Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 21 de maio de 2019

Dirigente do CSA diz que Manga, Armero e Maidana cometeram indisciplina: "Ninguém tolera"


Os três estrangeiros do CSA vão ter uma conversa séria com a diretoria. Correm o risco até de deixar o clube. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares, o lateral Pablo Armero, o meia Chaco Maidana e o atacante Manga Escobar cometeram atos de indisciplina no último fim de semana.

A direção promete anunciar quarta-feira uma decisão sobre o futuro dos atletas. Sábado, o colombiano Armero, inclusive, foi cortado da delegação que viajou para Porto Alegre. Não foi relacionado na partida contra o Inter.

O lateral também não treinou no clube no último domingo e, segundo Raimundo, só vai voltar ao CT do Mutange na próxima quarta.

O argentino Maidana e o colombiano Manga ainda se recuperam de lesão muscular e não jogaram nas últimas partidas do CSA. Raimundo confirmou que os três atletas estavam na "balada" e podem ser punidos.

Temos já a decisão, mas só vamos tornar público na quarta-feira. Estamos chegando hoje (de Porto Alegre), amanhã vai ser folga e, na quarta-feira, a imprensa e o torcedor tomarão conhecimento da decisão tomada pelo clube - declarou Tavares, no desembarque da delegação do CSA em Alagoas.

O dirigente foi incisivo sobre o problema. Existe a possibilidade de os contratos serem rescindidos.

Ninguém tolera (indisciplina), e ter alguém que queira prejudicar o trabalho, expor o nome da instituição. Isso é uma coisa que nós já temos decidido em conjunto com o presidente (Rafael Tenório) e o departamento de futebol todo. Na quarta-feira, tornaremos público.
 Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

NM com Globoesporte.com/al


Nenhum comentário:

Postar um comentário