Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Lei que pode permitir venda de bebidas alcoólicas nos estádios de Alagoas causa polêmica

Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) gera polêmica entre deputados, torcedores, representantes do Ministério Público e da Segurança Pública do estado. É a discussão sobre a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol.
O assunto foi colocado em votação na ALE nessa quarta-feira e aprovado pela maioria dos parlamentares. O próximo passo do projeto é ser submetido a uma nova votação na assembleia, o que deve ocorrer nos próximos dias. Caso seja aprovada novamente, a proposta será encaminhada ao governador Renan Filho, a quem caberá decidir se veta ou sanciona a venda das bebidas nas arenas esportivas.
Secretário de Segurança Pública de Alagoas é contra a liberação — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Secretário de Segurança Pública de Alagoas é contra a liberação — Foto: Reprodução/TV Gazeta
Secretário de Segurança Pública de Alagoas, Lima Júnior é contra a aprovação. Ele justifica o seu posicionamento.

- Nós sabemos que o álcool potencializa comportamentos, seja para agressividade, seja para qualquer outro tipo de comportamento. Então, eu acho que a liberação de álcool pode potencializar um aumento da violência dentro dos estádios.

O Ministério Público de Alagoas também é contrário e disse que esse tipo de legislação estadual é inconstitucional porque é competência da União legislar sobre este tema. O MP pretende agendar uma reunião com o governador para discutir o assunto, e o projeto ser vetado, caso seja aprovado de forma definitiva na Assembleia.

Em 2017, este assunto foi discutido e aprovado pelos vereadores de Maceió. O prefeito Rui Palmeira chegou a vetar o projeto, mas os vereadores derrubaram o veto do prefeito e, assim, liberaram a comercialização das bebidas nas arenas esportivas da capital alagoana.

NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário