Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quinta-feira, 14 de março de 2019

CRB joga mal, perde para o Náutico e conhece sua 1ª derrota no Nordestão: 2x1

FOTO: AILTON CRUZ
Não deu. Ainda não foi desta vez que o CRB conquistou uma vitória na Copa do Nordeste 2019. Brigando para conseguir vencer, pois até então só tinha empatado no Nordestão, o Galo levou a pior. Na noite desta quinta-feira (14), pela 6ª rodada, o time regatiano decepcionou ao perder para o Náutico, por 2 a 1, em pleno Rei Pelé, conhecendo, assim, a sua primeira derrota na competição.
O Náutico foi quem abriu o placar, com Odilávio, no primeiro tempo, e Jiménez, no segundo tempo. O Galo diminuiu com Felipe Menezes, na segunda etapa. Detalhe: o CRB não perdia há nove anos para o Timbu, a última derrota tinha sido em 2010, na Série B. 
Com esta derrota, o CRB permanece em 4º lugar no Grupo A, com cinco pontos. E o Náutico, pulou da 6ª colocação para a 4ª, com 11 pontos, no Grupo B da Copa do Nordeste.
O próximo jogo do Galo pela competição regional será somente no dia 23 deste mês (um sábado), contra o Confiança-SE, às 18 horas, no Batistão, em Aracaju-SE. Mas antes o CRB tem compromisso pelo Campeonato Alagoano, no próximo domingo (17), contra o CEO, no Rei Pelé, pela última rodada da primeira fase da competição.
E o Náutico vai encarar o Altos-PB, também no dia 23 de março, às 18 horas, nos Aflitos. E pelo Pernambucano, o Timbu tem o clássico com o Santa Cruz, no próximo domingo (17), às 16 horas, também nos Aflitos.
O duelo
CRB foi surpreendido e não conseguiu superar o Náutico, para quem foi derrotado por 2 a 1, em pleno Rei Pelé
FOTO: AILTON CRUZ
























O CRB já começou indo ao ataque no início do primeiro tempo, mas em lance de Ferrugem, Hugo Sanchez não alcançou. O Timbu, que entrou em campo com cinco jogadores da base, parecia atrapalhado e quase entregou o ouro para o Galo, que teve duas grandes arrancadas.
Apesar das boas investidas do CRB, quem abriu o placar foi o Náutico, logo aos  6 minutos. Claudinei saiu errado e Odilávio, esperto, roubou a bola, entrou na área e marcou para o Náutico, botando a bola no canto esquerdo do goleiro Edson Mardden: 1 a 0. 
Depois do gol, o Timbu ficou mais tranquilo em campo, mantendo a posse de bola, enquanto o CRB tentava sair do prejuízo e teve oportunidade com Danilinho, que poderia ter empatado a partida. Ele recebeu a bola em profundidade, rabiscou, demorou demais e na hora do chute a bola desviou na zaga do time pernambucano. 
Primeiro gol do Náutico foi assinalado por Odilávio, graças a uma tremenda bobeira do volante Claudinei, do Galo
FOTO: AILTON CRUZ
























O CRB começou bem o jogo, mas depois que tomou o gol, se enrolou, não conseguia mais jogar e ficou totalmente perdido em campo. Para se ter uma ideia dos erros bobos do CRB, aos 23 minutos, Edson Mardenn saiu errado, Hereda ficou com a bola e tentou o lançamento, mas a bola tomou o caminho das mãos do goleiro regatiano. E depois, aos 25 minutos, Júnior tentou o lançamento para o ataque, mas a redonda ficou fácil para o goleiro Bruno.
Aos 28 minutos o Galo chegou. Hugo Sanches levantou a bola bem, na segunda trave, William Barbio cabeceou na pequena área, para baixo, mas não conseguiu fazer o gol. O jogo se aproximava dos 35 minutos da etapa inicial e o CRB seguia nervoso, todo atrapalhando; já o Timbu parecia satisfeito com o gol assinalado.
Aos 38 minutos, o CRB tentou com William Barbio, que arriscou da entrada da grande área, mas mandou por cima do gol de Bruno e a redonda foi em tiro de meta para o Náutico. Aos 40 minutos, o time pernambucano respondeu. Jiménez recebeu fora da área e chutou bem. Edson voou para espalmar o excelente chute do paraguaio. 
O CRB tentava chegar ao gol de empate. Aos 45 minutos, Felipe Menezes lançou para William Barbio, Hugo Sanches escorou, mas o goleiro Bruno fez um milagre e defendeu. E o time regatiano ainda teve uma última chance no primeiro tempo. Aos 47 minutos, Ferrugem cobrou escanteio no primeiro pau e Camutanga tirou mais uma, livrando o perigo. 
O árbitro apitou o final da primeira etapa, aos 47 minutos, um primeiro tempo para ser repensado pelo técnico do CRB, Roberto Fernandes, e seus comandados. E a torcida regatiana, na bronca, vaiou e xingou o time, à descida para os vestiários.
Segundo tempo
Na etapa final, assim como aconteceu no primeiro tempo, veio o segundo gol do Náutico, logo no início, aos 2 minutos de bola rolando. Jiménez arriscou o chute de fora da área, a bola quicou no chão e enganou o goleiro Edson Mardden, morrendo no fundo da rede: 2 a 0. 
O CRB tentava fazer o seu gol e, aos 11 minutos, chegou com Danilo Bala, que entrou no segundo tempo. Ele foi ao ataque, chutou de fora da área, mas a bola desviou na zaga do Náutico e foi para fora. Aos 13 minutos, Thiago recebeu um ótimo lançamento de Jiménez na ponta direita, ele chamou Igor para "dançar" e chutou forte, de direita, mas viu Edson Mardden espalmar.
O Galo não desistia e aos 17 minutos, o time regatiano diminuiu o placar, com Felipe Menezes. Ele aproveitou o rebote do goleiro Bruno, após boa jogada de Danilo Bala, e marcou para o Galo: 2 a 1. 
O Náutico começou a fazer aquela famosa catimba, quando a partida chegava aos 30 minutos, e ficou muito bem postado. E o CRB, depois do gol que fez, diminuiu o ímpeto que parecia ter surgido, em busca do gol de empate. O técnico Roberto Fernandes, percebendo isso, tirou Júnior, que é lateral, e colocou o atacante Polaco em campo, em busca de empatar o jogo.
Aos 35 minutos, Danilo Bala aproveitou um cruzamento da esquerda, pegou de primeira, sem deixar a bola cair, mas não bateu bem e a redonda bateu na canela, passando ao lado do gol de Bruno. Outra chance perdida pelo Galo. 
O Náutico trocava passes para passar o tempo, mas ainda levou perigo ao gol do CRB. Jiménez fez bela antecipação no campo de ataque, Fábio Matos pegou a sobra e arriscou de longe. A bola quicou e quase complicou a vida de Edson Mardden, que segurou em dois tempos. Livrando o perigo. 
Galo buscou o empate até os minutos finais da partida, mas ele não aconteceu , decepcionando a torcida regatiana
FOTO: AILTON CRUZ
























Já nos acréscimos, o Regatas ainda tentou. Aos 47 minutos, Mailson disparou em contra-ataque, mas adiantou demais a bola e viu Bruno sair bem. A bola ainda bateu no jogador do CRB e foi para fora, em lance de escanteio. Aos 50 minutos, o Galo ainda tentou o último lance. Após saída de bola errada de Luiz Henrique, Danillo Bala chutou da direita e Bruno espalmou.
Final de jogo, aos 51 minutos, encerrado pelo árbitro, e o CRB saiu de campo amargando a sua primeira derrota na Copa do Nordeste. E, novamente, a torcida regatiana vaiou o time e xingou os jogadores.
CRB - Edson Mardden; Júnior (Polaco), Guilherme Mattis, Edson Henrique e Igor; Claudinei, Ferrugem e Felipe Menezes; Hugo Sanches (Danilo Bala), William Barbio e Danilinho (Mailson). Técnico: Roberto Fernandes. 
Náutico - Bruno; Hereda, Camutanga, Sueliton e Josa; Jiménez, Danilo Pires (Fábio Matos) e Luiz Henrique; Robinho, Thiago (Assis) e Odilávio (Jorge Henrique). Técnico: Márcio Goiano.
Árbitro - Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF-RN).
Auxiliares - Lorival Cândido das Flores (CBF-RN) e Francisco de Assis da Hora (CBF-RN).
Público total - 4.378 torcedores
Renda - R$ 48.111,00
Reforços?
Na noite desta quinta-feira, a informação que surgiu antes do jogo foi de que o CRB deverá anunciar oficialmente as contratações do atacante Gustavo Balotelli, 22 anos, e do volante Patrik, 24 anos, ambos do Juazeirense-BA. Balotelli jogou também em clubes como Ho Chi Minh, do Vietnã, e Roasso Kumamoto e Nagoya Grampus, ambos do Japão, além do Bahia. E Patrik defendeu a camisa do Petrolina-PE. 
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário