Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

CRB bate o Goiás nos pênaltis e se classifica para 3ª fase da Copa do Brasil


Rosiron Rodrigues/Goiás E.C
O CRB enfrentou o Goiás em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil, nesta quinta-feira (21), no Estádio da Serrinha, em Goiânia e se classificou á terceira fase da competição nacional, após derrotar o Esmeraldino nos pênaltis. O Galo contabilizou mais um empate na temporada, desta vez 1 a 1 com o time goiano mas foi melhor nas penalidades e venceu por 3x2, foram 5 pênaltis desperdiçados pelo Goiás e 2 pelo Regatas.
O time alvirrubro abriu o placar no primeiro minuto do segundo tempo com Wellington Carvalho, após chute cruzado de Lucas, Sidão falhou e o zagueiro regatiano só encostou para o gol. O Goiás empatou após a marcação de um pênalti duvidoso em Renatinho, o mesmo foi para a bola e convertou. A vaga foi decidida nas penalidades e Lucas, Hugo Sanches e Felipe Menezes marcaram para o time alagoano enquanto Brenner e Geovane fizeram para o Esmeraldino.
Agora, o Galo vira a chave e foca no campeonato estadual, no próximo domingo vai até Arapiraca enfrentar o ASA no segundo clássico do Alagoano, a bola rola às 17h. Já o Goiás também retoma as atenções no campeonato estadual onde faz o clássico com o Vila Nova, no próximo domingo (24), às 17h no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga.
O JOGO
Goiás e CRB fizeram um primeiro tempo morno, o time goiano foi melhor mas não conseguiu abrir o placar na etapa inicial. Logo no minuto um, Renatinho assustou Edson Mardden após receber sozinho na entrada da grande área e soltar a bomba por cima da trave. Aos nove minutos, o CRB puxou contra ataque mas Rafael Vaz cometeu falta dura em Maílson e levou o primeiro amarelo do jogo. As duas equipes fizeram um jogo bastante acirrado no meio campo e aos 17 minutos, Ferrugem tomou o primeiro amarelo pelo lado regatiano após matar contra-ataque do time goiano. 
Aos 21, Marlone deu o passe para Júnior Brandão que desperdiçou a chance. No lance seguinte aos 22 minutos, Maílson derrubou Leo Sena e recebeu o segundo amarelo do CRB. Jogo continou quente e o árbitro não economizou os cartões e aos 24 minutos, Júnior Brandão cometeu falta de ataque em Ferrugem e recebeu cartão amarelo. A partida contava com mais cartões do que lances de perigo. Aos 27 minutos, finalmente uma finalização ao gol, Geovane chutou de fora da área mas Edson Mardden fez a defesa. Também aos 27, Léo Sena acertou uma bomba e o paredão regatiano com dificuldades espalmou a bola. No minuto seguinte, Michael limpou a marcação e bateu mas a bola passou longe da meta defendida pelo goleiro alvirrubro. 
Aos 32 minutos, outro cartão amarelo na partida, Léo Sena recebeu no lado esquerdo de ataque e foi derubado pelo lateral direito Júnior que recebeu cartão amarelo. Também aos 32, Renatinho cobrou falta venenosa, Mardden defendeu "de manchete" e na sobra a bola bateu em David Duarte que não conseguiu marcar o gol. Aos 33, Ferrugem e um refletor caiu, o volante sentiu dores já o refletor sofreu apagão. Lembrando que o cronômetro é parado nessa situação. Após 23 minutos de paralisação, a bola voltou a rolar e o técnico Roberto Fernandes promoveu a primeira mudança no Galo, o volante Ferrugem saiu para a entrada de Lucas. E logo no primeiro lance, aos 35 minutos,Renatinho acertou um belo chute obrigando o goleiro regatiano a se esticar todo, na sequência Michael tenta dividir mas a arbitragem havia marcado impedimento. 
Aos 40 minutos, Kevin finaliza da entrada da área mas a bola vai por cima da trave. O festival de cartões continou e aos 42 minutos, Léo Sena sofreu falta de Mateus Silva e o volante regatiano recebeu o amarelo. No minuto seguinte, aos 43, Renatinho cobrou bem a falta e obrigou Edson Mardden a fazer boa defesa. Aos 46, Danilinho puxou a camisa de Léo Sena e tomou cartão amarelo, o árbitro estava com a mão afiada. Ao completar os três minutos de acréscimo o árbitro Vinícius Furlan deu números finais á primeira etapa.
Ficha técnica
Goiás
12- Sidão
2- Kevin
3- David Duarte
4- Rafael Vaz
13- Jefferson
5- Geovane
20- Léo Sena (22- Marcinho, aos 21' do 2º tempo)
7- Renatinho
10- Marlone
11- Michael (30- Leandro Barcía, aos 46' do 2º tempo)
9- Júnior Brandão (38- Brenner, no intervalo)
Técnico: Maurício Barbieri
Banco: 1- Marcos, 33- Yago, 27- Fábio Sanches, 70- Caíque Sá, 86- Marcelo Hermes, 29- Gilberto Jr., 8- João Afonso, 30- Leandro Barcía, 22- Marcinho, 97- Geovanny e 38- Brenner.
CRB
1- Edson Mardden
2- Júnior
3- Wellington Carvalho
4- Edson Henrique
6- Guilherme
5- Claudinei
8- Mateus Silva
7- Ferrugem (14- Lucas, aos 34' do 1º tempo)
10- Danilinho (16- Hugo Sanches, aos 26' do 2º tempo)
11- Maílson
9- William Barbio (17- Felipe Menezes, aos 47' do 2º tempo)
Técnico: Roberto Fernandes
Banco: 12- Vinicius, 13- Guilherme Mattis, 14- Lucas, 15- João Paulo, 16- Hugo Sanches, 17- Felipe Menezes e 18- Zé Carlos.
Gols
Goiás: Renatinho (pênalti, aos 13' do 2º tempo)
CRB: Wellington Carvalho (1' do 2º tempo).
Cartão amarelo
Goiás: Jefferson, Júnior Brandão, David Duarte. 
CRB: Edson Mardden, Claudinei, Maílson, Ferrugem, Danilinho, Mateus Silva, Júnior, .  
Arbitragem
Árbitro: Vinicius Furlan (CBF/SP);
Auxiliar 1: Daniel Paulo Ziolli (CBF/SP);
Auxiliar 2: Daniel Luis Marques (CBF/SP);
4º árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (CBF/GO).
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário