Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 29 de março de 2019

Coruripe volta ao Gerson Amaral com trabalhos regenerativos e reuniões

FOTO: AGAPITO SANTANA/CORURIPE
O Coruripe retomou os trabalhos na tarde desta sexta-feira (29), no Estádio Gerson Amaral. O elenco e a comissão técnica se reuniram com membros da diretoria a portas fechadas e, em seguida, encontraram os jogadores no gramado do Gersão. 
O jogo contra o CSA, na última quarta-feira (27), quando o Hulk foi derrotado por 6 x 2, foi encarado como um revés que poderia ser evitado, já que o Verdão Praiano começou bem e marcou dois gols em quinze minutos, mas deu espaço para a reação azulina.
O técnico Elenilson Santos destacou que irá focar nas correções durante os treinamentos até o jogo da volta. "Começamos muito bem, com uma postura de time agudo, encontramos dois gols em menos de quinze minutos, deveríamos ter mantido a postura de ataque, mas redobrado os cuidados na defesa, pois estávamos enfrentando um adversário muito perigoso que não se abateu por estar atrás no placar em tão pouco tempo. Fomos prejudicados com um pênalti mal marcado, que foi convertido, e a partir daí acabamos cedendo a virada ainda no primeiro tempo. Por mantermos nossa postura de time que ataca sempre, fomos buscar o empate, mas acabamos sofrendo mais três gols".
Superação e honra
O compromisso do Coruripe agora é fazer um bom jogo em Maceió, mesmo sabendo das dificuldades que será superar um placar tão elástico. Caso o Hulk seja mesmo eliminado, irá disputar o terceiro lugar contra o Jaciobá. O vencedor garante vaga na Copa do Brasil 2020.
NM com Jean Nascimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário