Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sábado, 30 de março de 2019

CSA vence de virada o Altos no Albertão e garante classificação

FOTO: LUIS JUNIOR
Foi sofrido, foi no sufoco, como é típico do CSA, mas o Azulão venceu de virada o Altos-PI, no Estádio Albertão e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Nordeste. Ronaldo Alves marcou contra aos cinco minutos do primeiro tempo, mas Didira e Victor Paraíba revertam o placar na segunda etapa.
Agora, o time marujo vira a chave novamente porque terá o jogo da volta das semifinais do Campeonato Alagoano contra o Coruripe na próxima quarta-feira (03), no Estádio Rei Pelé, às 20h30.
O time azulino enfrenta, na próxima fase, a equipe do Botafogo-PB, já no próximo domingo (7). O mando será do time paraibano, que ficou na segunda colocação do Grupo B.
COMO FOI O JOGO?
O CSA entrou em campo dependendo apenas de suas forças para garantir classificação na segunda fase da Copa do Nordeste, mas logo aos cinco minutos levou um susto. Após cruzamento de Radsley, Ronaldo Alves tentou cortar e acabou mandando a bola para seu próprio gol. Aos treze minutos, novamente o camisa 11 armou jogada para a equipe da casa, rolou para Luizão que chutou para fora. Aos dezesseis minutos veio a resposta do CSA, Rafinha cobrou falta e soltou a bomba, a bola passou raspando a trave, mas foi embora pela linha de fundo. 
Aos vinte minutos, o Azulão chegou novamente, Manga Escobar bateu muito bem, e a bola tirou tinta da meta defendida por Andrade. O jogo permaneceu lento e sem muito perigo na primeira etapa, até que, aos trinta e três minutos, Cassiano, livre, chuta no canto de Andrade, que se esticou todo para fazer a defesa com as pontas dos dedos. O juiz deu dois minutos de acréscimo, mas até lá o jogo continuou sonolento.

CSA esteve irreconhecível no primeiro tempo mas mudou a postura e voltou totalmente diferente na segunda etapa
FOTO: LUIS JUNIOR























Já no segundo tempo, o time alagoano voltou com outra postura e teve Bruno Ramires sendo sacado para a entrada de Patrick Fabiano. E logo aos três minutos, o Habbib mostrou, que queria mudar a história do jogo, tentou um voleio espetacular, mas a bola tomou o caminho da linha de fundo. 
Aos seis minutos, uma jogada provou que um jogador pode ir do céu ao inferno em segundos. Na primeira jogada, Didira chutou de fora, mas isolou, porém, na sequência, o meia azulino se redimiu em grande estilo. O camisa 19 chutou de cobertura de fora da área e marcou um golaço, empatando a partida. Aos onze minutos, o Azulão chegou novamente com perigo a área altense, Rafinha cruzou, o Habbib cabeceou firme e quase marcou o gol da virada. 

Altos-PI, já eliminado, ameaçou o time alagoano mas não conseguiu segurar o Azulão
FOTO: LUIS JUNIOR























No minuto seguinte, o camisa 99 subiu novamente e obrigou Andrade a operar um milagre. Em contrapartida, o jogo seguiu sem chances de perigo até os 29 minutos, quando Dawhan conseguiu um belo chute, dando um tremendo susto no camisa 1 do Altos. Foram sete minutos até o lance que determinou a classificação azulina. 

Aos trinta e seis minutos, brilhou a estrela do treinador Marcelo Cabo. Victor Paraíba, que havia entrado dois minutos antes, marcou o gol da virada do Azulão. E aos 48 minutos, Luizão, do Altos, cabeceou para fora. Aos 49 minutos, o árbitro Jose Henrique de Azevedo Junior apontou o centro do campo e deu números finais à partida.

NM com Fábio Costa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário