Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 4 de setembro de 2018

CSA goleia Londrina no Rei Pelé e segue na vice-liderança da Série B

Fotos: Thiago Parmalat/RCortez/Ascom CSA
Depois da derrota para o Boa Esporte, lanterna da Série B, na rodada passada, o CSA voltou vencer e, com muita autoridade e fazendo uma grandiosa partida, goleou o Londrina, ontem à noite, por 4 a 1, no Estádio Rei Pelé. O jogo foi válido pela 25ª rodada. 
Os gols azulinos foram marcados por Rubens, Juan (ambos no 1º tempo), Pio e Echeverría (os dois no 2º tempo). E Carlos Henrique fez o do Londrina na etapa inicial.
CSA 4x1 Londrina (Série B 2018)
Confira os melhores momentos da partida no Rei Pelé!
Com essa vitória, o CSA voltou a assumir a vice-liderança da Série B, com 43 pontos; e o LEC é o 12º, com 30. Na 26ª rodada, o Azulão vai enfrentar o Figueirense, no Orlando Scarpelli, dia 8 (sábado), às 16h30, em Florianópolis-SC. E o LEC recebe o Brasil-RS, no Estádio do Café, também às 16h30 e no mesmo dia.
HOMENAGEM
Antes do jogo, houve uma homenagem aos ex-jogadores Dentinho e Peu, e ao ex-massagista do CSA Castanha, que estiveram na partida entre os dois times, na final da Taça de Prata de 1980, quando o Azulão sagrou-se vice-campeão. Ao final do duelo, os três personagens entregaram a Taça Caixa de Prata ao vencedor no placar agregado (dos dois jogos), no caso, o CSA, pois venceu por 2 a 1 o primeiro jogo desta Série B, em Londrina-PR. Jorge Siri, em viagem, e Zé Roberto Catuaba, por problemas de saúde, que também estiveram naquele jogo de 1980, não puderam ir ao rei Pelé participar da homenagem.
O JOGO 
O CSA começou em ritmo acelerado. Mas quem quase abriu o placar foi o Londrina. No primeiro minuto de bola rolando, Sávio bateu a falta, Carlos Henrique chutou de primeira e a bola explodiu na trave de Felipe Garcia. O CSA respondeu aos 8?, quando o volante Pio mandou uma bomba da intermediária e a bola passou bem perto do gol. 
O Azulão era melhor e não demorou a fazer o gol. Foi aos 13 minutos. Daniel Costa lançou Rubens, que ganhou na velocidade e chutou na saída de Vagner. Um golaço: 1 a 0. Mas o Londrina não demorou a empatar. E foi com um golaço também. Aos 18?, na cobrança de lateral Higor Leite desviou de cabeça, Carlos Henrique ajeitou, girou bonito e chutou de esquerda: 1 a 1.
Aos 44?, o Azulão fez o segundo gol. Na cobrança de falta, Rafinha acertou um balaço, a bola carimbou a trave de Vagner e voltou para Juan que, sozinho, só fez cabecear para o gol: 2 a 1.
No 2º tempo, logo no primeiro minuto, o CSA fez o seu terceiro gol. Na saída errada de jogo do Londrina, Pio roubou a bola, invadiu a área e chutou forte para ela morrer no fundo da rede, fazendo a festa da torcida azulina no Rei Pelé: 3 a 1.
A partir dos 25 minutos, o CSA já não tinha mais pressa e passou a administrar a vitória. Mas no finalzinho, aos 44?, os comandados do técnico Marcelo Cabo ainda ampliaram. Em contra-ataque, Didira acionou Echeverría - que entrou no 2º tempo - ele avançou, ganhou na velocidade do marcador, driblou o goleiro Vagner e só fez empurrar para o gol livre, fechando a goleada: 4 a 1. 
CSA: Felipe; Celsinho, Leandro Souza, Matheus e Rafinha; Yuri, Pio (Dawhan), Daniel Costa (Wellington Silva) e Didira; Juan (Echeverría) e Rubens. Técnico: Marcelo Cabo.


Londrina: Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Lucas Costa e Sávio; Jardel (Anderson Leite), João Paulo, Felipe Marques e Paulinho Moccelin (Jô); Higor Leite (Dudu) e Carlos Henrique. Técnico: Roberto Fonseca.
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário