Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 2 de outubro de 2018

CSA volta a campo com a obrigação de fazer o dever de casa

FOTO: AILTON CRUZ
Com apenas um ponto conquistado nas últimas três partidas, o CSA já volta a campo na noite desta terça-feira (2) para um dos confrontos que abrem a 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Desta vez, o adversário será o Paysandu, outro que vai atuar pressionado porque luta para deixar a zona do rebaixamento. O jogo é às 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Na terceira posição, com 47 pontos, o Azulão pode ver o Goiás - recebe o Londrina - se desgarrar na vice-liderança, já que soma 49 e, em caso de vitória, vai ampliar sua vantagem para 52, encostando, inclusive, no líder Fortaleza (53 pontos). O Leão, por sua vez, enfrenta o Brasil-RS na próxima sexta-feira, em Pelotas.
E o time de Marcelo Cabo vê sua vaga no G4 ameaçada por Avaí, Guarani, Atlético-GO e Vila Nova, já que todos estão na cola do CSA - os dois primeiros somam 45 pontos cada, enquanto os outros dois estão com 44. Eles fazer os jogos de encerramento desta rodada, na sexta-feira e no sábado. Portanto, apesar de mais uma vez atuar diante de seu torcedor, o Azulão corre o risco de encerrar esta rodada fora do G4.
Para evitar que isso ocorra, a única opção é voltar a fazer o dever de casa. Daí é que Marcelo Cabo relacionou para o regime de concentração o mesmo grupo que esteve no Trapichão no último sábado, quando o CSA entrou em campo com Lucas Frigeri, Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Didira, Juan e Daniel Costa; Neto Berola e Rubens. Porém, o time principal só será confirmado quando chegar ao vestiário do Rei Pelé.
No Papão, novo ataque e goleiro mantido
Pelo Paysandu, o técnico João Brigatti tem uma dúvida, e ela está no ataque, em função da suspensão de Mike pelo terceiro cartão amarelo. Brigam pela posição Lúcio Flávio e Romarinho.
Já o goleiro Renan Rocha segue na equipe, apesar de muito criticado pelos torcedores do Papão na derrota para o Goiás. O nome de Renan ganhou força porque o reserva imediato - Marcão - não foi relacionado para esta partida, com o treinador optando pelo jovem Paulo Ricardo, que ainda não atuou nesta temporada, .
O Paysandu, que não vence há três partidas e ocupa a 18ª posição, com 31 pontos, deve ir a campo com Renan Rocha, Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Diego; Nando Carandina, Renato Augusto, Pedro Carmona e Thomaz; Romarinho (Lúcio Flávio) e Hugo Almeida.
Os ingressos para esta partida são encontrados nos seguintes pontos de venda: Loja do Azulão (Antiga Avenida Amélia Rosa/Jatiúca), Poly Sport (Shopping Pátio, Maceió Shopping e Centro) e Arena das Torcidas (Farol). Os valores cobrados são: R$ 15 para a arquibancada baixa, R$ 25 para a arquibancada alta e R$ 100 para as cadeiras, com o sócio-torcedor tendo que apresentar documento com foto para ter acesso ao estádio.
A arbitragem de CSA x Paysandu, por sua vez, vem do Rio Grande do Sul: Jean Pierre Gonçalves Lima vai ser assistido por Leirson Peng Martins e Lúcio Beiersdorf Flor. Já o quarto árbitro da partida será José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho (AL). 
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário