Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 4 de maio de 2019

CRB perde duas seguidas no Brasileiro e fica na parte de baixo da classificação

FOTO: REINALDO REGINATO
Ainda não foi desta vez que o CRB conquistou os seus primeiros pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo contra o Paraná, na noite deste sábado (4), no Estádio Durival Britto, em Curitiba-PR, o Galo se deu mal e perdeu por 1 a 0. O duelo foi válido pela segunda rodada da competição.
O Paraná foi bem melhor no primeiro tempo. Teve boas chances e fez um gol. Quanto ao CRB, só chutou uma vez em gol. O segundo tempo não mudou muito o panorama do jogo para as duas equipes. O Galo ainda tentou, mas não conseguiu e acabou saindo de campo amargando a sua segunda derrota na Segundona. A primeira foi para o Londrina, por 2 a 1, de virada, na rodada de estreia.
Já o Paraná, conquistou a sua primeira vitória na Série B. Na rodada inicial, tinha empatado com o Vila Nova, por 1 a 1. O gol dos paranaenses, esta noite, foi assinalado por Guilherme Santos, aos 20 minutos da etapa inicial. 
Com este resultado, o CRB segue sem somar pontos na Série B, e ocupa a 18ª posição. O próximo adversário regatiano será o Brasil-RS, fora de casa, às 19 horas do dia 11 de maio. Antes desse embate, porém, o Galo enfrentará o Juazeirense, pela pré-Copa do Nordeste, no dia 7 deste mês (terça-feira), às 21h30. 
E o Paraná, com três pontos, é o 7º colocado na Segundona. Na próxima rodada o time paranaense vai enfrentar o Cuiabá, também no dia 11, na Arena Pantanal, às 19 horas, em Cuiabá-MT. 
Na 1ª etapa
O CRB começou o jogo todo atrás, sem conseguir ir ao ataque, mas procurando espaços. E aos 4 minutos quem chegou foi o Paraná: Itaqui cobrou falta, Jenison ajeitou de cabeça para Sciola, mas ele bateu por cima do gol de Edson Mardden, perdendo a chance para o time paranaense, que chegou novamente pela esquerda, mas o lateral Guilherme Santos errou o passe e a bola se perdeu pela linha de fundo, resultando em tiro de meta para o Galo. 
Aos 12 minutos, de novo a chance foi do Paraná, quando Luiz Otávio avançou em velocidade e foi derrubado por Igor na entrada da área, resultando em falta perigosa para o Paraná. Aos 14 minutos, Itaqui foi para a cobrança, mandando com perigo, mas Edson Mardden desviou, milagrosamente, com a ponta dos dedos, e mandou para escanteio, livrando o Galo de levar o primeiro gol.
Com o resultado, o time do CRB chegou a segunda derrota na Série B
FOTO: REINALDO REGINATO









A partida chegava aos 16 minutos e o CRB, sem poder ofensivo, seguia sem chutar uma bola sequer em gol. Em nenhum momento chegou com perigo ao gol de Thiago Rodrigues. Por outro lado, quem chegou ao gol de Edson Mardden foi o time da casa, que aos 20 minutos abriu o placar. Matheus Anjos cobrou escanteio, o zagueiro Guilherme Mattis cortou parcialmente, mas Guilherme Santos pegou a sobra e acertou um belo chute, colocando o Paraná à frente no marcador: 1 a 0.
Depois que fez o gol, o Paraná recuou, como se diz na gíria: "puxou o freio de mão", enquanto o CRB trocava passes no campo de ataque. Aos 26 minutos, o Galo tentou. Victor Rangel avançou em velocidade, mas, sozinho, arriscou o chute em cima de Eduardo Bauermann.
CRB não fez um bom jogo e acabou amargando mais uma derrota no Brasileiro, desta vez para o Paraná
FOTO: REINALDO REGINATO





















Aos 29 minutos, o CRB teve uma falta em seu favor. O estreante Guilherme Costa cobrou, mas viu a bola explodir na barreira do Paraná. Aos 33 minutos, o time alvirrubro chegou de novo, quando Júnior recebeu a bola pela direita e cruzou rasteiro, mas o zagueiro Rodolfo cortou, livrando o perigo, pois o Galo melhorou um pouco e começou a apertar.
O Paraná deu a resposta aos 38 minutos. Matheus Anjos recebeu a bola na entrada da área do CRB, invadiu e chutou forte, mas o zagueiro Guilherme Mattis, em cima da linha, salvou o time regatiano daquele que poderia ter sido o segundo gol dos donos da casa.
Aos 41 minutos, o Galo foi quem chegou: Igor se livrou da marcação de Éder Sciola e chutou rasteiro. A bola foi na rede pelo lado de fora, em lance de tiro de meta para o goleiro Thiago Rodrigues. Aos 45 minutos, foi a vez do paraná. Alesson recebeu o lançamento, mas foi desarmado por Guilherme Mattis, que mandou a bola para escanteio.
A etapa inicial foi até os 47 minutos, quando o árbitro Daniel Nobre Bins apitou para o centro do campo, encerrando a partida, que terminou mesmo com a vitória parcial do time paranaense, por 1 a 0.
Na 2ª etapa
Assim como no primeiro tempo, o CRB não mudou muita coisa em relação a sua postura em campo. E a primeira tentativa foi do Paraná. Aos 8 minutos, Matheus Anjos tocou a bola para Guilherme Santos, que cruzou rasteiro, mas a bola passou por toda extensão da grande área e ninguém chegou para completar. Chance perdida para os donos da casa.
O Galo respondeu aos 11 minutos. Felipe Ferreira cobrou a falta e Thiago Rodrigues afastou de soco. Na sequência, o próprio Felipe Ferreira colocou na área, mas a bola ficou fácil, fácil para o goleiro tricolor. 
O time paranaense, que não começou o segundo tempo muito bem, passou a tomar conta do jogo novamente e a chegar com perigo ao setor de ataque. Aos 16 minutos, Matheus Anjos recebeu o passe dentro da área do CRB e chutou rasteiro, mas o zagueiro Ewerton Páscoa desviou, mandando a redonda para escanteio.
Com a entrada de Felipe Menezes, o time regatiano deu uma melhorada, mas ainda faltava muito para conseguir chegar ao menos ao gol de empate. O atacante Felipe Ferreira, do CRB, recebeu a bola dentro da área do Paraná e chutou de pé esquerdo, mas ela explodiu em Rodolfo. Isso aos 21 minutos de bola rolando.
Aos 22 minutos, foi a vez do Paraná, de novo com Matheus Anjos. Ele invadiu a área do CRB e tocou por cima. A bola foi em tiro de meta para o goleiro do Galo, que respondeu aos 23 minutos, com Igor. O lateral regatiano cruzou na área do Paraná, mas o zagueiro Eduardo Bauermann se antecipou e cortou. 
Aos 30 minutos, o Paraná foi quem chegou com perigo. Fernando Neto cruzou na área regatiana, a zaga afastou e, na sobra, Alesson entrou na área e chutou cruzado, Eder Sciola esticou a perna e Edson Mardenn fez uma defesa espetacular, livrando o CRB de sofrer o segundo gol. Aos 34 minutos, de novo os donos da casa levaram perigo do gol regatiano. Fernando Neto soltou o canudo e a bola assustou Mardenn. 
O CRB seguia sem fazer um bom jogo. O Paraná até que dava espaços, mas o Galo não sabia aproveitar as oportunidades. Aos 39 minutos, Zé Carlos - que tinha acabado de entrar - cortou para a direita, chutou, mas a bola explodiu na zaga tricolor. 
O jogo se encaminhava para o apito final do árbitro, o Galo teve até algumas boas chances, passou a pressionar no finalzinho, mas não conseguiu e, aos 49 minutos o árbitro apitou, determinando o encerramento da partida e decretando a primeira vitória do Paraná na competição: 1 a 0.
Goleiro Edson Mardden ainda fez grandes defesas, livrando o CRB de sofrer mais gols do Paraná
FOTO: REINALDO REGINATO






















Paraná - Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Eduardo Bruermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Itaqui, Luiz Otavio e Matheus Anjos (Fernando Neto); Jenison, Ramon (Caio Rangel) e Alesson (Marlyson). Técnico: Matheus Costa.
CRB - Edson Mardden; Júnior (Daniel Borges), Ewerton Páscoa, Guilherme Mattis e Igor; Claudinei, Lucas e Guilherme Costa (Felipe  Menezes); Victor Rangel (Zé Carlos), Felipe Ferreira e William Barbio. Técnico: Marcelo Chamusca.
Árbitro - Daniel Nobre Bins (CBF-RS). 
Auxiliares - Elio Nepomuceno de Andrade Junior (CBF-RS) e Michael Stanislau (CBF-RS).
Público pagante - 4.690 torcedores. 
Público total - 5.757 torcedores.
Renda - R$ 110.755,00.
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário