Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

ASA sofre com desatenção e não consegue vencer no Campeonato Alagoano

FOTO: ASCOM ASA
Na lanterna do Campeonato Alagoano, com apenas três pontos, o ASA não consegue repetir as boas campanhas de anos anteriores. Em quatro rodadas da comepetição já concluídas, a equipe alvinegra já trocou de treinadores duas vezes, trouxe novos atletas e ainda não conseguiu sair de campo vencedor em nenhum partida. A desatenção pode ser um dos motivos para tal feito.
A má fase começou assombrando o Fantasma desde a estreia, quando empatou sem gols com o Murici, em pleno Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O resultado não caiu bem e o até então técnico da equipe, Alan Dotti, pediu desligamento da equipe. A missão de levar o ASA a primeira vitória caiu no colo do auxiliar técnico Alysson Dantas.
Contra o CEO, parecia que os três pontos viria. O Alvinegro abriu 2x0 de vantagem, com os veteranos Ciel e Betinho. Mas, cedeu o empate ao time de Olho d'Água das Flores, Luciano e Roger concretizaram o placar de igualdade e a frustração dos alvinegros. 
A chance de se recuperar, enfim, seria no clássico com o Coruripe, pela 3ª rodada da competição. Saiu na frente duas vezes no placar, no entanto, foi surpreendido em casa. Janderson abriu a contagem a favor do ASA, e o Hulk empatou na etapa final, com Palinha. Na sequência, Ciel deixou o time arapiraquense na vantagem, e Alef, do Coruripe, deixou tudo igual no Municipal. Quando a partida se encaminhava para mais um empate, Etinho foi no campo do ASA, entrou na área, driblou o goleiro Marcão e fez o terceiro gol dos alviverdes.
Na estreia do técnico Nêdo Xavier e já figurando nas últimas posições ao lado de Jaciobá e Murici, o ASA voltou a campo em Campela, onde enfrentou o Dimensão e por pouco não sofreu mais uma derrota. Bebel colocou o Dimensão na frente, e no segundo tempo, Romário empatou para o Alvinegro. Quando parecia que o time conseguiria reagir, o atacante André saiu do banco e colocou novamente o clube de Capela na frente do marcador. Quando a derrota parecia eminente, Ciel aproveitou cruzamento na área no fim da partida e deixou igual.
Contra o Coruripe, jogando no Coaracy da Mata Fonseca, Alvinegro sofreu a virada após estar na frente do placar por duas vezes
FOTO: JAILSON COLACIO























O resultado livrou o ASA da zona de rebaixamento momentaneamente, porém, com a vitória do Murici sobre o Coruripe, por 2x0, na abertura da 5ª rodada do Campeonato Alagoano, empurrou os arapiraquenses para a oitava e última posição do Estadual. Apesar de empatado em pontos com o Jaciobá, ambos com três, o Azulão do Sertão se sobressai no primeiro critério de desempate, que é o número de vitórias, contagem que no ASA ainda está zerada.
Além do Estadual, a equipe alvinegra jogou pela Copa do Brasil, contra o Bragantino-PA. Precisava apenas empatar para seguir na competição, em contrapartida, mais uma vez, sofreu gol no segundo tempo da partida, em mais uma falha de marcação da defensiva alvinegra.
A prova de fogo da temporada vem, de fato, neste domingo (24), no clássico alagoano contra o líder CRB. Uma derrota para o Galo, somada a vitórias de Jaciobá e Murici, em seus respectivos jogos, poderá afundar o ASA ainda mais no Z4. Crise que pode dobrar de tamanho porque depois do CRB, tem o CSA pela frente, na 6ª rodada. 
ASA recebe o CRB no Municipal de Arapiraca precisando desesperadamente da primeira vitória
FOTO: AILTON CRUZ






















Para enfrentar o Galo, o treinador espera contar com a presença do recém-chegado Guga, que aguarda a regularização junto a CBF. O volante estava no Jacobina-BA e já sabe qual a missão que tem na equipe. "Estou dando prosseguimento ao trabalho [físico] para entrar no ASA mais preparado e contribuir para reverter a situação do time no campeonato estadual", disse Guga. A diretoria alvinegra corre para regularizar o jogador até esta sexta-feira (22).
Provável baixa até o fim
Por ter sido expulso na partida contra o CEO, ainda na segunda segunda rodada do Campeonato Alagoano, o zagueiro Willames José, foi julgado pela Segunda Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJD-AL), na tarde dessa terça-feira (20), e pegou quatro jogos de suspensão. 
A suspensão automática foi cumprida na derrota para o Coruripe, no entanto ainda restam mais três jogos a serem cumpridos. A decisão cabe recurso, porém, se o número de partidas forem mantidas, o jogador pode mais não atuar pelo ASA no Estadual, já que dificilmente a equipe se classificará para a segunda fase da competição.
NM com Mauricio Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário