Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 14 de maio de 2019

CRB decide a vida na pré-Copa do Nordeste em casa nesta terça-feira

FOTO: CARLOS HUMBERTO/JUAZEIRENSE
Assim como na temporada passada, quando teve que passar pela fase anterior a de grupos da Copa do Nordeste, o CRB se encontra na mesma situação em 2019. Para poder participar do Nordestão 2020, o Galo vai precisar despachar a Juazeirense-BA, no Estádio Rei Pelé, às 20h, nesta terça-feira (14). 
No jogo de ida, em Juazeiro, na Bahia, na última terça-feira (7), alagoanos e baianos ficaram no 0x0, ou seja, quem vencer fica com a vaga, mas se houver qualquer empate no tempo regulamentar, a decisão será nos pênaltis. 
O torcedor regatiano lembra do purgatório que foi conseguir carimbar vaga no Regional. Na oportunidade, o Campinense foi o time que rendeu problemas iniciais para o Galo. No primeiro jogo, no Estádio Amigão, em Campina Grande-PB, o CRB saiu perdedor pelo placar mínimo. No entanto, uma semana depois, conseguiu vencer por 3x1 e ficar com a vaga.
Ano passado, na partida de volta da Pré-Copa do Nordeste 2019, o CRB bateu o Campinense-PB por 3x1, no Estádio Rei Pelé
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Este ano, a dificuldade parece ser a mesma para o clube alvirrubro. Apesar de não ter perdido para a Juazeirense, a situação da temporada vigente acaba se espelhando a campanha anterior, não somente no Nordestão. Em 2018, perdeu o título estadual para o CSA e também disputava a Série B simultaneamente à fase inicial da Copa. No nacional não vinha bem, perdendo as três partidas iniciais, a exemplo do que aconteceu em 2019, nas duas primeiras rodadas.
Em contrapartida, a reviravolta sobre o Campinense marcou também a volta por cima do Galo naquele início de Brasileirão. Além de vencer o time paraibano, emplacou duas vitórias consecutivas na Segundona. Onda positiva que parece ter retornado pouco antes do esperado com a vitória sobre o Brasil de Pelotas, por 2x0, no Rio Grande do Sul, no sábado (11).
Para o jogo decisivo em questão, o técnico Marcelo Chamusca deverá repetir a formação que conseguiu a primeira vitória regatiana na Série B. No gol, Edson Mardden continua absoluto. Na defesa, Guilherme Mattis e Ewerton Páscoa parecem ter se encaixado de maneira que não sejam substituídos. Na lateral direita, Daniel Borges deverá ser mantido, bem como Igor na esquerda. À frente da zaga, Lucas e Ferrugem. No bloco de combate, sendo formado por Felipe Ferreira, William Barbio, Willie e Victor Rangel. 
BAIANOS EMBALADOS
A partida contra o CRB marcou também a mudança de ares da Juazeirense. O Cancão, que vinha de um empate na Série D do Brasileiro, conseguiu agarrar a sua primeira vitória na competição, 3x0 sobre o Itabaiaba-BA, e agora figura na liderança do Grupo A9.
A Juazeirense também chega para o confronto com a autoestima elevada após vencer a primeira no Brasileiro Série D
FOTO: CARLOS HUMBERTO/ AGÊNCIA CH

























Deste modo, não é surpresa que o técnico Carlos Rabello vai mandar em campo a equipe que venceu no último sábado, com Gleibson; Ewerton, Emílio, Emerson e Cesinha; Waguinho, William Kaefer, Iran e Clebson; Nino Guerreiro e Toni Galego.
ARBITRAGEM
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteou um árbitro pernambucano para a partida. Trata-se de Tiago Nascimento dos Santos, auxiliado por Francisco Chaves Bezerra Junior e Bruno Cesar Chaves Vieira. Todos do quadro da CBF. O quarto árbitro será o alagoano Rafael Carlos Salgueiro Lima. 
NM com Maurício Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário