Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 9 de abril de 2019

CRB sofre gol no fim, perde para o Bahia e está eliminado da Copa do Brasil

FOTO: FELIPE OLIVEIRA/EC BAHIA
O CRB está eliminado da Copa do Brasil. A despedida do Galo da competição mais democrática do futebol brasileiro veio com requintes de crueldade, já que o time regatiano levava a decisão para os pênaltis, diante do Bahia, mas acabou sofrendo um gol no último lance da partida, na noite desta terça-feira (9), na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA.
A bola que decretou o fim da linha para o Regatas na competição nacional em 2019, saiu em uma jogada pelo lado direito de ataque tricolor. Nino Paraíba chutou mal da entrada da área e a bola que parecia perdida, acabou sobrando para Élton, na pequena área, aproveitar a falha de Guilherme Mattis e tocar entre as pernas do goleiro Edson Mardden, aos 53 minutos da etapa final.
Com a classificação, o Bahia chegou à quarta fase da Copa do Brasil e faturou R$ 1,9 milhão. 
Bahia 1x0 CRB
Confira os melhores momentos da 2ª partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil
Agora, o CRB volta suas atenções para o Clássico das Multidões, contra o CSA, no próximo domingo (14), às 16h, no Rei Pelé, válido pelo jogo de ida das finais do Campeonato Alagoano. No mesmo dia e horário, o Tricolor, encara o Bahia de Feira, no Estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana-BA, pelo primeiro duelo da decisão do Estadual.
Pressão tricolor
Jogando em casa o Bahia fez o que se espera e logo de cara partiu para cima do CRB. Com apenas dois minutos de jogo, a zaga do CRB se atrapalhou na saída de bola e Arthur Caíke só não abriu o marcador, porque a defensiva regatiana se recuperou e travou na hora h.
O CRB parecia nervoso no campo de jogo e não conseguia trocar passes, devido a forte marcação do Bahia. Após ótima troca de passes do meio-campo tricolor, a bola chegou até Douglas Augusto que arriscou da intermediária e a bola passou muito perto da meta regatiana, aos 3 minutos. 
A ideia de apostar nos contra-ataques com a velocidade de Mailson e William Barbio não funcionava para o CRB e o Galo seguia sem incomodar a defensiva baiana. Aos 22 minutos, Edson Mardden brilhou pela primeira vez, ao espalmar com a ponta dos dedos uma pancada de Douglas Augusto, que entraria no canto esquerdo do goleiro regatiano.
Aos 32, o técnico Roger Machado, estreante da noite, perdeu seu poder pelo lado direito. O atacante Élber sentiu um problema na coxa esquerda e deu lugar a Artur. 
A substituição pareceu ter ajudado o CRB, diminuindo a intensidade do Bahia e o Galo conseguiu manter mais a bola e até criou a melhor chance do primeiro tempo, aos 38 minutos, quando Zé Carlos veio buscar jogo no lado esquerdo, lançou Júnior, e o lateral regatiano encontrou Lucas, no meio da área baiana, mas ele chutou torto e a bola passou à esquerda do gol de Anderson.
Apesar do susto, o Bahia era mais organizado e teve uma última chance, antes do fim da primeira etapa. O meia Eric Ramires recebeu livre na entrada da área, encarou a marcação e emendou um veneno de perna esquerda. A bola passou raspando a trave de Mardden e foi para fora. 
Equipes
Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Douglas, Elton e Eric Ramires (Fernandão); Elber (Artur), Arthur Caíke (Shaylon) e Gilberto.
Técnico: Roger Machado
CRB: Edson Mardden; Júnior, Guilherme Mattis, Edson Henrique e Igor; Claudinei, Lucas e Felipe Menezes (Guilherme Souza); William Barbio, Mailson (Ferrugem) e Zé Carlos (Victor Rangel).
Técnico: Jean Carlos
NM com Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário