Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Falta de pontaria do ataque do CRB preocupa Fernandes para jogo contra o Goiás

FOTO: AILTON CRUZ
Um empate sem gols com o ABC, no último sábado (16), em Natal-RN, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, aumentou o mau momento vivido pelo ataque do CRB na atual temporada. O Galo completou três partidas seguidas sem balançar as redes, o que aumenta a preocupação do técnico Roberto Fernandes para o confronto diante do Goiás, quinta-feira (21), pela 2ª fase da Copa do Brasil, considerado por ele, como "o mais difícil até agora". 
"O Goiás é o adversário com a melhor fase que nós já enfrentamos em 2019. Eles também estão invictos na temporada, mas com uma diferença: mais vitórias que a gente. Por isso, sem dúvida, é o adversário que eu avalio como mais difícil que nós pegamos até agora", disse o comandante regatiano.
De fato, os Esmeraldinos vivem um momento bem diferente ao dos alagoanos. Com sete vitórias em sete partidas disputadas, o Goiás lidera de forma isolada o Campeonato Goiano com 21 pontos ganhos - sete a mais que o segundo colocado Vila Nova. Além disso, a classificação do clube na Copa do Brasil também veio com vitória: 2x0 sobre o Sergipe, em Aracaju, o que deixa o Alviverde com 100% de aproveitamento na temporada.
No último confronto entre alagoanos e goianos pela Série B de 2018, o CRB levou a melhor no Rei Pelé: 2x0
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS






















Pela Série B do Brasileiro em 2018, o CRB já sob o comando de Fernandes, derrotou os goianos por 2x0, no Rei Pelé, e, deu um passo importante rumo à permanência na Segundona. Agora, para garantir a classificação com tranquilidade, na capital goiana, O CRB precisará balançar as redes, já que nessa fase da competição nacional, o Galo não possui a vantagem do empate para avançar. Em caso de um novo empate, a vaga será decidida nos pênaltis, o que exigirá dos atletas do Galo um bom desempenho nas finalizações.
Zé Carlos marcou o último gol do CRB na temporada, no dia 3 de fevereiro, contra o Moto Club-MA
FOTO: AILTON CRUZ






















Para se ter uma ideia, a última vez que o Galo balançou as redes foi no dia 3 de fevereiro, quando empatou com o Moto Club-MA, por 2x2. Naquela oportunidade, o atacante Zé Carlos foi o nome do gol, marcando aos 36 minutos da etapa final. Já contra o Alvinegro potiguar, o próprio "Zé dos gols" teve a chance de acabar com o jejum regatiano, mas acabou desperdiçando as chances. 
Apesar de sempre fazer questão de ressaltar a invencibilidade de nove jogos do CRB na temporada, Roberto Fernandes admitiu que a seca de gols, não está agradando. "Preocupa [a falta de gols]. A equipe está invicta na temporada, mas ofensivamente a gente está com um rendimento que precisa ser melhorado", afirmou.
Além de lutar contra a má fase do ataque, o CRB também busca reencontrar os caminhos das vitórias. O Galo não vence desde o dia 31 de janeiro, quando bateu o Jaciobá por 2x1, pela 3ª rodada do Campeonato Alagoano. Na tarde desta segunda-feira (18), o grupo regatiano se reapresentou no CT Ninho do Galo, onde realiza seu último trabalho antes de embarcar para Goiânia. A viagem da delegação regatiana acontece na madrugada desta terça-feira (19).

NM com Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário