Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 1 de maio de 2019

Marcelo Cabo exalta ponto conquistado e diz que CSA vai evoluir na Série A

FOTO: MAURICIO MANOEL
A torcida do CSA fez uma linda festa na tarde desta quarta-feira (1º) no jogo contra o Palmeiras, no Rei Pelé. A partida válida pela segunda rodada do Brasileirão ficou no 1 a 1, após o CSA correr atrás e empatar o marcador com o meia Matheus Sávio, aos 17 minutos da etapa final. Em entrevista, o técnico do Azulão, Marcelo Cabo, avaliou como positivo o resultado e demostrou confiança no elenco. Ele disse, ainda, que a derrota para o Ceará foi um erro de percurso.
"Após o jogo contra o Ceará, tivemos apenas uma única sessão de treinamento. Durante esses dias, conversamos, corrigimos problemas e projetamos as mudanças para essa partida. Fizemos um primeiro tempo contundente, mas precisamos reequilibrar o jogo depois, e isso resultou no gol de empate. O ponto diante do Palmeiras é importante. O Campeonato Brasileiro é longo", disse Cabo.  
Sobre o fato de ter feito seis mudanças em comparação com o time que havia jogado contra o Ceará, Marcelo Cabo destacou que sua decisão é fruto de um planejamento de um clube de Série A que tem elenco. Para o comandante, os jogadores que entraram mostraram que têm condições de seguir em alto nível. 
CSA conseguiu empatar em 1x1 contra o Palmeiras, na estreia do time em casa pelo Brasileirão
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS










"Fizemos mudanças pontuais no time, visando corrigir problemas e aproveitar as melhores peças no decorrer da partida. Ao tirar o Matheus Sávio, havia pensando em utilizá-lo na parte complementar da partida, já que sei que ele se entrega muito e poderia nos ajudar na parte final. Graças a Deus que ele entrou e conseguiu marcar o gol que nos deu o empate. O CSA tem muito a evoluir. E tenho certeza de que esses jogadores têm a capacidade necessária para isso", complementou Cabo.
Criticado após a goleada que o Azulão sofreu na abertura do Campeonato Brasileiro, Marcelo Cabo declarou que as cobranças que sofreu ao longo dos últimos dias são normais em "time de massa como CSA" e que, portanto, compreende os questionamentos que foram realizados. "Estou muito tranquilo com tudo isso. Conversamos com jogadores e com a direção do clube. Ouvimos as declarações e opiniões. Isso é importante. Estamos unidos em mesmo objetivo", frisou o técnico. 
Após o empate com o Palmeiras, o CSA se reapresenta na tarde desta quinta-feira (2) e inicia a preparação para enfrentar o Santos. A partida será no próximo domingo (5), às 16h, no Estádio Rei Pelé. 
NM com Mauricio Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário