Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 4 de setembro de 2018

CSA goleia Londrina no Rei Pelé e segue na vice-liderança da Série B

Fotos: Thiago Parmalat/RCortez/Ascom CSA
Depois da derrota para o Boa Esporte, lanterna da Série B, na rodada passada, o CSA voltou vencer e, com muita autoridade e fazendo uma grandiosa partida, goleou o Londrina, ontem à noite, por 4 a 1, no Estádio Rei Pelé. O jogo foi válido pela 25ª rodada. 
Os gols azulinos foram marcados por Rubens, Juan (ambos no 1º tempo), Pio e Echeverría (os dois no 2º tempo). E Carlos Henrique fez o do Londrina na etapa inicial.
CSA 4x1 Londrina (Série B 2018)
Confira os melhores momentos da partida no Rei Pelé!
Com essa vitória, o CSA voltou a assumir a vice-liderança da Série B, com 43 pontos; e o LEC é o 12º, com 30. Na 26ª rodada, o Azulão vai enfrentar o Figueirense, no Orlando Scarpelli, dia 8 (sábado), às 16h30, em Florianópolis-SC. E o LEC recebe o Brasil-RS, no Estádio do Café, também às 16h30 e no mesmo dia.
HOMENAGEM
Antes do jogo, houve uma homenagem aos ex-jogadores Dentinho e Peu, e ao ex-massagista do CSA Castanha, que estiveram na partida entre os dois times, na final da Taça de Prata de 1980, quando o Azulão sagrou-se vice-campeão. Ao final do duelo, os três personagens entregaram a Taça Caixa de Prata ao vencedor no placar agregado (dos dois jogos), no caso, o CSA, pois venceu por 2 a 1 o primeiro jogo desta Série B, em Londrina-PR. Jorge Siri, em viagem, e Zé Roberto Catuaba, por problemas de saúde, que também estiveram naquele jogo de 1980, não puderam ir ao rei Pelé participar da homenagem.
O JOGO 
O CSA começou em ritmo acelerado. Mas quem quase abriu o placar foi o Londrina. No primeiro minuto de bola rolando, Sávio bateu a falta, Carlos Henrique chutou de primeira e a bola explodiu na trave de Felipe Garcia. O CSA respondeu aos 8?, quando o volante Pio mandou uma bomba da intermediária e a bola passou bem perto do gol. 
O Azulão era melhor e não demorou a fazer o gol. Foi aos 13 minutos. Daniel Costa lançou Rubens, que ganhou na velocidade e chutou na saída de Vagner. Um golaço: 1 a 0. Mas o Londrina não demorou a empatar. E foi com um golaço também. Aos 18?, na cobrança de lateral Higor Leite desviou de cabeça, Carlos Henrique ajeitou, girou bonito e chutou de esquerda: 1 a 1.
Aos 44?, o Azulão fez o segundo gol. Na cobrança de falta, Rafinha acertou um balaço, a bola carimbou a trave de Vagner e voltou para Juan que, sozinho, só fez cabecear para o gol: 2 a 1.
No 2º tempo, logo no primeiro minuto, o CSA fez o seu terceiro gol. Na saída errada de jogo do Londrina, Pio roubou a bola, invadiu a área e chutou forte para ela morrer no fundo da rede, fazendo a festa da torcida azulina no Rei Pelé: 3 a 1.
A partir dos 25 minutos, o CSA já não tinha mais pressa e passou a administrar a vitória. Mas no finalzinho, aos 44?, os comandados do técnico Marcelo Cabo ainda ampliaram. Em contra-ataque, Didira acionou Echeverría - que entrou no 2º tempo - ele avançou, ganhou na velocidade do marcador, driblou o goleiro Vagner e só fez empurrar para o gol livre, fechando a goleada: 4 a 1. 
CSA: Felipe; Celsinho, Leandro Souza, Matheus e Rafinha; Yuri, Pio (Dawhan), Daniel Costa (Wellington Silva) e Didira; Juan (Echeverría) e Rubens. Técnico: Marcelo Cabo.


Londrina: Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Lucas Costa e Sávio; Jardel (Anderson Leite), João Paulo, Felipe Marques e Paulinho Moccelin (Jô); Higor Leite (Dudu) e Carlos Henrique. Técnico: Roberto Fonseca.
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário