar de Maidana. O placar do jogo foi 1 a 1.

Contra o Santos, o técnico Marcelo Cabo repetiu a formação, com Madson e Cassiano no ataque. Durante a partida, Victor Paraíba entrou no lugar de Naldo, e foi dele a grande chance do CSA no jogo. Ele se livrou do goleiro Vanderlei, mas finalizou pra fora.

Sem vencer no Brasileiro, o CSA enfrentou o Avaí, fora de casa. O setor de ataque seguiu com Madson e Cassiano. Mas, desta vez, Marcelo Cabo apostou em Maranhão, Robinho e Victor Paraíba no decorrer do jogo. A partida terminou 0 a 0.
Foto: Diego Vara/BP Filmes
Na derrota para o Internacional por 2 a 0, Madson e Patrick Fabianoiniciaram a partida em Porto Alegre. Gersinho, Victor Paraiba e Maranhão entraram durante o jogo, mas outra vez o time passou em branco.

A primeira vitória do CSA no Brasileiro veio somente na sexta rodada, contra o Goiás, no Rei Pelé. Maranhão foi autor do gol. Patrick Fabianocomeçou o jogo como homem de referência no ataque. Victor Paraíba e Cassiano entraram durante a partida.

Irreconhecível, o CSA foi goleado pelo Atlético-MG por 4 a 0, em jogo válido pela sétima rodada. Patrick Fabiano mais uma vez foi escalado no ataque. Marcelo Cabo tentou repetir a estratégia do jogo anterior e colocou Cassiano e Victor Paraíba no decorrer da partida.

Na derrota por 2 a 1, de virada, para o Botafogo, no Rei Pelé, Cassianofoi o centroavante. Maranhão jogou avançado, mas saiu para a entrada de Madson. Robinho também entrou no decorrer da partida.

Antes da parada para a Copa América, o adversário foi Flamengo. A dupla de ataque foi formada por Victor Paraíba e Cassiano. Gersinho e Maranhão entraram no jogo.

Com a chegada do técnico Argel Fucks, o time procura uma formação ideal para fugir da zona do rebaixamento. Nesse domingo, contra o Corinthians, o treinador apostou na dupla Alecsandro e Ricardo Buenono ataque, mas não deu resultado: o CSA perdeu por 1 a 0.

NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário