Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 2 de outubro de 2018

CSA volta a campo com a obrigação de fazer o dever de casa

FOTO: AILTON CRUZ
Com apenas um ponto conquistado nas últimas três partidas, o CSA já volta a campo na noite desta terça-feira (2) para um dos confrontos que abrem a 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Desta vez, o adversário será o Paysandu, outro que vai atuar pressionado porque luta para deixar a zona do rebaixamento. O jogo é às 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Na terceira posição, com 47 pontos, o Azulão pode ver o Goiás - recebe o Londrina - se desgarrar na vice-liderança, já que soma 49 e, em caso de vitória, vai ampliar sua vantagem para 52, encostando, inclusive, no líder Fortaleza (53 pontos). O Leão, por sua vez, enfrenta o Brasil-RS na próxima sexta-feira, em Pelotas.
E o time de Marcelo Cabo vê sua vaga no G4 ameaçada por Avaí, Guarani, Atlético-GO e Vila Nova, já que todos estão na cola do CSA - os dois primeiros somam 45 pontos cada, enquanto os outros dois estão com 44. Eles fazer os jogos de encerramento desta rodada, na sexta-feira e no sábado. Portanto, apesar de mais uma vez atuar diante de seu torcedor, o Azulão corre o risco de encerrar esta rodada fora do G4.
Para evitar que isso ocorra, a única opção é voltar a fazer o dever de casa. Daí é que Marcelo Cabo relacionou para o regime de concentração o mesmo grupo que esteve no Trapichão no último sábado, quando o CSA entrou em campo com Lucas Frigeri, Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Didira, Juan e Daniel Costa; Neto Berola e Rubens. Porém, o time principal só será confirmado quando chegar ao vestiário do Rei Pelé.
No Papão, novo ataque e goleiro mantido
Pelo Paysandu, o técnico João Brigatti tem uma dúvida, e ela está no ataque, em função da suspensão de Mike pelo terceiro cartão amarelo. Brigam pela posição Lúcio Flávio e Romarinho.
Já o goleiro Renan Rocha segue na equipe, apesar de muito criticado pelos torcedores do Papão na derrota para o Goiás. O nome de Renan ganhou força porque o reserva imediato - Marcão - não foi relacionado para esta partida, com o treinador optando pelo jovem Paulo Ricardo, que ainda não atuou nesta temporada, .
O Paysandu, que não vence há três partidas e ocupa a 18ª posição, com 31 pontos, deve ir a campo com Renan Rocha, Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Diego; Nando Carandina, Renato Augusto, Pedro Carmona e Thomaz; Romarinho (Lúcio Flávio) e Hugo Almeida.
Os ingressos para esta partida são encontrados nos seguintes pontos de venda: Loja do Azulão (Antiga Avenida Amélia Rosa/Jatiúca), Poly Sport (Shopping Pátio, Maceió Shopping e Centro) e Arena das Torcidas (Farol). Os valores cobrados são: R$ 15 para a arquibancada baixa, R$ 25 para a arquibancada alta e R$ 100 para as cadeiras, com o sócio-torcedor tendo que apresentar documento com foto para ter acesso ao estádio.
A arbitragem de CSA x Paysandu, por sua vez, vem do Rio Grande do Sul: Jean Pierre Gonçalves Lima vai ser assistido por Leirson Peng Martins e Lúcio Beiersdorf Flor. Já o quarto árbitro da partida será José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho (AL). 
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário