Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 28 de abril de 2019

No Rei Pelé, CRB sofre virada do Londrina e perde por 2x1 na estreia da Série B

Não era a estreia no Campeonato Brasileiro da Série B que o torcedor regatiano esperava. O CRB ainda saiu na frente, logo no primeiro ataque do jogo, com um golaço do centroavante Victor Rangel. No entanto, de maneira relâmpago, o Tubarão conseguiu empatar e virar o marcador com Arthur Caculá e Alisson Safira, respectivamente.
A derrota em pleno Estádio Rei Pelé faz o time alagoano, de cara, ficar na 15ª posição na tabela da Segundona - nesta segunda-feira (28), a primeira rodada será finalizada com Coritiba x Ponte Preta. 
Na rodada seguinte, no sábado (4), às 19h, o Galo pega o Paraná, no Estádio Durval Britto, em Curitiba. O Tricolor paranaense esteou na competição empatando em 1x1 contra o Vila Nova, em Goiás. Já o Londrina recebe o Brasil de Pelotas, no Estádio do Café, na sexta-feira (3).


CRB 1x2 Londrina - Campeonato Brasileiro Série B (1ª rodada)
GOL DO GALO E VIRADA RELÂMPAGO
No ataque inicial, aos dois minutos, o centroavante Victor Rangel recebeu passe na intermediária, ajeitou e mandou um balaço. A bola bateu no travessão, beijou o chão e fez tremular a rede de Matheus Albino, que não pode fazer nada. 1x0 CRB.
Mesmo na vantagem do placar, o Galo continuava em cima do Tubarão. Aos 10, na saída errada da defesa paranaense, Mailson entrou na área pela direita, chutou cruzado e Matheus Albino espalmou para o lado. 

No primeiro ataque do jogo, aos dois minutos, Victor Rangel abriu a contagem contra o Londrina
FOTO: AILTON CRUZ























Nos minutos seguintes, o Regatas continuava senhor do jogo, abusando de perder oportunidades ofensivas. Em uma delas, João Paulo lançou William Barbio, mas não conseguiu evitar a saída pela linha de fundo. Logo depois, Mailson foi lançado para a disputa de bola com Augusto, e o zagueiro usou da inteligência e chutou a bola em cima do regatiano. 
Aos 26 minutos foi quando o CRB, por pouco, amplia o placar. O volante Dirceu Lucas recebeu o passe de William Barbio e chutou colocado, tentando deslocar o goleiro londrino, no entanto, Matheus Albino não vacilou e espalmou para escanteio. Esse foi o último lance antes da desgraça acontecer para os regatianos.
Após abrir o placar e com mais posse de bola, CRB teve oportunidades de ampliar a vantagem
FOTO: AILTON CRUZ























Quando o relógio apontou os 38, o atacante Anderson Oliveira puxou o ataque, passou fácil  por Wellington Carvalho, rolou para trás e Arthur Caculá, completamente livre de marcação, empatou o marcador: 1x1.

Cinco minutos mais tarde, o Londrina mostrou o seu valor por meio de Alisson Safira. Felipe Vieira cruzou na área do Galo, Safira apareceu como elemento surpresa, por trás da defesa regatiana e empurrou para o fundo da rede do goleiro Edson Mardden. Vira-virou no Trapichão: 2x1 Londrina.

Com dois gols em cinco minutos, o Tubarão tragou o Galo neste domingo de estreia pela Série B
FOTO: AILTON CRUZ























Aos 46 minutos, Victor Rangel foi lançado dentro da área do Tubarão, ajeitou no peito e tentou mais uma belo gol, desta vez de bicicleta. A bola passou por cima do travessão e não ofereceu perigo algum ao arqueiro Matheus Albino. 

POSSE E POUCA EFETIVIDADE 
Na volta do intervalo, o técnico Marcelo Chamusca sacou Mailson e promoveu a estreia de Felipe Ferreira, regularizado junto a CBF nesta sexta-feira (26). E o novato que chegou com perigo no segundo tempo. Aos dois, o atacante recebeu dentro da área do Londrina, chutou colocado, a bola carimbou o zagueiro Felipe Vieira e saiu pela linha de fundo. 

Time regatiano manteve a posse da bola durante o segundo tempo, mas pouco criou
FOTO: AILTON CRUZ























Aos três, o volante Dirceu Lucas foi lançado dentro da área do Tubarão, chutou e a bola passa por cima do gol de Matheus Albino. Três minutos depois, foi a vez de João Paulo, improvisado como camisa 10 da equipe, soltar o pé e mandar a redonda para muito longe do gol adversário. 

Se o Galo não tinha efetividade com a bola dominada, o Tubarão mantinha a estratégia de ser cirúrgico no contra-ataque. Aos 14, Arthur Caculé pedalou para cima da defensiva alagoana, entrou na área e soltou um canudo de perna esquerda. A bola explodiu no travessão do goleiro Edson Mardden e fez o torcedor regatiano suspirar. 

Quando o atacante Victor Rangel conseguiu passar pelo goleiro Matheus Albino, apareceu Silvio e tirou de cima da linha o gol de empate do CRB
FOTO: AILTON CRUZ
























No ataque seguinte, o CRB instalou uma verdadeira blitz em busca do gol de empate. No cruzamento da direita, William Barbio cabeceou e goleiro do Londrina fez uma grande defesa. No rebote, Victor Rangel chutou forte e Albino defendeu mais uma vez e Silvio tirou em cima da linha.

A partir disso, coma vantagem no marcador, os visitantes resolveram ficar atrás da linha da bola, dando campo ao Regatas. Mas, somente aos 37 foi que uma real chance de marcar aconteceu. Após cobrança de falta de Igor, o zagueiro Wellington Carvalho ajeitou de cabeça, Victor Rangel deu um peixinho na bola e mandou por cima do gol. Chance perdida e estreia com pé esquerdo na Série B 2019.

CRB: Edson Mardden; Daniel Borges, Wellington Carvalho, Guilherme Mattis e Igor; Claudinei, Dirceu Lucas e João Paulo (Guilherme Costa); William Barbio, Maílson (Felipe Ferreira) e Victor Rangel (Zé Carlos). 

Técnico: Marcelo Chamusca

Londrina: Matheus Albino; Raí Ramos, Augusto, Sílvio e Felipe Vieira; Anderson Leite (Romulo), Bertotto, Arthur Caculé (Matheus Bianqui) e Anderson Oliveira; Marcelinho e Safira (Uelber). 

Técnico: Alemão 

NM com Maurício Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário