Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 27 de outubro de 2018

CRB tem gol legal anulado, sofre derrota para o São Bento mas segue fora do Z4

Agachados, jogadores do São Bento comemoram o gol que seria da vitória
FOTO: JESUS VICENTE/SÃO BENTO
Quando a fase é difícil, o pão do pobre só cai com a manteiga virada para o chão. Jogando em Sorocaba (SP), o CRB foi derrotado pelo São Bento por 1 a 0 na tarde deste sábado, em um dos jogos que encerraram a 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time regatiano já perdia o jogo, com um gol marcado por Zezinho, quando chegou a empatar a partida no começo do 2º tempo, com Willians Santana. Apesar do lance ter sido regular, a arbitragem cometeu um erro e prejudicou o time do CRB.
Com a derrota, o CRB permaneceu com 35 pontos e ainda ocupa a 16ª posição, sendo a primeira equipe fora da zona de rebaixamento. O São Bento chegou aos 43 pontos e praticamente assegurou sua permanência na Série B. Agora é 12º.
Com a derrota, o CRB corria apenas um risco de cair para a zona de rebaixamento: jogando contra o Coritiba, na Curuzu, o Paysandu precisaria vencer por três gols de diferença na noite deste sábado. O jogo foi 1 x 1. Assim, o Galo segue fora da zona.
Na próxima rodada, o CRB receberá o Boa Esporte, no sábado, 3 de novembro, às 16h30, no Estádio Rei Pelé. Já o São Bento jogará contra a Ponte Preta, 2 de novembro, às 17h, no Estádio  Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).
O jogo
As duas equipes iniciaram a partida com muito estudo e com pouca efetividade nas ações ofensivas. Até os dez minutos, a melhor jogada criada foi do São Bento. Tony Maraial, ex-jogador do CRB, foi ao fundo, venceu a marcação e cruzou, mas não havia ninguém na área para desviar para o gol.
A resposta do CRB veio dez minutos depois. Iago assistiu Mazola em condições de finalização e quando o atacante do CRB chutou em direção ao gol Samuel Santos travou o jogador do Galo. Aos 24 minutos, Iago criou uma jogada individual e chutou cruzado para o goleiro Rodrigo Viana fazer a defesa.
O primeiro grande lance do São Bento veio apenas aos 30 minutos. Após um cruzamento, Tony Maraial desviou de cabeça, Roni fez a finalização, mas o goleiro João Carlos deu um tapinha salvador, colocando para escanteio.
Aos 35 minutos, Roni construiu uma linda jogada individual, arrastando três jogadores, indo ao fundo e cruzando da esquerda, no meio da área, Zezinho bateu firme, de primeira, vencendo João Carlos e abrindo o placar: São Bento 1 a 0.
No segundo tempo tempo, o CRB começou buscando ser mais agressivo e logo aos cinco minutos Willians Santana recebeu um passe, driblou o goleiro do São Bento e chegou a fazer o gol. Mas a arbitragem entendeu que o jogador do CRB estava em posição irregular.
Depois de ter um gol anulado, o CRB tentou apertar mais o adversário, mas o defesa do São Bento mostrava eficiência. Aos 33 minutos, Felipe Menezes fez boa jogada e chutou forte, mas a bola passou por fora. Este foi o último lance de perigo. O CRB ainda tentou criar algumas situações ofensivas mas parou nos erros de passe e na qualidade defensiva do time paulista. Final: São Bento 1 a 0 CRB.
Em defesa do VAR
Desolado com a derrota, o treinador do CRB, Roberto Fernandes, desabafou:
- Está mais do que provado o quanto é importante o uso da tecnologia porque não foi simplesmente um gol mal anulado mas descaradamente anulado. Se parar a imagem antes do passe o nosso jogador está um metro atrás de três jogadores do São Bento. Se isso ainda não fosse suficiente, a bola desvia no jogador do São Bento antes de chegar no Willians Santana.
Técnico regatiano lembra que interferência no placar prejudica trajetória de seu time:
- Pra gente que está nessa briga lá embaixo isso é resultado que nos complica porque agora o São Bento está agora a oito pontos de distância da gente. Por outro lado, o volume de jogo nosso foi imenso, sem tirar o mérito do adversário, que fez um gol resultado de bela jogada, mas de certa forma até infantil. No fim o resultado acaba sendo esdrúxulo por causa deste grave erro da arbitragem. O menos mal é que todos que estão na briga para escapar do rebaixamento também passam pela mesma situação que a nossa.
Ficha Técnica
São Bento 1 a 0  CRB
Campeonato Brasileiro - Série B - 33ª rodada
Local: Estádio Wagner Ribeiro (Sorocaba-SP)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (CBF-GO)
Árbitro Assistente 1: Tiago Gomes da Silva (CBF-GO)
Árbitro Assistente 2: Paulo Cesar Ferreira (CBF-GO)
4º Árbitro: Daniel Bernardes Serrano (CBF-SP)
Renda: R$ 24.690,00   Público: 1.911 torcedores
Cartões Amarelos: Everton Sena, Paulinho (CRB) Marcelo Cordeiro (São Bento)
Gol: Zezinho (São Bento) 35? do 1º tempo
São Bento: Rodrigo Viana, Tony, Luizão, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, e Samuel Santos e Zezinho (Paulo Vinicius); Roni (Diogo Oliveira), Francis e Luidy (Ronaldo). Técnico: Marquinhos Santos.
CRB: João Carlos, Edson Ratinho, Everton Sena, Lazáro e Paulinho; Claudinei; Serginho (Rafael Costa), Luis Otávio (Felipe Menezes), Willians Santana e Iago; Mazola (Diego Rosa). Técnico: Roberto Fernandes.
NM com Alberto Oliveira  e Tempo real de Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário