Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 27 de julho de 2019

CRB aproveita falhas do Botafogo-SP, vence por 2 a 0 e encosta no G4 da Série B

FOTO: THIAGO CALIL-AGIF-ESTADAO-CONTEÚDO
O CRB foi paciente, soube aproveitar as falhas do Botafogo-SP e venceu o Tricolor por 2 a 0, na noite desta sexta-feira (26) no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Ferrugem e Felipe Ferreira anotaram os gols do Galo na etapa final da partida e garantiram a segunda vitória consecutiva do Regatas na Segundona.
O resultado fez o Galo encostar no G4 da Série B, chegando aos 19 pontos e assumindo momentaneamente a 7ª posição da tabela. Neste sábado (27), os regatianos terão que secar a Ponte Preta (8º com 19 pontos) e o Figueirense (10° com 17 pontos), que ainda jogam no complemento da rodada, para não serem ultrapassados. A derrota em casa fez o Botafogo estacionar nos 20 pontos e cair uma posição: 5º colocado.
Na próxima rodada, o CRB volta a atuar em Maceió, diante de seu torcedor. O Galo recebe a visita do Oeste, às 20h30, no Estádio Rei Pelé. Um dia antes, o Botafogo-SP vai até Curitiba, encarar o Coxa, às 20h, no Couto Pereira.
Poucas chances
Quando a bola rolou foi o Botafogo-SP que buscou a iniciativa. Logo no primeiro minuto, Naylhor aproveitou escanteio da direita e, livre de marcação, testou forte, obrigando Edson Mardden a defender em dois tempos.
Botafogo-SP 0x2 CRB
Confira os melhores momentos da partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

Sem Willians Santana em campo, Chamusca optou pelo volante Ferrugem para flutuar no meio regatiano. Enquanto isso, o Pantera apostava na ginga do atacante Felipe Saraiva, atuando nas costas do lateral-direito Daniel Borges, do CRB.
Fechadinho, o Regatas não dava espaços e restava ao Tricolor, os chutes de longa distância. Aos 10 minutos, Murilo arriscou de perna direita e a bola passou raspando a trave de Edson Mardden. A resposta alagoana veio três minutos depois, quando Ferrugem cobrou falta com estilo e a redonda por pouco não morreu no cantinho direito de Darley.
Apesar dos erros, jogo foi "brigado" nesta sexta-feira
FOTO: RAUL RAMOS/AGÊNCIA BOTAFOGO
























A partida seguiu equilibrada até os 30 minutos iniciais, mas depois perdeu a intensidade. Sem muito repertório, as equipes abusaram de erros de passes e muitas faltas. O último lance de perigo veio com o veloz Felipe Saraiva, já aos 46 minutos. Ele recebeu do lado esquerdo, arriscou forte e a bola passou perto do ângulo superior direito de Mardden e foi para fora.
Ferrugem decide e CRB é cirúrgico!
Na segunda etapa, o jogo seguiu truncado, com poucas chances, mas o CRB soube ser paciente e, com muita inteligência, foi cirúrgico aproveitando duas falhas da marcação paulista para levar os três pontos. 
CRB fez um jogo de forte marcação e aproveitou as falhas do Botafogo-SP para vencer em Ribeirão Preto
FOTO: THIAGO CALIL-AGIF-ESTADAO-CONTEÚDO

























O placar poderia ter sido construído com mais facilidade e cedo, mas Léo Ceará não soube aproveitar a bola açucarada de Ferrugem aos nove minutos. Ele recebeu livre de marcação, na marca do pênalti e, apesar de ter tempo para ajeitar o corpo e escolher o canto, acabou chutando por cima do gol de Darley.
Aliás, Ferrugem seria decisivo para a construção da vitória regatiana no Santa Cruz. Aos 24 minutos, ele cobrou falta com muito veneno e obrigou Darley a socar a redonda para fora da área. Já aos 31, o volante mostrou que a noite era dele: Naylhor tentou recuar a bola para o companheiro, errou, e Alisson Farias aproveitou para invadir a área e servir o volante do Galo, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes: CRB 1x0.
O gol deu tranquilidade ao Galo, que passou a jogar fechadinho, esperando o tempo passar e uma última oportunidade. Ela veio aos 46 minutos e com participação direta de Ferrugem: ele cruzou da direita, Lucas Mendes tentou cortar, mas acabou mandando nos pés de Felipe Ferreira, que dominou e colocou a redonda no canto direito de Darley, dando números finais a partida: Galo 2x0. 
Jogadores e comissão técnica regatiana comemoram nos vestiários a vitória fora de casa
FOTO: DIVULGAÇÃO/CRB
























Botafogo-SP: Darley; Lucas Mendes, Didi, Naylhor e Pará; Higor Meritão, Marlon Freitas, Nadson (Ronald) e Murilo (Erick Luís); Felipe Saraiva (Rafael Costa) e Henan.

Técnico: Roberto Cavalo

CRB: Edson Mardden (Fernando Henrique); Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Igor; Claudinei, Lucas Abreu (Éwerton Páscoa) e Ferrugem; Willie (Felipe Ferreira), Alisson Farias e Léo Ceará.

Técnico: Marcelo Chamusca

NM com Isaac Simões 

Nenhum comentário:

Postar um comentário