Image Map
Image Map
Image Map

PARCEIRO NA MIRA

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Chamusca faz ajustes no time, mas pode manter escalação do CRB para o duelo com o Vila Nova

O técnico Marcelo Chamusca deve dar confiança ao time do CRB. Ele gostou do desempenho dos jogadores na vitória contra o Coritiba, na última segunda, e a tendência é que mantenha a formação para o duelo de sexta, com o Vila Nova.

Chamusca faz ajustes ainda no time, tenta arrumar o meio-campo. Sem a bola, o CRB apresentou dificuldades na última segunda, mesmo tendo atuado com três volantes, Claudinei, Dirceu Lucas e Ferrugem.

Felipe Ferreira ajuda na armação, e Alisson Farias cai mais pela ponta esquerda. Centralizado, Léo Ceará é o homem de referência na área. Assim, a provável equipe para sexta tem: Mardden; Daniel Borges, Éwerton Páscoa, Edson Henrique e Igor; Claudinei, Dirceu Lucas, Ferrugem e Felipe Ferreira; Alisson Farias e Léo Ceará.

Claudinei falou sobre o encaixe no meio-campo. Ele lembrou que o time não foi vazado por Brasil de Pelotas e Coritiba.

- Nosso setor de marcação vem evoluindo bastante nos últimos jogos. Não sofremos gols. Isso vai dando confiança ao restante da equipe. Tanto eu, como Lucas, quanto Ferrugem temos essa responsabilidade de dar confiança ali atrás e buscar essa chegada no ataque para auxiliar. Isso vem dando certo pela organização que temos em campo.
Ferrugem disse que o trio de volantes tem qualidade também para sair para o jogo.

- Jogar ao lado de Claudinei ou do Lucas é muito fácil. Eles são volantes inteligentes, que dão suporte à defesa, mas chegam bem no ataque. Isso facilita quem está atuando com eles. Espero que essa parceria seja boa para o CRB nesta sequência da Série B. Vamos lutar por isso.

Em alta

O lateral-direito Daniel Borges, aos poucos, vai conquistando espaço no time. Ele foi bem contra o Coritiba, bateu falta, apareceu no apoio. Deve ganhar o duelo com Júnior pela posição.

Daniel falou sobre o desempenho do time contra o Coritiba.

- Em alguns momentos, o Coritiba teve mais posse de bola que a gente, um controle com a bola no pé, porém eles não conseguiram finalizar. Acho que finalização mesmo, eles só tiveram o pênalti... Mesmo eles com a posse de bola, o Edson não sofreu tanto. E quando foi preciso, ele salvou, ele compareceu, então, a gente soube sofrer sem a bola, e quando tivemos a bola e a oportunidade, a gente conseguiu matar a partida.

O CRB é o sexto colocado no Brasileiro, com seis pontos. Sexta, o jogo com o Vila Nova começa às 19h15, no Rei Pelé.

NM com Globoesporte.com/al
Fotos: Denison Roma

Nenhum comentário:

Postar um comentário