Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Volante Serginho deve permanecer no CRB e atacante Walter se despede do CSA

FOTO: AILTON CRUZ
Com o fim da temporada, os times começam a planejar o elenco e definir estratégias para o ano seguinte. Em Alagoas, as movimentações começaram a acontecer para CSA e CRB. No Galo, o volante Serginho informou que foi procurado por um dirigente regatiano na noite desta terça-feira (26) na intenção de renovação de contrato.
"Fui procurado na noite de ontem por um integrante da diretoria atual do CRB. Ele demonstrou o interesse que eu permanecesse e vamos conversar nos próximos dias. Tenho vontade, sim, de permanecer na equipe. Não apenas pelo CRB, mas porque a minha família gostou da cidade, estamos muito bem instalados aqui. Sou muito grato ao CRB", afirmou o jogador em entrevista à imprensa. 
Serginho se caracterizou como indispensável na equipe comandada pelo técnico Roberto Fernandes na reta final da Série B. Ao lado de Claudinei, o volante ganhou força e ajudou na contenção desde a criação de jogadas dos adversários. Com ele em campo na Segundona, o CRB ganhou quatro partidas, empatou duas e perdeu outras duas vezes. Um ótimo aproveitamento para um atleta que ficou afastado durante cinco meses. 
"Foram cinco meses parado. Tive uma lesão no primeiro jogo da final do Alagoano e fiquei de fora durante um mês. Depois chegou Júnior Rocha e o Doriva [técnicos], mas por opção deles eu não estava jogando. Mesmo assim não desanimei e continuei trabalhando porque um dia chegaria a oportunidade. Roberto Fernandes chegou e deu a oportunidade que eu esperava. Apanhei bastante da torcida que me cobrava, dizendo que estava de férias. Somente eu sei o que passei durante esse tempo afastado. Porém, aproveitei esse tempo para crescer e poder viver esse bom momento na temporada", relatou Serginho.
Volante Serginho garantiu que estilo "durão" de Roberto Fernandes ajudou o CRB a ganhar motivação na Série B
FOTO: DOUGLAS ARAÚJO/ASCOM CRB

























O jogador não se negou a falar da importância de Fernandes para a equipe regatiana para, enfim, se livrar do rebaixamento à Série C. "A figura de uma liderança positiva ajuda em qualquer ambiente de trabalho e no CRB não foi diferente. Ele conseguiu, por meio da conversa, resgatar alguns jogadores que estavam encostados como eu e Willians Santana, que acabou sendo decisivo na reta final da competição [artilheiro do time com 11 gols]. Não digo que foi um bom final na temporada para o CRB, poderíamos fazer mais, no entanto foi um final honesto", concluiu.
O CRB passa pelo período de eleições diretórias e, até esta quarta-feira (28), o nome do novo presidente-executivo deverá ser anunciado. Até então, Marcos Barbosa, presidente em exercício, tenta uma brecha no estatuto para conseguir reeleição para o biênio 2019/2020. Independentemente de quem assuma a cúpula regatiana, a expectativa é que Roberto Fernandes continue à frente do CRB para 2019.
Por meio de publicações nas redes sociais, o zagueiro Anderson Conceição, o goleiro João Carlos e o atacante Iago fizeram postagens ao longo dos últimos dias agradecendo à torcida pelo período em que vestiram a camisa regatiana, ou seja, dando a entender que não seguirão no CRB para o próximo ano.
Atacante Walter não deve mais vestir a camisa do CSA 
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
























Bastidores do CSA
No Azulão, o atacante Walter, diretamente de Goiânica-GO, também utilizou as redes sociais para divulgar um depoimento em agradecimento à torcida azulina e a diretoria pela temporada 2018. 
"Quero agradecer o carinho de vocês [torcedores] por esse tempo que eu fiquei no CSA. Agradecer o grupo, ao presidente e ao Marcelo Cabo, nosso treinador. Temos que curtir o momento e há muito tempo o CSA estava sem estar na Série A", afirmou.
O depoimento junto com o não comparecimento à Maceió para participar da festa pelo acesso, aumentam os rumores que o "gordinho" deverá mesmo defender o São Bento, de Sorocaba-SP, na temporada seguinte.
Até então, a única certeza, ao menos contratual, é a permanência da comissão técnica comandada por Marcelo Cabo. O lateral-direito Celsinho, o meio-campista Didira, o zagueiro Leandro Souza e o goleiro Cajuru são outros que deverão vestir a camisa azulina em 2019.  
NM com Mauricio Manoel

Nenhum comentário:

Postar um comentário