Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 1 de setembro de 2018

CSA entra em campo com a missão de voltar a pontuar fora de casa

FOTO:AILTON CRUZ
Voltar a pontuar fora de casa para ficar cada vez mais perto da manutenção na Série B do Campeonato Brasileiro é a meta inicial do CSA, que, às 21h deste sábado, enfrenta o Boa Esporte, no Estádio Dilzon Melo, em partida que marca o encerramento da 24ª rodada da competição.
O Azulão, que acumula duas derrotas seguidas como visitante neste returno, volta a campo com três novidades para tentar reagir fora de casa. Todas são forçadas, sendo duas delas por razão disciplinar, enquanto a terceira é motivada por lesão.
Iniciam a partida desta noite o lateral-esquerdo são Velicka, o zagueiro Roger e o atacante Jhon Cley. Eles vão substituir Leandro Souza, Rafinha e Neto Berola, respectivamente.
Daí, o Azulão deixou Maceió, na última quinta-feira, já escalado, com Felipe Garcia, Celsinho, Roger, Matheus Lopes e Velicka; Yuri, Pio, Didira e Daniel Costa; Jhon Cley e Alemão.
No primeiro confronto entre CSA e Boa Esporte, pela 5ª rodada, no dia 12 de maio, o placar foi de 1x0 para o Azulão, gol do meia Didira. O time do Mutange tem 40 pontos e, se vencer, vai tentar carimbar sua permanência já na próxima terça, quando vai receber a visita do Londrina, no Rei Pelé. Antes do embarque de volta, porém, vai realizar atividade no CT do Palmeiras, na tarde deste domingo.
Boa sem baixas
E ao contrário do CSA, o Boa Esporte, último colocado da Série B, com apenas 18 pontos, não tem nenhum desfalque para o duelo deste noite. Isso porque o treinador Ney da Matta conta com a volta do lateral-esquerdo Jadson e do volante Djavan, mantendo apenas uma dúvida, e no setor de ataque, entre Kaio Cristian e Juninho Potiguar (ex-CRB).
Com isso, a provável escalação do Boa tem Fabrício, Hélder, Rafael Jansen, Rodrigão e Jadson; Djavan, Cloves, Thallyson e Willian Barbio; Alyson e Kaio Cristian (Juninho Potiguar).
Já a arbitragem é do Rio Grande do Sul. O árbitro Daniel Nobre Bins vai ser auxiliado por Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau. Todos são do quadro CBF.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário